sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sessão Nostalgia

Topo Gigio


A Feiticeira

A Família Adams


Perdidos no Espaço
Quem foi criança e adolescente no final dos anos 60, início dos 70, conhece todo esse pessoal aí de cima.
Eu adorava esses programas...tinha muitos outros, mas hoje, vou falar sobre esses.
Topo Gigio era um ratinho italiano que virou uma febre...toda criança tinha que ter um bonequinho dele...ele era fofo mesmo, pois era um ratinho-criança....seu programa tinha tanta audiência, que passava no horário nobre!
E, a Feiticeira? Se eu contar pra vocês que virei publicitária por causa do James, o marido da Samantha, que era a feiticeira....eu achava o máximo as campanhas publicitárias que ele fazia e que o chefe dele, o Larry, o maior puxa saco dos clientes, sempre vetava...
Há uns anos atrás fizeram o filme para o cinema, mas não chegou nem nos pés da série, que era ingênua, mas muito inteligente. O filme era bobo e mudou a estória totalmente.
Aliás, seriados são o que os americanos sabem fazer como ninguém...
A Família Adams era uma série de humor negro inteligentíssima, que fazia uma crítica aos valores do american way of life...Competia com Os Monstros, mas eu gostava era da Família Adams...onde a mãe, cortava as rosas, jogava as flores fora e colocava na jarra, só os cabos espinhentos...o máximo!
E tinha também Perdidos no Espaço, que era em capítulos e sempre acabava em suspense...o Dr. Smith era um covardão e o robô, a melhor "pessoa" do filme...
Essa sessão nostalgia foi provocada por um comentário de uma amiga que li em outro blog....ela falava que viu um paninho riscado para bordar e ficou louca, pois lembrou de sua infância...
Isso também me fez lembrar da minha, quando minha mãe e minha avó compravam uns paninhos riscados numa senhora que os vendia na feira...isso mesmo, na feira livre!
E, foi aí, que peguei o gosto por trabalhos manuais...tinha minha cestinha de vime com agulhas, linhas para bordar, tesourinha...eu devia ter uns 8 ou 9 anos, não sei bem...só sei que era bem pequena...bordava e dava de presente para a minha madrinha...imaginem só as belezas que deviam ser...mas minha dinda, que era louca por mim e não tinha filhos, recebia aquela belezura como se fosse a coisa mais linda do mundo!
Ai como é bom lembrar disso tudo....taí, mergulhei no passado e eis-me aqui, um pouquinho saudosa, mas não melancólica, prontinha pro presente e mais ainda pro futuro!
Dedico esse post de hoje à Silvana, que me trouxe essas doces recordações e à Maria Lúcia, pra selar de vez, nossa paz!
Beijos pras duas!








13 comentários:

Claudia Bins (Cacau) disse...

Muito legal recordar... mais legal ainda ver que tem tanta gente que ainda gosta e valoriza trabalhos manuais... eu aprendi a fazer tricot com minha vó aos 5 anos de idade, sei bordar ponto cruz (fiz o enxoval e quadros para a minha filhinha), costurar patchwork e Quilt, que amo de paixão e não pretendo parar... AMO!!!

Beijo

Cacau

Cucchiaio pieno disse...

Que legal! O Topo Gigio ressucitou (hehehe) e esta' fazendo propaganda aqui sobre os cuidados com a gripe suina!
Adoro tudo isto!
Bjos
Léia

Marilac disse...

Oii Glória, espero que esteja tudo bem!
Que delicia de post, voltei no tempo, eu também amava essas séries,além das que vc citou eu também erá fã do " viagem ao fundo do mar"

Eu não sei fazer muitos trabalhos manuais, mas acho tão lindo!É mesmo uma delicia recordar.

bjs
Marilac


bjs

A Magia da Noite disse...

a nostalgia é a vontade de voltar sem ter de perder o que se ganhou um dia.

welze disse...

tempo bom, lê, lê, que não volta mais, saudade de outros tempos iguais. Mas não é verdade que eles não voltam. Com postagens como as suas e da Dani, e gente está sempre matando saudades. E lembrar de coisas boas, nunca foi para mim, um desperdício de tempo, e sim viver mais uma vez aquilo que foi bom.

João Morgado disse...

Olá Glorinha!
Que bom recordar tudo isso. Adorava o Topo Gigio, era um boneco encantador.
Beijos

Cucchiaio pieno disse...

Oi querida, busquei no you tube a propaganda o Topo Gigio pra vc ver, ok'! http://www.youtube.com/watch?v=kevxWz-C95Y&feature=related
Bjos
Léia

Cris França disse...

ah deu saudade heim amiga, eu n perdia uma Feiticeira, adorava, e o Topo Gigio então ai que lindo! bjs

Gina disse...

Menina, li o comentário da Léia. Adoraria ver o Topo Gigio de volta por aqui também.
em matéria de desenho animado, destacaria The Flingstones e Família Dinossauro como dos mais inteligentes.
Assistia tudo isso aí, aliás a família toda gostava.
Quanto aos trabalhos manuais, volta e meia coloca um bordado de ponto-de-cruz no blog, mas não bordo mais, resolvi fazer outras coisas. Adoro trabalhos artesanais e sempre estive envolvida com algum tipo.
Aos poucos a gente vai descobrindo afinidades.
Bjs.

Ricardo Calmon disse...

Bom amada Glorinha relembrar tempos outros,amei post esse!

bzitus e bom fim de!
viva vida!

Lourdes Fiedler disse...

Adoro sessão nostalgia!
E por falar em Topo Gigio, vendi muitos bonequinhos quando trabalhava na A Exposição Modas no Largo da Carioca, na época estava namorando meu marido.
Tenho uma foto tipo "binóculo" segurando o ratinho.
Um lindo fim de semana para você!

Paula Pacheco disse...

Glorinha, adoro sessão nostalgia me faz lembrar como era bom ser crinaça e que estes desenhos/filmes/ episódios eram menos vulgarizados por erotismo, violencia, sarcasmo...era tudo tão light e muitoooo divertido, fantasioso, imaginativo...hoje em dia os desenhos/episodios de qualquer série são tão realistas...vivo policiando os meninos por conta disso. Amava a Feiticeira e um outro da mulher da lampada, era Jenne era um Gênio (isso?)...
bjão
Paula

Amara e Rozani Pereira disse...

Oi Glorinha!
Como é bom relembrar das séries antigas.Eu amo ver série!Eu amo até hoje a Feiticeira.De vez em quando eu vejo.Mais hoje em dia tem muita séries boas.Quem gosta de ver séries antigas, bom canal é o TCM.
Bjs, Rozani