segunda-feira, 21 de junho de 2010

Blogagem Coletiva - Vida Simples

Simplicidade...o que é ser simples?
Desejar simplesmente ver minhas orquídeas florirem, meus filhos serem amados e felizes, dormir em paz, ver meus sonhos realizados...viver a vida que me resta com dignidade.
Simplesmente, suavemente, ardentemente, à procura de ser feliz sem machucar ninguém. Como as flores, que brotam nos troncos e nas pedras sem machucá-las, pelo contrário, só se apoiando nelas, para explodir em beleza.
Felizes das árvores e das pedras do meu jardim que só tem que esperar os botões se abrirem...
Quem me dera ser simples assim...Quem dera a vida fosse simples e bela assim...
Quem me dera hoje eu não me sentisse assim como estou, com o peso do mundo em meus ombros...
Hoje, nem a beleza, nem a simplicidade me consolam,estou me sentindo sucumbir com a carga que tenho carregado, talvez grande demais, pesada demais para alguém que não nasceu pra ser infeliz. Cujo sonho era explodir como as flores, sem magoar ninguém e levando beleza pra quem  lesse o que escrevo. Infelizmente hoje, as palavras belas me fugiram...só me resta continuar...e ao olhar a simplicidade das flores, tentar ser como elas...

As fotos são minhas.
Esse post faz parte da blogagem coletiva Vida Simples da Mila do blog Mila's Ville.

24 comentários:

Sandra disse...

BOM DIA!
LINDA E BELA PARTICIPAÇÃO. CADA UM DE NÓS EXPRESSA DA MAIS DIVERSA FORMA AS NOSSAS SIMPLICIDADES DE VIVER A VIDA..COMEMORAR COM A MÚSICA, COM AS ARTES, COM AS FOTOS, ENFIM COM A SIMPLICIDADE. JÁ É VIVER A VIDA E ECOAR AS MAIS BELAS CANÇÕES E SENTIMENTOS.
A VIDA É MUITO SIMPLESEMNTE MESMO. POR ISSO ESTOU NESSA COLETIVA PARA NOS ENCANTAR COM OS FATOS E LEMBRANÇAS QUE CADA UM DE NÓS TEMOS.
A SIMPLICIDADE DA VIDA NÓS FAZ BEM MAIS FELIZES.
NÃO É PRECISO O GLAMUR PARA NOS REALIZAR. EMBORA ALGUNS MOMENTOS ELES EXISTEM EM NOSSOS VIDAS. MAS AS DOCES LEMBRANÇAS DE UMA VIDA CURTIDO COM A LEGRIA E SIMPLECIDADE É O QUE VALE MAIS.
POR ESTE MOTIVO ESTOU COMPARTILHANDO COM VOCÊ ESTA VIDA SIMPLES.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
FICA O CONVITE PARA COMPARTILHAR ESTE MOEMTNO COMIGO.
CARINHOSAMENTE,
SANDRA

Françoise disse...

Ei minha amiga,
Seu post está lindo mas não gosto de vê-la assim não.
Que bom que escolheu suas orquídeas como companhia neste momento. Tenho certeza que ai dentro do seu coração a vida vai desabrochar quando você menos esperar. Confie!

Abraço apertado, fique bem.

Eduardo disse...

Glorinha, esta eh uma mensagem para voce: tomei a liberdade de inserir no meu ultimo post a informacao sobre os jogadores do Santos que esta em seu blog. espero que nao se importe. Obrigado
Eduardo

Bombom disse...

Meu coração diz-me que este post magnífico foi escrito na semana passada, naqueles dias conturbados... que acontecem na vida de todas nós.
Viver não é fácil, e só com a idade aprendi como é importante reparar e apreciar as pequenas coisas que nos podem fazer felizes. Ouvir uma canção, olhar o vai vem das abelhas nas astropeias, ver os colibris dançando e beijando as flores, ouvir o roçar das suas asas...
Ouvir...ouvir o cantar dos passarinhos...Sabem que de repente podem perder a audição sem saber porquê? Chama-se surdez súbita e acontece com mais frequência do que imaginamos. Só quando ela bate à porta da gente e nos deixa de rastos...E quando isso acontece, vale-nos o Café com Bolo da Glorinha e tantos outros, para nos lembrar como ainda podemos divertir-nos e ser felizes outra vez!É só guardar sonhos em segredo no coração e correr atrás deles como se fossem Papagaios de Papel nos dias de Sol...É o que te desejo. Perdoa o desabafo. Bjs. Bombom

Glorinha L de Lion disse...

Sandra, obrigada pelo convite, mas não sei se verei as postagens hj pois não estou nada bem, talvez amanhã...me perdoe. bj

Fran, minha amiga, minha vida está muito complicada....o que vcs vêem aqui é só a ponta do iceberg...a parte maior, está submersa...e é imensa....hj só consigo chorar, mais nada. obrigada por seu carinho, bjs.

Bombom, querida nova amiga, vc está enganada, escrevi esse post hj...e não é só o balde que me jogaram não...estou sucumbindo de tanta tristeza e problemas...há dias em que consigo me manter à tona, mas hj estou afundando....bjs

Eduardo, acho que se enganou de blog, não escrevi nada parecido com isso....abraço

Lu Souza Brito disse...

Olá Glorinha,

Passei aqui para deixar um beijo carinhoso. Eu imagino que se nos mostra parte do seu sofrimento, o que está passando é muito maior. Gostaria de poder ajudá-la. Mas aqui a distancia fica minhas melhores vibrações e desejo que tudo isso passe logo. Por que certas coisas na nossa vida não conseguimos simplismente fazer "chazan" e num passe de mágica resolver. Mas a vida não é ão simples assim né?
As suas orquídeas e mesmo com seu sofrimento, deixou impresso neste post muita doçura e palavras lindas, como sempre.
Beijos!

Isadora disse...

Glorinha passar por aqui e ler o que você escreve é sempre muito bom, ainda que seja sobre os seus desabafos. Muitas vezes imaginamos tantas coisas para nossas vidas e as coisas se complicam de uma tal forma que ficamos desanimados mesmos e a alegria cede lugar a tristeza, mas ainda assim venho sempre aqui, pois a sua sinceridade com seus sentimentos sempre me emociona.
Te desejo um caminho repleto de luz e que seus mais doces sonhos se realizem.
Um grande beijo com muito carinho

Glorinha L de Lion disse...

Lu minha querida, vc é sempre tão doce e adorável! Realmente meus problemas são enormes e nem consigo ver a luz no fim do túnel, nem o túnel eu vejo...só vejo dor, lágrimas e a cada dia mais coisas ruins desabando sobre mim...estou muito fragilizada, dolorida...só vcs e esse blog me dão um pouquinho de consolo. Obrigada por tudo, beijos.

Isadora querida,realmente a coisa aqui chegou a um tal nível de complicação dos mais variados tipos que vc possa imaginar...está muito difícil me manter de pé, que dirá escrevendo...mas por incrível que pareça é o que tem me salvado da mais absoluta treva interior. obrigada pelas lindas palavras, beijo.

Violeta Nascimento disse...

Glorinha,
pensei em tanta coisa que quero te dizer, palavras que podiam te ajudar, mais não sei não, hoje quero apenas te dá um abraço, bem forte, daqueles que podem acabar com lágrimas mais daqueles que se sente o quanto é querida e admitada..
Daqueles abraços que vem cheio de energia..Sinta-se abraçada.
um beijo grande
vi

Glorinha L de Lion disse...

Violeta, amiga, recebi seu abraço, hj preciso disso, como nunca. beijos.

Crica disse...

Mesmo quando a dor nos atinge, expressá-la com palavras nos ajuda de alguma forma. Que bom que vc veio aqui e escreveu o que sente.Isso ainda pode ajudar pessoas que sentem o mesmo e não sabem como dizer.
Bjs

Marliborges disse...

Oi Glorinha,
Não gosto de te encontrar assim.
Lembrei dessa oração, muito propfunda e verdadeira e te ofereço com o maior carinho.
"Conceda-me Deus, a SERENIDADE para a ceitar as coisas que não posso mudar, CORAGEM para mudar aquilo que posso e SABEDORIA para saber a diferença."

Um abraço bem apertado, energético.

pensandoemfamilia disse...

Glorinha
Passei para minha visitinha e vejo-a triste e confusa com seus problemas. Espero que as cores das flores que tens a sua volta consiga dissipar seus sofirmentos e trazer à tona a beleza poética que tem em seu interior.
bjs.

cantinho she disse...

Glorinhaaaaaa belas fotos! A vida é simples, querida, nós seres humanos é que temos o dom de complicar, eu também sou assim, mas aos poucos tudo se ajeita, fique bem e beijo, beijo!

orvalho do ceu disse...

OI, QUERIDA
COM O PESO DO MUNDO EM SEUS OMBROS não pode caminhar, amiga...
Tenha muita serenidade olhando essas belíssimas flores que escolheu muito bem para enriquecer a Blogagem Coletiva da Mila...
Descanse!
Bjm no seu coração

Beta disse...

Lindo texto!!!

bj

Açuti disse...

Amigaaaa,

que modéstia, mesmo quando te falta "palavras" vc escreve tão lindamente...
Amo ler tudo o que escreve!!!
bjkssss

Chica disse...

Também falei das flores nascendo.Coisa tão simples e que tanto fax bem ver!beijos,chica

Lúcia Soares disse...

Glorinha, sei bem que nem tudo que ouvimos nos consola. Mas acho que quem vem aos eu blog é verdadeiramente carinhoso com você. Sua aflições passsarão, tudo passa.
Sempre há uma luz no fim do túnel, sim.
Olha bem...
Viu?
Beijo e boa semana!

Beth/Lilás disse...

Glorinha querida!
Seu post, lindo e triste, me fez lembrar o que Érico Veríssimo quis dizer com seu livro Olhai os Lírios do Campo, no seu caso, Olhai as Orquídeas do jardim.
Que elas te inspirem e encham sua alma de força nestes momentos difíceis.
um beijo amiga

Beth/Lilás disse...

Glorinha querida!
Seu post, lindo e triste, me fez lembrar o que Érico Veríssimo quis dizer com seu livro Olhai os Lírios do Campo, no seu caso, Olhai as Orquídeas do jardim.
Que elas te inspirem e encham sua alma de força nestes momentos difíceis.
um beijo amiga

Esta sou eu. disse...

Glorinha, a tristeza e sentimentos semelhantes fazem parte de nossa jornada. Dá uma vontade danada de jogar esse sentimento para longe, pelo menos para longe da gente. Mas temos que aceitar e deixar rolar para que vá embora rapidamente.
Ainda bem que amanhã é outro dia e você tem seu blog para derramar todo o sentimento que seu coração abriga.
Coragem. Tudo passa...
Beijos,
Fernanda

Kamyla disse...

Oi Glorinha, como vc está?
Vejo que ainda está passando por este momento difícil em sua vida...mas escreva, divida conosco, pois tentaremos lhe fazer sentir-se melhor!!!!
Gde bjo e uma semana maravilhosa!!!!!

Eduardo disse...

Glorinha, o post a que me refiro chama-se intolerancia e voce publicou em 16 de Maio. Nele voce comenta o material recebido de uma amiga onde jogadores do Santos se recusam a falar com criancs deficientes por causa de religiao.
Estou comentando isso, entre outras coisas no meu blog.
Um abraco
eduardo