terça-feira, 22 de setembro de 2009

Tempo de Renascer...

"A Primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la."
"Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, - e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores."

"Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, - e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende."


"Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, - por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade."
Trechos do poema "Primavera" de Cecília Meireles



Hoje não vou reclamar de nada, não vou falar mal do meu país, dos políticos ou de violência....
Hoje vou olhar pela janela, ver as flores que se abriram, olhar os pássaros cantando e me alegrar por isso...
Hoje quero simplesmente sentir...sentir que tudo renasce à minha volta, grata ao esforço imenso das sementes que brotaram, dos botões que se abriram, dos pássaros que nasceram...à força inexplicável da natureza, mãe absoluta de todos nós, que sem que se sinta, todos os anos, rasga a terra e explode inteira em cor, cheiro e sons, numa apoteose de beleza, para manter a VIDA....
Hoje é tempo de renascer....





5 comentários:

Cucchiaio pieno disse...

Cara Glorinha, quantas cores e poesia! Admiro muito Cecilia Meireles e flores nem se fala, tenho muitas em casa!
Respondendo tua pergunta, moro sim na Italia.
Um grande abraço
Léia

Cris disse...

que lindo o texto :)
amei flor *_*
Ah glorinha eu já entrei no blog da sua filha, vi cadaa coisa linda ela é mto talentosa :) eu estou seguindo ela lá, mas acho que ela ainda naum teve tempo de me visitar :) e meldels o vestido de 15 anos dela deve ter ficado um arraso, depois posta para nós vermos :)
um beeeijo ;*

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha, "renascer" é um exercício que prefisamos fazer cotidianamente como tarefa missionária de transformar o nosso viver e dos que estão a nossa volta. Abraço primaveril para você

Juliana disse...

Ai chega a primavera e aqui o outono, estaçao melancolica.
Adorei o texto da Cecilia Meireles e as flores.
Beijos

Juliana disse...

Tem um selinho para voce no meu blog! Espero que goste!
Beijos