terça-feira, 10 de novembro de 2009

Metralhadora Giratória...Respeito às Diferenças

Oi gente, lá vou eu me sincericidar novamente, mas tem umas coisas que, sinto muito, não dá para aguentar...

Coisas Que Não Suporto:

*Que venham tentar me catequizar para alguma religião, seja ela QUAL for!
Cada um tem o direito, e tem que ser respeitado, de acreditar no que quiser.
Ou de não acreditar em nada.
Ou de acreditar em tudo!

*Nenhuma religião é melhor ou pior que as outras...
Tem gente que acha que o seu deus é melhor e muito mais legal que o deus do vizinho, só porque a religião dele não é a sua.

*Por favor, não metam deus em cada espirro, em cada dor no dedão do pé. Não tem coisa que irrite mais, do que algumas pessoas, pra quem a religião é vírgula...Não falam sobre nenhum assunto em que não metam o deus delas no meio.
Há coisas sérias demais, graves demais acontecendo no mundo, pra botar a culpa em deus, ou deixar pra ele resolver...assim é muito cômodo, assim, tudo o que acontece só cabe a esse pobre coitado resolver.
Nós somos responsáveis pelo que fazemos, sobre quem somos, sobre a vida que a gente escolheu pra viver. Se tem quem acredite que existe um deus que olha por elas, as ajuda e ampara, ótimo, acho uma maravilha! Mas dizer que o mundo nasceu de Adão e Eva e que o apocalipse virá resolver as questões que o homem criou...isso é um pouco demais pra mim...

*Odeio quem se acha dono da verdade. Detesto quem tem preconceitos disfarçados...acha que homossexualismo é doença, e que tem cura, trata os mais humildes com grosseria, humilha os subalternos, maltrata os mais fracos e, no entanto, confessa, comunga, vai a centro espírita ou bate no peito se dizendo crente.

*Não suporto mentiras, nem gente falsa, nem quem tenta me fazer de boba.


Coisas Que Eu Amo:

*Gente inteligente, que argumenta com lucidez, que mostra suas ideias com clareza e que não mete religião em tudo quanto é assunto. Há certas questões que não tem NADA a ver com crenças. E tem pessoas com tal poder de convencimento, que fazem a gente mudar de ideia sem nem precisar argumentar muito...

*Gente como meu marido, que é espírita kardecista, mas fica na dele, não fica falando aos quatro ventos em que acredita ou deixa de acreditar, mas que, principalmente, faz da sua vida um exemplo de solidariedade, compreensão e aceitação do outro...alguém que, no dia a dia, tem sempre uma palavra de amparo, de consolo, e que está sempre pronto pra ajudar o próximo. Em suma, alguém que pratica a sua religião, sem precisar ficar falando em deus.

*Quem fala a verdade...na hora, pode doer um pouco, mas é muito melhor do que ser enganado.

*Gente que pensa com a sua cabeça, que pára, analisa, repensa e chega a uma conclusão SUA, sem ficar repetindo igual a papagaio, coisas sobre as quais nem pensou direito, apenas aceitou, só porque outras pessoas acham que é assim.

*Quem joga aberto, não tem cartas na manga e se mostra transparente o tempo todo.

*Gente que respeita as diferenças, as escolhas, as crenças e a falta de crenças dos outros.

*Animais e cachorros em geral, amo todos os bichos e, hoje posso dizer sem nenhuma vergonha: tenho mais pena de bicho que de gente. (excessão para idosos que foram boas pessoas a vida toda e criancinhas). Porque essa estória de "coitado do velhinho" só porque é velhinho, não cola pra mim, pois quem foi fdp a vida toda, vai ser fdp velhinho também.

*Amo flores, natureza, grama molhada, cheiro de chuva, minha cama quando volto pra casa, minha casa todos os dias, meus filhos, meu marido, meus cachorros, meus micos, meus amigos verdadeiros.

*Fico louca de felicidade quando posso ajudar alguém ou alguma entidade séria, seja com dinheiro ou divulgação.

*Amo poder dizer tudo o que penso aqui no blog. Adoro poder dizer besteira, falar abobrinhas e coisas sérias, me abrir, ser o mais verdadeira possível.

*Adoro meus livros, adoro viajar, estudar a história dos povos e dos lugares por onde ando.

*E, procuro sempre, respeitar quem me lê, quem me segue, admiro demais minhas amigas blogueiras, cada uma com sua estória pessoal, sua estória de vida. Todas guerreiras, todas vencedoras da batalha diária que é criar uma família, mantê-la unida, criar filhos, muitas, trabalhando fora, trabalhando dentro, umas com mais facilidades, outras com dificuldades, tendo disposição pra cuidar da casa, pra fazer amor com o marido, estar sempre bem cuidada e ainda achar tempo pra vir sempre aqui, tomar café com bolo comigo.
Comigo! Essa louca, complicada, sincera demais, verdadeira demais, sincericida que vos escreve, mas sempre disposta a ouvir quem precisa falar, a dar um afago em quem necessita carinho, às vezes metendo os pés pelas mãos, às vezes egoísta sim, às vezes narcisista também, cheia de defeitos, mas também, muito disposta a receber de braços abertos, quem me aceitar, desse jeito, gauche como sou, como amiga verdadeira.

Escrevi tanto, que estou com a boca seca, juro...ops...sou atéia....
Da sua,




14 comentários:

welze disse...

disse tudo. Só me resta: É A GLORINHA, TUM TUM TUM, É A GLORINHA, TUM TUM TUM. Como já disse, VITAMINADA, PODEROSA, MINHA DEUSA, MINHA RAINHA, SOU SUA FÃ. Brincadeiras à parte, tem gente que só gosta da gente, quando ouve da nossa boca o quer ouvir, se mudar o script, adeus amizade para todo o sempre.Viver é um desafio constante. Só os bons vencem. Outros, desistem logo. É mais fácil sempre dizer sim, concordar com tudo. Ser original, verdadeiro, dá trabalho e encrenca na certa.

Claudia Bins (Cacau) disse...

É isso aí Glorinha, manda ver! :-)

Beijo,

Claudia

Reino da Fantasia disse...

hahaha!!!.A boca seca é demais. Só se for a da alma,que aliás foi lavada com elegância e inteligência.bjs

Vivi disse...

To contigo e não abro!!!!!!
Há hipócritas em tantos lugares e vezes bem pertinho da gente.....
não sei se o fator idade me ajuda nesse ponto...acredito q sim..... pois pessoas assim ignoro !!!!! desvio!!!! me afasto!!!! sem pensar mais nelas...deixar pra lá mesmo!!! sabe??!! rs
adorooooooooooooooooooo , amooooooooooooo demais os bichos e plantas e... como vc disse.... muito mais do que certas ! coisas! que andam sob duas pernas por aí....
muitos me consideram a salvadora dos bichos e plantas...sou mesmo...não aguento ver um vasinho "desmaiado" jogado fora e muitooooooooooooooooo menos um animalzinho!!!!
enfim c'est la vie.... eestá tudo por aí!!!!!
faço o q posso pra ajudar...pra melhorar e sempre mostrando aos meus filhos e tb quem estiver por perto nesses momentos o quanto que o respeito por tudo é fundamental !!!!!
to contigo e não abro AMIGA!!!!
ahhh...acredito em Deus sim ...mas um Deus diferente daquele que muitos padres enchem a boca pra dizer....sou católica....mas não vou a missa...prefiro ser assim!!! rsrsrs
bjs

Açuti disse...

Oiiii
Sabe de uma coisa...
te admiro...por dizer as coisas mais simples de uma forma simples, sincera e muito direta!!!
Adoro ler seus posts, sempre é TUDO que tenho vontade de dizer, mas que ainda não consigo escrever...
bjkssss

Lu disse...

Glorinha é isso, como consegue pôr tanto cá fora, com esse á vontade...admiro esse dom...e concordo plenamente consigo...Bj

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha nada é mais de Deus do que a verdade (ou sincericidade, como queira rsrsrs), e a solidariedade. Bjs pra vc amiga

A Magia da Noite disse...

nada como sinceridade para reflectir a alma de alguém.

Patricia G. de Almeida Rossi disse...

Glorinha,
Descobri seu Blog por acaso e o acesso todos os dias, hoje tive vontade de comentar.
Concordo com você em seu texto tão bem escrito e sincero! Não tenho religião mas possuo uma fé imensa e acredito em Deus, minha conversa com ele é direta, não tem intermediários. Quando observo outras religiões procuro assimilar o que, na minha visão, ela tem de melhor para me oferecer. Acredito que, antes de qualquer religião, existe a retidão de caráter, a bondade, o respeito pelo próximo em TODOS os momentos de nossa vida e quando vejo essa atitude lembro-me de torcedores de futebol...
Beijos no coração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PS: Estou lendo o Trem noturno, dica sua!

Escrevendo aqui para você, quase fui derrubada de minha cadeira pelo meu bebê de 35 KGS, um golden retriever chamado Kira, pedindo colo...
Tenho mais duas que achei, ou melhor, me acharam na rua e são minhas paixões!

Gina disse...

Glorinha, se há uma coisa que jamais farei é tentar "catequisar" qualquer pessoa.
Participo de um grupo de mulheres de diferentes religiões, com o intuito de nos tornarmos pessoas melhores, mas o "ecumenismo" do grupo não funciona. Estou a ponto de desistir, apesar de ser positiva, de querer acreditar que as pessoas vão mudar... Ouço cada barbaridade em nome da religião!
Na reunião de ontem, a temática foi o perdão e foi muito interessante, muito pé no chão. Mas quando descamba para defender a religião de quem coordena, desanda...
Concordo que nem todo velhinho tem a sabedoria que deveria ter, pela experiência de vida.
É difícil para o ser humano aperfeiçoar-se moralmente, mas há que se tentar, a cada dia...
Bjs.

Glorinha Leão disse...

Patrícia:
Amei ter vc por aqui...nunca sei como responder às pessoas que me escrevem e não tem blog...então, resolvi escrever aqui nos comentários, espero que leia.
Eu antes de virar descrente, também acreditava em deus e tinha uma maneira muito minha de ver a religião...mas esse ano, parece que deu um click em mim e eu virei atéia(detesto essa palavra).Acho importante que cada um encontre o melhor caminho pra ser feliz, o seu é muito parecido com o meu, tirando deus dessa estória...pois não acredito mesmo...mas acho que o mais importante foi o que vc disse: fazer o bem, não desejar mal a ninguém, respeitar os outros...isso é se encontrar e encontrar a felicidade. Ética, respeito e amor!São a chave pra ser feliz!
Beijos e adorei te conhecer!

Maria Lúcia disse...

Glorinha, nesta blogsfera acontece um fenômeno curioso: O sentimento de amizade íntima com pessoas que não conhecemos em absoluto, que nunca nem vimos. Muito curioso! Falamos de nós, da nossa vida, família, crenças, enfim, compartilhamos nosso dia-a-dia com quem nunca encontramos pessoalmente.

Quando vim aqui pela primeira vez, gostei muito do seu blog e de você, apesar de sua declaração de não crer em DEUS. Isto não foi barreira para mim, pois se o nosso Criador nos dá o livre arbítrio para crer n’Ele ou não, quem somos nós para odiar quem crê ou deixa de crer.

Desta forma visitei você, considerando-a mais uma amiga blogueira, apesar das diferenças quanto ao que cremos. Senti-me à vontade para me expressar aqui, principalmente porque no banner do seu blog está escrito que se trata de um espaço de livres idéias e livre pensar.

E como eu falei sobre DEUS e sobre a BÍBLIA (Apocalipse) em comentários no seu blog, sei que sou uma das pessoas( ou talvez a única) para as quais você fez a postagem de 10/11/09.

Quero, portanto, pontuar algumas colocações que você fez:

1-Eu não tento “catequizar” ninguém por pressão, porque o ser humano é livre.

Eu anuncio, sim, o Evangelho de JESUS CRISTO a todos que posso. Para quem tem interesse, eu prossigo; para quem não tem, eu respeito a escolha.
Procuro assim, apesar de todas as minhas limitações humanas, obedecer a ordem de JESUS: “Toda autoridade me foi dada nos céus e na terra. Portanto vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-as a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei com vocês, até o fim dos tempos”. Mateus 28:18-20.
Portanto, não tentei te catequizar; falei de DEUS, como falo de todos os outro aspectos da minha vida.

2-Você falou sobre “deuses”. Está escrito:

“O DEUS que fez o mundo e tudo o que nele há é o Senhor dos céus e da terra, e não habita em santuários feitos por mãos humanas. Ele não é servido por mãos de homens, como se necessitasse de algo, porque Ele mesmo dá a vida, o fôlego e as demais coisas”. Atos 17:24 e 25.

3- Você falou sobre colocar DEUS em cada espirro, dor no pé, vírgula. Está escrito: “Em DEUS nós vivemos, nos movemos e existimos”. Atos 17:28a.

4- Você se referiu a um “deus” que é um “pobre coitado”. Está escrito sobre o DEUS Criador: “Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra, cujos moradores são como gafanhotos; é Ele quem estende os céus como cortina e os desenrola como tenda para neles habitar; é Ele quem reduz a nada os príncipes e torna em nulidade os juízes da terra... A quem, pois, me comparareis para que eu lhe seja igual? – diz o Santo.” Isaias 40:22 a 25.

5- Você disse que gosta de “quem joga aberto, não tem cartas na manga e se mostra transparente o tempo todo”.
Eu também prefiro pessoas assim e procuro agir deste modo; por isso estou aqui fazendo estas ponderações.

Finalizando, declaro que creio em DEUS, o Criador, e em seu Filho JESUS CRISTO, que se manifestou em carne, morreu por nossos pecados, ressuscitou e voltará para aniquilar o mal para sempre e restaurar todas as coisas.

SOU TESTEMUNHA DE JESUS CRISTO COM MUITA HONRA!
Fique tranqüila; não falarei mais sobre DEUS para você, uma vez que a escolha é sua!

Paula Pacheco disse...

Eta mulher arretada essa hahahhaha Glorinha gostei de ver, sinceridade a flor da pele. Destesto pessoas que ficam falando de sua religião é isso ou aquilo, que não respeitam a dos outros, acho um saco ouvir que a minha é isso e creio por que creio...tem gente que não tem semancol. Acho legal quem tem uma crença que segue e fica na sua, lógico que se tiver algo importante a dizer que o diga, mas sem alardear os fatos.
Adorei seu post amiga,
bjão
Paula

Cucchiaio pieno disse...

Hehehe, adorei o sincericidar! So' voce mesma Glorinha! Menina voce lavou a roupa mesmo, heim e pelo jeito serviu!
Adoro tua irreverencia!
Bjos
Léia