terça-feira, 25 de maio de 2010

Blogagem Sobre Bullying



Minha amiga Ana Karla do blog Misturação fará amanhã uma blogagem coletiva cujo tema é o Bullying....pra quem não sabe, nunca ouviu falar e nem tem filhos em idade escolar é o que antigamente se chamava aqui no Rio de: "encarnar" em alguém, debochar, fazer brincadeiras que humilhem, e que hoje em dia têm assumido uma gravidade tal que há até agressões físicas envolvendo as vítimas...
Quem tiver algum caso para contar e quiser se engajar nessa luta, que para mim, é mais um retrato da falta de parâmetros, de limites e, principalmente, o exemplo de impunidade que nossos jovens vêem a todo momento em nosso país, achegue-se...vá ao blog da Karla e dê seu depoimento. 
Colei a chamada da minha amiga Xerosa ( Ana Karla):


"Esta chamada é para a postagem coletiva de amanhã sobre o Bullying.
Vamos combater orientando e denunciando.
Sua postagem é bem livre.
Dê sugestões, exemplifique casos, fale de seus conhecimentos e tudo o mais que envolva essa terrível prática.
Conto com todos.


Xeros 
Ana Karla - Blog Misturação: http://misturao.blogspot.com/"


9 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Você é fogo mesmo, né?
A sua chamada é mais chamativa.(rs) Obrigada sempre Glorinha.
Desculpe-me, mas já tinha reparado a chamada na barra sim. As vezes passo batida por mim mesma.
Estou num corre-corre danado. Tenho um trabalho importante para logo mais a noite e tive que dar uma atençãozinha para essa blogagem, pois é um tema sério e que me interessa na profissão.
Obrigada mais uma vez amiga.

A sua Thaís é mesmo um charme, hein!
Adorei ver as fotos.
Dá pra sentir a harmonia que foi!
Xeros

Beth/Lilás disse...

Glorinha,
Legal a sua chamada e mais legal ainda a Karka falar disso para, numa diversidade de posts, colher informações, situações e saídas para este problema.
Não irei participar porque estou meio sem tempo, também não saberia o que falar, já que não vivi e nem conheço ninguém com este problema, mas acho importante, sério e que deve ser levado ao nível da blogosfera para que alguns com este problema em família possa se situar e agir.

Deixo também um recadinho para Ana Karla, pois não consigo deixar recado em seu blog, ele está com aquele problema que não foi mexido na caixa de postagem marcando na janela pop up. Por esta razão não deixei mensagem para ela ontem na blogagem colorida.
Verifique lá, Karlinha.

beijos cariocas

manuel marques disse...

Brilhante iniciactiva.

Beijo.

Nilce disse...

Oi, Glorinha

É um tema muito importante e que precisa de "tratamento" sério.
Falo tratamento entre aspas, porque acho que é uma questão de educação e isso para mim não se aprende na Escola.

Hj em dia está se confundinhdo Educação com Conhecimento e é um tema que como educadora que fui, já pensei em postar no meu blog.

Educação se aprende em casa, com a família, através de exemplos, independente de classe social, raça ou credo ou tipo de família.

Ainda acho que muita proteção piora as coisas. É, tem muito a se falar sobre o assunto.

Bjs no coração!

Nilce

Sonia Notaro disse...

Olá Glorinha,
eu ja vivenciei isso com um dos meus filhos a uns 7 anos atrás, qdo nem se falava sobre isto, ocorreu no colégio que ele estudava e por ser tímido , então 3 garotos que cursavam um ano a mais que ele resolveram que ele seria a bola da vez, então quando eu comecei a perceber um certo descontentamento com meu filho a coisa já acontecia a muito tempo, ele deixou de fazer natação,sempre foi bem em todas as matérias, passou a odiar o colégio, e olha que eu sempre perguntava a ele como estava sendo o seu dia, sobre os estudos, sobre tudo,isso ocorreu quando ele passou a usar óculos e engordar um pouco, ele era muito magro antes, simplifico agora: chego para apanhar meus filhos no colégio e eles vieram para o carro então eu desci para falar com o professor de natação para saber o motivo dele não querer frequentar as aulas, nesse momento eu vejo uma gritaria e meu carro sendo balançado, meus filhos dentro, um deles tinha puxado o óculos de meu filho e pisado, foi quando eu corri, junto com outras mães e professores, e olha que eu estava dentro do estacionamento do colégio
e eles correram, eu ligo para o meu marido que trabalha próximo e falo com era os garotos, então quando ele chegou ao colégio percebeu uma turminha dando altas gargalhadas falando exatamente o que tinha ocorrido, conclusão foi uma confusão sem fim ,os 3 adolescentos ficaram com medo que seus pais soubessem, eram protegidos do professor de futsal, por serem jogadores,e quiseram abafar o caso, mas seguimos adiante e fomos a diretoria. Para não prolongar tanto, eles foram suspensos, os pais não souberam, as mães com muita covardia tiveram que se apresentar ao colégio, a 1º mãe ,filho único, mimado, o pai procurador da justiça e muito brabo, não podia dizer a ele o ocorrido, a 2º mãe o marido era delegado regional e nunca iria acreditar em nós, esta foi bem mais arrogantes, a 3º mãe disse que ele era assim e não mudaria, então a família educa como?Quanto a atitude do colégio, depois do ocorrido passou a fazer palestras sobre bulling, mas houve uma grande preocupação para que a história não ultrapasasse os muros do colégio.O que me restou foi cuidar do meu filho com psicólogos, ficar ainda mais atenta mesmo sabendo que marcas ficam, ele é um bom garoto agora com 21 anos, e é um filho maravilhoso, e quanto aos 3 rapazes que na época tinham entre 16 e 17 anos, um foi preso por tráfico,a 2 anos, os 3 repetiram de ano, e passaram a falar normalmete com meu filho, pensei em mudá-lo de colégio, mas hoje tenho certeza que a melhor coisa que fiz foi enfretar a situação e ficar cobrando do colégio uma maior interação dos pais com o comportamento que seus filhos costumam ter fora de casa. E eu e meu marido nos esforçamos muito para que nossos filhos estudassem em colégios bons, mas foi lá que meu filho foi refém da maldade de adolescentes acostumados a brincar com a vida de qualquer um, basta eles escolherem.Este foi um desabafo de uma mãe de 2 filhos, que me são preciosos .Agradeço o espaço para escrever sobre algo que é real e precisa ser contido.
Bjs, Sonia Notaro
soninotaro@hotmail.com

Glorinha L de Lion disse...

Xerosa, não custa nada...quando posso tb gosto de ajudar! beijos.

Beth, Manuel, Nilce, é importante que os pais saibam que isso está acontecendo...bjs

Sonia, posso mandar seu depoimento pra Karlinha? É lá no blog dela que vai rolar a blogagem... muito bom seu caso....é bom que muitos saibam como agir. bjs

Sonia Notaro disse...

Oi Glorinha, que bom que vc leu meu desabafo, fique a vontade de utilizá-lo pois é algo que é constante,em colégios, condomínios, não existe um lugar específico, quero que sirva de alerta, e que os pais saibam que são responsáveis por acobertarem os filhos em suas "brincadeiras " .
Passarei o dia de amanhã sem me conectar. Boa Sorte nesta nova blogagem!
Abraços, Sonia Notaro

Misturação - Ana Karla disse...

Para Beth: vou ajeitar agorinha Beth.

Glorinha obrigada mais uma vez e vou levar para postar o depoimento da Sônia.
Muito bom dia.
Xeros

Glorinha L de Lion disse...

Oi Sonia, a blogagem não é minha, é da Ana Karla do blog Misturação....eu estou dando só uma pequena ajuda. Já mandei seu depoimento pra ela,Beijos

Oi Xerosa, por nada querida...vc´é sempre benvinda...bjs