sábado, 14 de novembro de 2009

O Amansador de Burros


Ele se dizia "o amansador dos burros-homens da cidade que não tinham esclarecimento".
Alguns o consideravam um louco, outros um profeta...
Ele foi o Gentileza, figura conhecida no Rio, que deixou sua marca nas pilastras do Viaduto do Caju, através de seus pensamentos e frases. Vândalos, os tais burros dos quais ele falava, picharam todas as pilastras. Em maio de 2000, foram recuperadas e restauradas. Hoje, tombadas como patrimônio da cidade, são uma lição de amor ao próximo e tolerância.
Nem profeta, nem louco.
A lição que nos deixou foi, que a cada dia, estamos deixando de ser, menos bichos e mais humanos.




6 comentários:

✿ஜ✿ ANDRÉIA ✿ஜ✿ Sant'Anna disse...

Eu não conhecia sua história... só fiquei sabendo através da música da Marisa Monte que foi feita para ele... aliás, uma música que eu gosto muito.
Bjks e tenha um ótimo final de semana

Gina disse...

Guardo sempre na memória os mais de 20 anos que vivi no Rio e passava sempre pelas pilastras escritas. Aliás, uma vez passei pelo próprio Gentileza, andando pelas famosas pilastras.
Não foi à toa que mereceu o tombamento dos dizeres, música de Marisa Monte e outros reconhecimentos. São exemplos que ficam..
Bjs.

Marilac disse...

Glorinha,
Eu imprimi esse slogn e coloquei no quadro de avisos do escritorio.É preciso mais gentileza no nosso dia a dia.Uma bela mensagem de amor , o profeta gentileza deixou para nós.

Bjs
com carinho,
Marilac

manuel marques disse...

Oi miga, eu adoro um cafézinho,costumo até dizer que sem café não funciono,venha daí o bolo que o convite está aceite.~

Abraço.

Reino da Fantasia disse...

Pois é! Mas é um processo tão lento para uns...!bjs e uma tarde mágica para você!

Cucchiaio pieno disse...

Que boa lembrança Glorinha! Valeu!
Um grande abraço
Léia