quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Carta Aberta A Uma Amiga de Blog

Devido a um comentário que recebi, resolvi mudar o assunto sobre o qual eu iria falar hoje e responder à Maria Lúcia, do blog http://www.asasdaimaginacaobyml.blogspot.com/
Não vou mentir: meu post foi dirigido a você também, pois você me "inspirou" ao falar em apocalipse...mas não foi só a você...foi a todo mundo que faz da religião um lugar comum tão cheio de frases feitas, repetidas, cansativas e, que no fundo, querem mesmo é catequizar quem não segue as mesmas formas de pensamento.
Não quis, com isso, ofender ninguém...quis apenas falar o que eu penso sobre isso, como isso incomoda, não só a mim, mas a várias pessoas, a maioria delas, professando alguma religião, mas também incomodadas pelo excesso, pelo exagero, na profissão da fé de algumas pessoas.
Tenho amigas e amigos das mais variadas religiões: judeus, católicos, protestantes, budistas e até um marido espírita...convivo muitíssimo bem com eles e sou casada com o mesmo homem há 32 anos. Eu, respeitando a fé dele e ele, a minha descrença absoluta.
Respeito a fé de todo mundo. Só, que aqui, no meu espaço, me sinto no direito e com liberdade total para falar sobre o que penso sobre tudo...se eu quiser falar sobre sexo anal, pastores que roubam seus fiéis, padres pedófilos ou o sexo dos anjos, vou falar sim.
Respeito sua maneira de pensar, mas tenho o direito de não gostar de certas ideias, que pra mim, são chatas.
Quero refutar alguns dos pontos em que você tocou:

#A bíblia, foi escrita durante 1.600 anos, por mais de 40 pessoas diferentes.
#Os manuscritos mais antigos, datam dos séculos III e IV depois de Cristo...portanto foram escritos de 300 a 400 anos DEPOIS da sua morte. Será que são dignos de confiança? Como é que fatos escritos 400 anos depois do que aconteceram podem ser realmente verídicos?
#O Concílio de Nicéia em 325 D.C., censurou, assim como vários outros concílios depois desse, várias partes da bíblia...ou seja, só constava o que interessava à Igreja Católica na época.
E é assim até hoje...
# O Concílio de Nicéia lançou os alicerces do anti-semitismo , proibindo os cristãos de celebrar a Páscoa com os judeus e mesmo de receber presentes ou comer o pão juntamente com eles.
Isso é amor ao próximo?
Estariam aí também, as raízes da origem da "superioridade da raça ariana" usada pelos nazistas de Hitler.
Bem, esse post teria que continuar ad eternum para enumerar todas as barbaridades e atrocidades cometidas através dos tempos em nome da religião.
Todas as guerras do mundo foram e são, ainda, causadas pela religião.
Sem as religiões, tenho certeza, o mundo seria um lugar bem melhor pra se viver.
Mas, Maria Lúcia, se você leu até aqui, quero fazer as pazes com você...não deixemos que, mais uma vez, a religião atrapalhe uma relação que começou tão bem!
Façamos a paz, troquemos de bem...e respeitemos, cada uma de nós, a liberdade e o livre pensar.
Um beijo,




10 comentários:

Adolfo Payés disse...

Un placer pasar por tu blog.. me gusto mucho, es acogedor.. te sigo. para poder leerte con mas frecuencia..

Un beso..

Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos..

Verena disse...

Oi Glorinha vim agradecer o seu selinho e entrei seu post sobre religião um assunto que muito me incomoda.

Aparentemente (sem querer ofender ninguém) a religião voltou a moda, nunca se falou tanto e discutiu tanto sobre o assunto. Varias pessoas que a muito tempo desistiram de sua fé estão votando a pratica-la e o numéro de novos fiéis só vem aumentando, pricipalmente aqui no Brasil...Respeito, cada uma na sua, mas detesto, detesto mesmo que venham tentar me catequisar, assim como você.

O que mais me causa ojeriza é essa devossão cega que acaba tirando o foco de coisas importantes como o esforço e aprimoramente pessoal. Afinal o jogador que marcou o Gol não foi por mérito e sim pq deus quis, ou a cancêr de um parente foi curando, graças a Deus e não pelo esforço médico e de toda a equipe que pesquisou e dsenvolveu o tratamento... por ai vai!

Causa-me muita estranheza num momento da história aonde temos tanto acesso a informação, aonde descobertar cientificas e técnologicas acontecem a cada dia, as pessoas retribuindo ao acaso, a um ser superir a explicação de todos os dilemas da vida. É como se estivéssemos saido do Iluminismo e regressado aos tempos feudais.

E assim como era naquela época aonde havia guerras e mais guerras usando a religião como justificativa... Afinal não tem nada de errado milhares de pessoas morrendo todos os anos, por causa de guerras aonde a unica justificativa é a intolerância religiosa.

Essa mesma intolerância podemos ver por toda a parte quando alguém corajosa anuncia não acreditar em uma entidade superior. Afinal somos dignos de pena, por não termos muletas religiosas ou julgados por um caráter duvidoso.

Nessa situações é aonde fico mais orgulhosa! Sou atéia e tenho muito orgulho de ao contrario de milhares de religiosos ser tolerante a ajudar muito ao proximo... Afinal quem dita as minhas ações é a minha conciência e não um "Ser unipotende e unipresente" que pode me castigar por não ser boa o suficiênte boa.

welze disse...

tá bom, você dá risada, mas o que dizer diante disso tudo? me dá licença que lá vou eu, MINHA DEUSA, MINHA RAINHA, VITAMINADA, SUPERIOR, INIGUALÁVEL. Brincadeira à parte, tenho uma leve impressão que mais uma vez, se meteram com a pessoa e hora errada. Estou com você também quando diz que aqui é o seu lugar, como o gostosuras é o meu. se a gente não tem livre arbítrio no nosso cantinho, vai ter onde, nas igrejas da vida onde temos que sempre dizer amém sem ao menos saber a quem? Relax querida. Sempre vai ter quem te espete. Isso é muito bom, como digo para meus filhos, com essas pessoas a gente cresce mais que com as que sempre estão de acordo com nossas opiniões

Claudia Bins (Cacau) disse...

Ai, não sei se deu certo meu comentário anterior... passo aqui depois para ver, se não, escrevo novamente ;-)

Bj,

Clau

Vivi disse...

Oi Amiga!!!!!
Sabe...eu nunca tentei "coverter" ninguém"""" não gosto de discutir religião
e qdo vejo q o assunto caminha pra esse lado eu desconverso...
enfim...eu não gosto de criar atrito com ninguém...
mas é uma coisa !!!
pq sempre têm aqueles que querem se impor!!! estão sempre certos!!! tem de ser do jeito deles e etc e tal....
Não suporto isso...e isso me irrita muitoooo...e olha!! q pra me irritar precisa viu..pois sou tão da paz!!! rsrs
Todos têm direito de ir e vir, de se expressar como queira...mas poxa...!!!! ficar insistindo numa conversa q nos cansa!!!!! eu pergunto aqui!!!...onde está o respeito pelo ser humano nessa hora????
pq pra mim...isso é um desrespeito sim!!!!
Mas minha querida...relaxa!!!! vc sempre se deparará com uma gama de pessoas ...e sei ...q com certeza..vc as entenderá e respeitará... e os outros??? ah!! são outros !!!rsrs
maintenat: Vive la différance!!! oui????
bjs

Ricardo Calmon disse...

Amaderrima Glorinha,Miga linda e Fuefa Nossa:
ufa,aqui cheguei e AMEI postura sua,NADA em detrimento á carissima pessoa a quem post esse tematizas e diriges!Mas...pura Verité!Religião actchung!como contundente ateu,graças a diós,me nego a entrar em seara essa!
clara e objectivas fostes,elegante,culta e LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA"
AMEI!
Mas perceba:na coluna onde comentastes que papa goiaba és,rsrsr!também tem um comentário do Blogue do mensageiro,acesse-o e perceba post pra mim,procure!ou vc já lá foi???

Bzu

Viva Vida Amada Miga!

Blog do Mensageiro disse...

Glorinha, obrigado por sua visita e comentário. Realmente compartilhamos de um mesmo tema por obra do 'acaso', tentando expor o quanto a religião é capaz de interferir nos pressupostos de irmandade, como voce bem exemplificou. Para mim é muito claro, e voce haverá de concordar comigo quando tiver a oportunidade de ler o Mensageiro: a religião não passa de um instrumento de controle em que homens podem sobrepujar homens e nada mais. Respeito e admiro a figura de Jesus, um cara que realmente quis mudar os padrões estabelecidos. O que não dá pra engolir é a deturpação de seus ensinamentos, adaptados às necessidades do homem. A igreja, seja em que solo for, é uma grande farsa. Bjo!

Amara e Rozani Pereira disse...

Oi Glorinha!
Vou começar falando um bom e velho palavrão PQP!!!
Concordo com vc em nº, gênero e grau! ODEIO gente que enfia guela abaixo a sua religião!!!Eu ao mesmo tempo que acredito em muitas coisas, ñ acredtido em nada.Acho um absurdo a história de Adão e Eva!É demais pra minha cabeça acreditar que a mulher nasceu da costela de um homem!Faça me um favor!!!Vc tem toda a razão de falar o que quiser no seu blog.Aqui é um espaço pra vc colocar suas ideias, pensamentos e seu cotidiano.Religião é um tema tão complicado de se falar!As pessoas tem que aprender a respeitar as escolhas do outro.Com certeza o mundo seria bem melhor sem religião.O pior é quando eles resolvem misturar política com religião.A falta de respeito com o ser humano ñ tem mais fim, com essa cambada de safado que em nome da religião rouba os fiéis.E os fiéis sempre tem uma desculpa na ponta da língua pra defender esses canalhas!Bom, agora vou ouvir a música com nome de Thais...e falar pra minha irmã que é Thais, para ouvir tb. Eu já vi essa menina tocando violino.Vou ver se conheço esta música.Muitos bjs, Rozani

Silvana disse...

Oi Glorinha!

primeiro quero agradecer todo carinho que recebi lá no meu blog. Vc é mesmo especial...

Digo isso primeiro pq muitos ao lerem sua postagem podem te achar seca demais, mas é apenas seu jeito de ser, mas eu já sei que debaixo disso tudo tem uma mulher doce e carinhosa, que gosta de confortar os amigos em aflição, que gosta de trocar ideias sobre cultura em geral.

Nós duas já divergimos em um ponto e o importante é respeitar essa opinião do outro e saber conviver com as diferenças.

Eu ADORO a Maria Lúcia e esse é o jeitinho dela. Ela acha apenas que está ajudando espalhando ao mundo os benefícios que teve em sua vida e que credita à religião. Elanão faz por mal...

Mas mesmo assim continuo te admirando, Glorinha, por ter a coragem de exprimir suas opiniões doa a quem doer. isso não é pra qqr pessoa!

Beijoooo

Paula Pacheco disse...

Glorinha adoro seu blog vc sabe porque, gosto de tudo isso opiniões, respeito, saber o que o povo pensa sem agredir ninguem, acho que todos são livres e podem falar o que quiser, agente sempre aprende algo com isso.
Meu tio me falou uma coisa que nunca vou esqueçer, sabe quais são as três coisas que separam as pessoas?
R: Religião, língua e costumes.
Tiro e queda, isso sempre dá pano para manga. Mas é maravilhoso encontrar um blog que tenha tudo isso, e todos com muito respeito com as opiniões alheias.
É a mesma coisa que as mães inteligentes, quando os amiguinhos brigam entre si, elas falam uma com a outra:
não vamos estragar nossa amizade por conta da briga deles...acho tão bacana mãe que sabe separar as coisas e a amizade continua.
bjão
Paula