segunda-feira, 27 de junho de 2011

Combinado

Combinei com o tempo que vai fazer frio por esses dias....
Fiz um acordo com ele para que passe bem devagar
E me deixe ver os ipês floridos
E chame a minha atenção para as flores de maio
Retardatárias, tão cheias de vontades, que só agora, quase julho, resolveram florir.

Combinei com o tempo que ele espere um pouco
E me faça sorrir mais
E que as cem coisas a fazer todos os dias não sejam tão enfadonhas
Fiz um trato com os relógios da casa
Pedi mais tempo para mim
Tempo para ouvir o silêncio
E para falar por mais algum tempo com os que já partiram...

Andei ouvindo as suas vozes
Contando-me coisas antigas
Como se o tempo tivesse retrocedido
E eu, buscado lá atrás, o que realmente me interessa...
Esse acordo foi firmado, sem assinatura ou cartório
Pedi ao tempo um momento
Para olhar o céu e a chuva
Sentindo na alma o sopro do vento
De um século que não mais existe

Saboreio um chá
Que me chegou de terras distantes
Tem sabor de amizade e carinho
Tem um quê adocicado das terras portuguesas
Meus pés estão frios
Mas as mãos, aquecidas
Pela escrita e pela memória
Já sinto saudades do que estou prestes a terminar
Como se me esvaziasse de mim mesma e de tantos outros que me povoaram
Durante um ano, a cabeça e os sonhos
Lá fora, a chuva cai
Enquanto escrevo as últimas páginas...
Faz frio, como combinei com o tempo
Queria que fosse assim
O ar gelado me é agradável
Meu coração mantém-se aquecido
Pelo prazer de ter feito o tempo retroceder
E tê-lo colocado lá, para sempre, em letras, alfabetos, sinais
Meu legado, uma estória dentro da história
Que o tempo, este senhor que tudo pode
Me permita
Vê-lo impresso e dando, a outros, o prazer que me deu
Ao voltar no tempo
E escrever sobre o que vi em meus sonhos...
Combinei com o tempo
Cumpri meu trato
E ele, o seu.
Agora, esperar..........................

30 comentários:

manuel marques disse...

Ao ler as suas palavras o tempo passou e não o senti...


"Os dias talvez sejam iguais para um relógio, mas não para o ser humano."

Beijo.

Manuela Freitas disse...

Ai o tempo minha querida, não me liga nenhuma e corre, corre...é desatinado!
Beijinhos querida amiga,
Manú

Meru Sâmi disse...

Oi , Glorinha!

Ah, o tempo!...Só a evocação de seu nome já nos remete à sonhos e mais sonhos. E quando estamos em paz com ele, sergem as maravilhas da vida.
Eu, nascida em maio, gosto deste clima nostalgico...

Delicioso seu texto.

Beijos.

Bia Jubiart disse...

Preciso fazer alguns combinados com o tempo também...

Uma ótima semana p/ vc Glorinha!

Ternurasssssssss

Glorinha L de Lion disse...

Oi Manuel, meu querido, se passou e não sentiu, sinal que viajou nos meus escritos e isso é muito bom para um escritor, não é mesmo, amigo?
beijos meus,

Glorinha L de Lion disse...

Fiz um trato com ele Manu, ele está me esperando....rsrs beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Meru, vc é do mesmo mês da minha filha e das flores de maio...mês belíssimo! Beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Bia, então, faça, às vezes ele nos atende...rsrs...beijos e uma ótima semana pera vc tb!

Calu disse...

Ah, amiga, um dos meus fortes desejos é esse: fazer um acordo com o tempo, como na canção de Caetano.
Algumas vezes até me achei ouvida.Preciso ser mais crédula e insistir, né?
"Senhor de todos destinos,
Tambor de todos os ritmos,
tempo, tempo, tempo, tempo,
faço um acordo contigo..."
Bela e emotiva idéia, Glorinha.
Um bjo,
Calu

William Garibaldi disse...

Que poesia linda aqui Glorinha!
Nossa estou emocionado, chocado!
Minha escritora favorita é você.. qunata sensibilidade!
Seu romance será um SUCESSO belo como é a dona dele!

Um grande beijo.. vou olhar o frio com olhos melhores depois de ler este texto seu!

Vou olhar os Ipês... eas retardatárias flores de maio que tenho por cá também a florescerem!

Vlw!

orvalho do ceu disse...

Olá, minha flor
Está combinadíssimo!!!
Estar em consonância com o tempo e divino...
Estou pedindo ao tempo para me dar um tempo também...
Desejo-lhe que ele a ouça, querida... e lhe dê toda paz,amor a alegria que almeja...
E esse tempo atual propicia mais e mais reflexão...
Bjs

pensandoemfamilia disse...

Oi Glorinha
Que linda combinação com o tempo. E nós estamos aqui aguardando o tempo de chegar as nossas mãos o que o tempo lhe fevoreceu para nos presentear.
bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada querida Calu, o tempo fala conosco e às vezes entra em acordo, muitas vezes quem não cumpre o combinado somos nós....beijos amiga, muita paz pra vc!

Glorinha L de Lion disse...

Oi William, o frio propicia os pensamentos, a reflexão e a inspiração...eu funciono muito melhor em dias friorentos como os de hj...adoro! Obrigada pelas belas palavras, beijo grande,

Glorinha L de Lion disse...

Com certeza Rosélia, ele me trará o que desejo...ele sussurrou ao meu ouvido uma noite destas....beijos, obrigada,

Glorinha L de Lion disse...

Ah Norma, nem imagina quanto desejo que esse dia chegue, mas do jeito que eu sonhei, sem tirar nem por....rsrs beijos,

Beth/Lilás disse...

E tudo tem seu tempo, e o tempo só ele é quem diz, portanto, aproveite pra ser Feliz, já diz um poeta em sua música.
Na verdade os tempos frios ajudam-nos à reflexão, interiorizamos mais e com isso nascem coisas mais belas como este seu texto poema.
Se você cumpriu seu trato, aguarde, entregue ao Universo e verás que em breve a resposta virá. Oxalá!
beijos cariocas

Pitanga Doce disse...

Oi Gloirnha, preciso que esse tempo passe e chegue outro melhor. O tempo de sonhar.

Beijos e vim aqui pelo tempo da Beth.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

a hora da despedida nunca é fácil... há todo o convívio, o apego, o amor... a dor de ter cuidado, embalado, alimentado, ver crescer. e quanta felicidade tudo isso traz.

tão bom plantar as mudas, ver o campo de rosas. mas é um tanto árduo cortar as rosas, embalar e ter que vendê-las para poder plantar novas rosas...

as saudades se curam com um novo amor.

e que o tempo lhe seja ágil e rápido, que logo este seja tomado novamente pelo campo das idéias e sentimentos, apenas isso.

bom dia Glorinha!

Cucchiaio pieno disse...

Que lindo Glorinha
Também combinei com o tempo que esse calorzinho dure e que eu consiga estudar, cozinhar, ir pra praia, curtir a natureza, meu maridinho, namorar, bloggar... e ao mesmo tempo que ele voe para que agosto chegue logo para que eu possa matar as saudades dos meus!
Bjo grande
Léia

Glorinha L de Lion disse...

Que Assim Seja Betita! Amém! Beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Olá Pitanga, muito prazer, seja bem vinda ao meu Café! Que o tempo traga seus sonhos realizados, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi querido Alê, que linda imagem fez com as flores...é isso mesmo, agora é tempo de cortá-las depois da semeadura e do florescer...dói, mas é uma dor boa, ver que floresceram como desejamos, lindas, perfumadas e com a cor exata dos sentimentos que quisemos lhes dar. Que agora enfeitem a vida de outros....obrigada amigo, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Leinha amore mio, faça isso sim, mas como vc disse, aproveitando tb a vida e o verão, pois é sempre tempo de ser feliz! Beijos querida,

Socorro Melo disse...

Oi, Glorinha!

E que bom que o trato se cumpriu! E com certeza essa história, dentro da História, que o tempo lhe permitiu escrever, trará grandes emoções, aos que com certeza a conhecerão.

Um grande abraço e parabéns por mais uma obra concluída.

Socorro Melo

manuela baptista disse...

tão bonito este seu texto Glorinha...

é daqueles que me toca, que penetra em cada respirar

é um ipê florido! não fazendo eu a menor ideia do que sejam ipês

um beijo

manuela

Cristina disse...

Olá, cheguei aqui por acaso, ou não!rs...mas não posso deixar de comentar...quão simples e belo é o seu texto!Parabéns!!
Voltarei outras vezes!!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Socorro, tenho certeza que sim...que me permitam mostrá-la ao público, como espero e desejo! Que assim seja! beijos, obrigada pela força!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Manuela querida, se tu conhecesses um ipê ficaria maravilhada! Irias desenhá-lo em aquarela, tenho certeza! É a árvore símbolo do Brasil! beijos querida, obrigada por teu carinho,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Cristina, bem vinda ao meu café! que bom que gostou do que leu, fico feliz. Volte mais vezes, estarei aqui! beijos,