sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Café Com Flores


Talvez eu seja um pouco imatura na minha maneira de encarar o que é uma amizade. Dou muito e espero de volta o que dei. Não sei se isto está fora de moda ou se foi uma ideia meio infantil de lealdade a toda prova que ficou em mim desde a infância.
Espero confiança porque confio cegamente.
Espero o silêncio de compreensão, sem interrupções, apenas ouvidos e mentes voltados para o que se fala, seja eu ou seja o outro. Sou boa ouvinte e assim, espero que também o sejam comigo.
Espero o conselho sem a crítica, apenas o bom senso apontando um ou outro jeito de se fazer uma coisa, como uma mãe aconselha um filho, com carinho e não apontando os dedos para seus defeitos, como se ele só tivesse defeitos e quase nenhuma qualidade.
Espero que haja desavenças, claro, como em toda relação profunda. Mas que elas sejam pautadas pelo respeito, pelo reconhecimento do que há de melhor no outro e, que, através disto, se supere as falhas, afinal somos todos falíveis e humanos.
Ando dentro da casca, esperando a hora em que deixarei de sentir tudo isto que venho sentindo e volte a florescer. Ando sem inspiração para escrever e sem ânimo, como vocês, que tanto têm me apoiado, bem sabem.
Mas hoje, gostaria de homenagear duas grandes mulheres, duas grandes amigas: a Calu do Fractais de Calu e minha amiga d'além mar, a Bombom, do Meu Estaminé pelo carinho, incentivo, apoio e amizade imensuráveis. Pelos conselhos, por saber ouvir, por apontar o que há de melhor nas pessoas, em mim, inclusive.
Dedico este Café com Flores às duas queridas com toda a minha amizade.

Tela: Valeriy Chuikov

36 comentários:

Calu disse...

Ô Glorinha,
vc me emociona com tuas palavras carinhosas, carregadas de doçura e sentimento.Fico muito envaidecida com tua gentileza e amizade vívida e compartilhada intensamente desde que num feliz dia nos encontramos pra aquele gostoso café com chocolate, lembra?
Daí pra frente nossos cafés tem sido regados, aromatizados, adornados do muito que há em nossa amizade.
Muito Obrigada, amiga, pela florida e linda homenagem, porém tenha a certeza, de que o nosso convívio é o maior adorno de tudo isso.
Te gosto muiiiito!
Te cuide direitinho.Um florido fds p/ vc e os teus.
Bjkas mil,
Calu

R. R. Barcellos disse...

Você, minha amiga, começou com um desabafo e terminou com uma ode à amizade. Sim, acho que você está saindo da "casca", como você chama o seu casulo, borboleta...
Beijos.

pensandoemfamilia disse...

OI GLORINHA
TER AMIGOS É INESTIMÁVEL, MAS NEM SEMPRE TEMOS DE VOLTA O QUE ESPERAMOS, E CREIO QUE ISTO TAMBÉM NÃO SIGNIFIQUE QUE O OUTRO NÃO É AMIGO, MAS, APENAS DEMONSTRA COMO SOMOS DIFERENTES UNS DOS OUTROS EM FORMA DE PENSAR E AGIR.
ESTOU NA TORCIDA POR SUA MELHORA, NÃO ENTRO EM CONTATO POR OUTRA VIA POR NÃO SABER EXATAMENTE COMO CHEGAR ATÉ VOCÊ, QUE APRECIO COMO PESSOA ÍNTEGRA, PELO QUE NOS TEM DEMONSTRADO.

bjs

Christian V. Louis disse...

Não penso que seja imaturidade, apenas esperas que todos sejam como és. E infelizmente as pessoas são como são, diferentes.

Élys disse...

Amizade é um dos mais importantes sentimentos. Mas amizade está no coração e se muitas vezes você imagina que não está sendo correspondida, certamente a pessoa amiga está lhe passando esta impressão e nem se deu conta disso. Amizade nunca deixa de ser amizade pois está escrita com letras douradas no coração de que é amigo.

A vida é feita de vários momentos e precisamos vencer um de cada vez, sempre acreditando que podemos vencê-lo, superá-los. Você é uma vencedora. Beijos.

xunandinha disse...

OLÁ amiga , espero que estejas melhor tem cuidado beijinhos

manuel marques disse...

Que aroma,que perfume...

Beijo meu e bom final de semana.

URBAN.GO disse...

Glorinha, somos mesmo muito parecidos!!!
Eu nem te sei explicar o quanto.
Vivam os amigos, e sobretudo ... quem os merece.
Boas escritas.

Anônimo disse...

Que Café com Flores mais gostoso! Mas olha que quero o Bolo, não prescindo, porque sou muito gulosa.
Agora fora de brincadeiras, fiquei muito sensibilizada com as tuas palavras e com o carinho. Eu penso como tu, a Amizade não nos autoriza a magoar ninguém, nem a querer mudar o outro. O Amigo verdadeiro não nos julga nem nos critica, aceita-nos como somos. Mas tem o dever de apontar caminhos diferentes dos nossos, se estiver convicto de que os seus pontos de vista são os melhores. Nós somos livres de os aceitar ou não, mas pelo menos eles podem iluminar-nos. Tal como referes, como uma mãe fala a um filho, com o mesmo Amor incondicional que não exige nada em troca.
Agora, alegra-te em teu coração pelas muitas amigas (incontáveis) que te acompanham e te desejam que ultrapasses depressa esta fase da Crisálida para voltares ao resplendor da Borboleta que há em ti. Um abraço do tamanho do Oceano que nos separa...ou nos aproxima! Bjs. Bombom.
PS: Este é o 2° comentário, vamos ver se entra...

Maria Selma disse...

oi Glorinha,linda homenagem.
um final de semana de muita harmonia e paz,beijos de luz,

Cucchiaio pieno disse...

Minha querida
Estou torcendo por você!
A Bombom é uma das almas mais iluminadas que conheci na blogosfera. Ela faz parte da minha vida e do meu coração. E' o tipo de pessoa que inspira amor e confiança e a tenho como uma irmã. E' minha confidente e realmente tem sempre palavras justas que sempre tranquilizam meu espirito, a amo muito!
Bjos no coração
Léia

She disse...

Ei Glorinha! Um passo de cada vez, querida, e vc vai ficar ótima de novo, viu?! ;)
Nossa, me vi tanto aí em suas palavras, eu tenho o péssimo defeito, e é o meu maior de todos, de sempre achar que serei tratada pelas pessoas da forma que as trato. Me dou demais em minhas relações pessoais, pessoais mesmo, da vida real e nem sempre tenho o mesmo tratamento, enfim... Preciso aprender diariamente que como diz a minha sábia mãe, as pessoas só dão o que elas têm pra dar. Elas não podem dar tudo qdo o que elas têm é quase nada... FATO! ;) Nem todo mundo é assim, mas muitos são assim! C'est la vie! O que importa é a gente ficar bem com a gente mesma!
Beijo, beijooooo!
She

Irene Alves disse...

Percebo perfeitamente este seu
texto e as duas amigas que resolveu
homenagear com este seu post só
podem ser excepcionais mesmo.
Para si os meus desejos continuados
de rápida recuperação. Estou de novo
a lidar com uma situação idêntica
à sua na família e é uma jovem de
26 anos, e com 2 crianças pequenas,
temos que ser fortes e esperar que
tudo passe o mais rápido possível.
Um beijinho
Irene

Macá disse...

Glorinha
Sabe que eu também já fui mais assim. Como sou uma pessoa prestativa, acaba esperando mais do outro, e já me decepcionei muito.
Hoje, faço as coisas como quero fazer, e geralmente não espero nada, se vier, é lucro e fico contente.
Mas você minha amiga, tem alma de artista, é escritora, portanto com a sensibilidade muito mais aguçada, assim, deve sofrer mais também.
Mas tem a sensibilidade de saber perceber as diferenças e oferecer flores, e isso é muito bonito.
Parabéns a você e às duas pela linda homenagem.
beijos

Toninhobira disse...

Com todas as flores e cafezinho delicioso que elas merecem e as flores que oferece deixam um perfume especial em sua vida e tudo passará amiga.
Bom domingo com paz e alegrias.
Um abraço carinhoso.

Misturação - Ana Karla disse...

Gloríssima,
as verdadeiras amizades são mesmo cheia de altos e baixos.
Achei bem bacana essa homenagem as amigas, viu?
Calu, que conheço, me passa sempre algo positivo em seus comentários.

Bem, desejo então, um domingo tranquilo, de paz, de luz, de harmonia, de alegria...

Xeros

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Olá linda flor!
Desculpe não estar tão presente, mas o carinho que tenho por vc é grande, e torço muito para que vc fique boa logo.
Estou c/ um trabalho novo (junto c/ todos os outros) e por isto ando meio sumidinha, mas vim aqui hj para deixar um grande beijo, e dizer que te admiro muito.
Siga em frente, creia, as coisas vão se ajeitar e qdo vc perceber, verá as musas te rodeando com lindas inspirações divinas.
Saudades, e muitos beijinhosssssssss.

Flores e Luz.

Isadora disse...

OI Glorinha tenho certeza de que logo essa fase vai passar. Não é fácil mas você está bem cuidada e tudo volta a acontecer no seu tempo.
Um grande beijo

Luma Rosa disse...

Glorinha, não somos diferentes!! Espero das amizades pelo menos consideração e nada mais em troca. Se me preocupo, demonstro, apesar de muitas vezes, por causa da correria do dia a dia, não possa participar mais ativamente. Mas os sábios dizem que mais vale a qualidade do que a quantidade, não é? E tento compreender o outro lado, isso é fundamental.

Aproveitando quero reafirmar o convite para o BookCrossing Blogueiro. Gostaria de contar com a sua presença e/ou divulgação. O pontapé do BB é amanhã, mas poderá participar quando quiser!

No blogue explico porque a chamada ficou para a última hora.
Boa semana!
Beijus,

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

oi Glorinha.
bom dia.
isso tudo é tão complicado... pq mtas vezes o outro tá sem condições de nos ouvir. pode estar em dias tensos, cansados, de tpm rs, de tudo ruim. e nisso o atrito sai. dai solta uma palavra ríspida, um parecer negativo (coisa que normalmente a pessoa não faz ou não é natural de fazer) e pronto, lá vai uma amizade pro lixão.

se puder, tente relevar... em nome da amizade que teve e pelo carinho que creio eu q vc nutre pela pessoa. pq muitas vezes a gente acha que tá mal...e nosso ouvinte está pior que nós (apesar de não parecer, mas pode estar pior, dependendo do contexto e principalmente da capacidade de suportar de cada um).

mas espero que tudo fique bem.

Calu é uma pessoa muito bacana né, conheci através de seu blog. E a Bombom, idem!

bom dia, fique bem, que logo voltem suas palavras, seu florescer.

Malu disse...

Uma homenagem emocionante.
Está certíssima, amiga Glorinha, amizade é tudo isso mesmo.
Eu também, então sou imatura porque vejo desta mesma forma tua o que seja uma grande e verdadeira amizade.
Abraços

Brechique da Dodoca disse...

Glorinha, pelo que li - tão belo e tão vivo! - a casca partiu-se e "deixou" que vc escapasse! Bjs e parabéns!

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Uma página linda sobre a Amizade que anda tão arredia das pessoas.
Também a sinto como tu mas...cada vez mais sou eu sozinha a dar e, infelizmente, a nível de família o que dói mais! Ás vezes pergunto-me se esse dever é só para mim...hei-de encontrar respostas e, talvez, ao fim e ao cabo, seja eu a mais forte, a que tem de vergar, para não quebrar!
Parabens pelo teu sentido de Amizade.

Beijo carinhoso.

Graça

Silenciosamente ouvindo... disse...

Estou preocupada com o seu silencio.
Desejo que esteja melhor.Bj
Irene

ju rigoni disse...

Querida Glorinha, que bom poder estar aqui novamente e encontrar palavras tão sinceras. Amizade é tudo. Ô meu deus, tão importantes são meus queridos amigos. São parte de mim.

Amiga, já-já você vai estar saindo dessa "casca" a que se refere. Acho que todos nós, que escrevemos, convivemos com esses hiatos, e quando menos se espera tudo volta ao seu lugar.

Vou, sim, conhecer os blogues da Calu e da Bombom, logo depois de dar uma passadinha pelo Café com Bolo & Poesia.

Aceite, querida, meu beijo e meu abraço apertadinho. Aos poucos, no meu passinho, vou conseguindo retornar à blogosfera. Inté, poeta!

Socorro Melo disse...

Oi, Glorinha!

Acho que muitas de nós espera a mesma coisa de suas amizades. Infelizmente,há pessoas mais frias, que não se envolvem muito emocionalmente. Nos decepcionamos muito com estes desencontros, né? É a vida!
Por vezes ficamos mesmo sem nenhuma inspiração, o que pode ser cansaço. Desejo que volte logo, com a carga toda, e com essa criatividade genial, que lhe é peculiar.

Beijos :o)
Socorro Melo

LILIANE disse...

oi flor.
puxa, esta madrugada pensei tanto em você.
tanto...
acho que todo mundo passa por isso dos dois jeitos.
Ora esperando demais, ora retribuindo de menos.
sei que você é muito amada, e você também sabe, você já viu muitas provas de amor na sua vida, né.
Entretanto, quando estamos doentes ficamos sensiveis a quase tudo, e talvez tenha mesmo acontecido isso.
Espere o tempo trazer as respostas que você precisa.
Ele trará...
Quanto a amizade das amigas blogueiras, puxa... que bom que vc tem esta sorte. ter boas amigas virtuais.
desejo alegria no seu coraçãozinho, viu.
beijos da caipirinha Lili

She disse...

Oi Glorinha, passei pra saber de você... Tomara que esteja bem!
Beijo, beijo!
She

Orvalho do Céu disse...

Olá,querida
Mesmo que não consigamos agradar aos amigos... fizemos a nossa parte... e, muitas vezes, bem feita até...
Bjm de paz e ótimo fim de semana

Irene Alves disse...

Desejo que esteja a melhorar.
Bj./Irene

William Garibaldi disse...

Gloríssima?
Cadê vc?
Eu tbm quero tomar café com flores.

:)))))

Bjus
( Mesmo sem inspiração vc escreve muito bem! Acho natural querer tudo isto de um amigo.. e to torcendo pra vc florescer logo de novo! )

Vanessa Souza Moraes disse...

Eu não sei me dar pouco, também.

Violeta Nascimento disse...

Glorinha,

estou numa correria danada, muito trabalho, marido doentinho mas bateu uma saudade de você e passei aqui pra te deixar um beijo...sinto falta das minhas vindas diárias na sua casa pra tomar este cafezinho.
beijo]
vi

Leila Brasil disse...

Glorinha , saudades de VC. Meu blog está doidinho e por isso não tenho entrado nele . Queria saber de Vc
Leila Brasil do entrelinhas e tintas

Paula Pacheco disse...

Oi Glorinha, vim tomar um café com vc, tudo bem por ai? Percebi que esta postando pouco, desde o último post da nossa queridona, desculpe a bisbilhotice, espero que esteja bem contigo amiga.
bjs e bom domingo
Paula

Palavras Vagabundas disse...

Glorinha é sempre bom ver um post novo! Gosto de te ler mesmo se dizendo sem inspiração.
bjs e paz
Jussara