quarta-feira, 25 de maio de 2011

Algumas Notas Alegres e Algumas Muito Tristes

* Hoje é um daqueles dias de muitos sentimentos misturados: alegria e uma imensa tristeza.
Tristeza porque uma blogueira amiga, escritora a Renata Farias do blog Por Toda A Minha Vida, de Olinda, faleceu, de infarto, aos 45 anos.
Eu tive contato somente duas vezes com a Renata, mas deu para perceber que era uma pessoa da melhor qualidade, escritora de primeira linha. O último post dela é um primor de bem escrito e ao lê-lo, assim que soube da notícia, ontem à noite, vi, claramente que se tratava de uma despedida: ela sentia que ia partir...Semana passada foi lançado um livro, uma antologia, do qual era co-autora. Ela estava feliz...Enfim, nem dormi direito essa noite, só pensava nela...A vida não tem mesmo explicação.

* Também hoje, minha queridona, amiga, irmã mais velha, ombro e abraços de mãe, a Welze, do blog Gostosuras sem Travessuras foi internada para fazer a cirurgia de que necessita na sexta feira. Peço a todos que enviem energias positivas e muita luz lilás para a cura da Welze! Queridona, estamos todos torcendo por você! Vai dar tudo certo, você vai sair dessa rapidinho com sua enorme força e coragem de guerreira que é! Grande, enorme beijo!

* Agora, um motivo de alegria...a Rosélia do blog Espiritual-Idade fez um lindo post falando sobre o meu livro.
Eu fiquei muito feliz por tê-la inspirado tanto e me emocionei com seu relato falando do quanto o Na Esquina Do Tempo Nº 50 mexeu com seus sentimentos. Acho que esse é o desejo secreto de todo escritor, foi o que escrevi para ela em seu blog, calar fundo, encontrar eco...e mesmo nas minhas linhas tortas, com as verdades pessoais que coloquei lá, saber que toquei, de algum modo, outras pessoas, outras mulheres, é algo libertador. Apesar de ser descrente, creio que o escritor tem uma espécie de missão, tal e qual um cruzado medieval: levar a palavra a quem não consegue falar de seus sentimentos, dar voz a quem cala, ser o arauto das ideias, espalhá-las, como quem semeia.

Acho que a Renata fez de sua vida, a sua missão: espalhou as sementes, lançou-as ao vento para que outros a tomassem e plantassem dentro de si.
Minha homenagem à ela e a tudo o que representa e foi nesta vida.
Que os deuses da escrita a recebam entre penas, tintas e papéis em branco.

35 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

nossa, que triste... uma moça muito talentosa, partiu muito prematuramente...
nem sei o que dizer, meus sentimentos...

e que tudo corra bem pra Welze.

Ângela disse...

Glorinha,

A Renata eu não conhecia, mas sinto pelo acontecido.
A Welze é muito querida, e desejo que tudo corra bem, que se recupere rapidamente.
Vou correndo até a Rosalia ler o que foi escrito sobre seu livro, você merece, pois o livro realmente nos toca.
beijos e carinhos

Glorinha L de Lion disse...

Oi Alê, só conheci a Renata superficialmente, mas ela foi muito gentil comigo quando ia lançar meu livro. Além de ser excelente escritora. Estou chocada...Ela tinha vc nos links dela, achei que a conhecia tb. Beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Ângela, obrigada querida, vamos torcer pela pronta recuperação da Welze, né? Beijos,

Calu disse...

Embora a morte seja ocorrência da vida, como é difícil aceitá-la, ainda mais em casos como o da Renata.Uma profunda e solidária tristeza nos toma.
E no mesmo tom de sentimentos, estou torcendo pra bem sucedida cirurgia da Welze.Assim Será!
Agora, muda-se o tom para uma fanfarra onde escuto com alegria, os mútiplos aplausos a teu livro.
ViVa Glorinha, a tradutora das mulheres cinquentonas!
Um bjão, amiga,
Calu

Glorinha L de Lion disse...

É verdade Calu, é inevitável, mas quando chega de forma prematura, dá uma tristeza sem fim...ainda mais quando é uma pessoa tão promissora como era a Renata. A blogosfera hj amanheceu mais triste. Quanto à queridona Welze ela há de sair vencedora de mais esta batalha, guerreira que é. Obrigada pelo carinho minha amiga querida, beijos,

manuel marques disse...

Para quem partiu os meus sentimentos e que descanse em paz.Para quem está doente que recupere pois a vida é bela.Em relação ao seu livro só quem é insensível é que não mexe.O seu livro é um espanto.

Abraço,

Cantinho She disse...

Nossa! Me arrepiei... Como a morte mora ao lado da gente e às vezes está de mãos dadas com a gente e nem sabemos... Que loucura! Sinto muito, muito mesmo pela partida da Renata, infelizmente não tive oportunidade de conhecê-la...

Quanto ao post da Rô ficou lindo de viver! ;)

Beijo, beijo...

Beth/Lilás disse...

Que tristeza ver uma vida tão plena ainda ir embora assim tão cedo!
Eu não conheci esta moça, mas pelo que você falou e as palavras que deixou em seu blog, deixam a gente confusa e entristecida.
Fico, por outro lado, contente em ver o quanto as palavras ajudam e entram no coração das pessoas, clareando certos pontos e resolvendo outros.
Quanto à nossa amigona Welze, pessoa cheia de vida e luta, estamos todos juntos em positivismo para ela nestes dias. Vai dar tudo certo, assim creio.
um super beijo geladinho daqui das montanhas, minha querida!

Glorinha L de Lion disse...

Amigo Manuel, só um amigo como vc pra me deixar tão feliz agora, depois deste comentário. Vc que é tão culto e sábio meu amigo, me elogiando dessa forma, que encanto, obrigada, querido beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Pois é She, a vida é um momento, um segundo...tratemos de aproveitá-la ao máximo, beijinhos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Betita, não há o que fazer diante da morte, só mesmo lamentar e se entristecer. Mas diante da vida, cheia de saúde e alegrias, que é o que espera a minha queridona assim que sair do hospital, isso é tudo de bom! Vamos vibrar muita energia boa pra Welze queridona! beijos,

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha amiga, notícias tristes. Mas estou torcendo pela Welze, que nem conheço. A amiga que partiu deixou realmente coisas boas por aqui. Seu livro inspira e nos traz reflexões. Com muita humildade coloquei hoje no meu blog as minhas impressões sobre ele. Bjs, fique bem amiga.

Camille disse...

Realmente, triste essa moça partir tao cedo. Interessante seu comentario. Ninguem prevê um enfarte, mas pode de fato intuir.
Muita luz e boas vibraçoes para a moça que esta no hospital, que sua cirurgia corra tudo 100% bem.
E bacana as pessoas escreverem sobre seu livro. Quero adquiri-lo. ja falei aqui sobre isso e suponho qu eno blog tenha em que livrarias esta para vender. Vou procurar ja.
Tambem li que o blog das meninas dos livros, fizeram uma resenha sobre o teu. Que emocionante!
Beijos Gloriinha e parabens por essa conquista maravilhosa. Que esse seja o primeiro de muitas publicações. e QUE que se torne um best-seller, o Brasil esta lendo mais. Amém.
Cam

orvalho do ceu disse...

Oi, Glorinha
Vc também alegrou muito o meu dia com o comentário que me teceu no post em que lhe dediquei... Obrigada.
Na leitura,tudo me era sabido (visto que já caminho pertinho dos 60) mas escrito de uma forma sincera e experenciada fica diferente... tomou novo sabor...
Procurei tirar proveito como o faço com o que leio e sobressair o que compactuo... teve discordância, como é natural, mas o produto foi excelente!!!
Seu talento é notório e não podemos abdicar de dizê-lo pois devemos sempre fazer ao semelhante o que gostaríamos que nos fizessem... Portanto, honra seja dada a VC!!!
Tenho tido pressão alta e fico a pensar que o passar pro outro lado pode acontecer mais cedo do que pensamos... é mistério e é uma "expectativa"...
TUDO VAI DAR CERTO para a Welze...
Bjm de paz e o nosso coração fica pesaroso com certas notícias... particularmente, eu me coloco no lugar do outro... fico reflexiva com uma notícia dessa...

Glorinha L de Lion disse...

Gi querida amiga, fiquei tão feliz com seu post! Já fui lá comentar, obrigada, minha amiga-irmã, uma das primeiras que fiz aqui, gratidão sincera, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Camille, obrigada querida, pois é, meu livro está bombando...todo mundo falando, lendo, refletindo...esse era meu desejo, levar à auto análise e reflexões sobre a maturidade, beijo grande,

Glorinha L de Lion disse...

Bem, Rosélia, não quis ser arrogante, só escrevi o que vc me passou ao ler seu post sobre o livro...sei bem que o que eu falo no meu livro não é a descoberta da roda, embora muita gente passe por esta etapa sem avaliar o que sente...Dei voz ao que muitas mulheres sentem sem entender ou se questionar. Não quero dar aula pra ninguém. Eu só escrevo sobre um assunto ou sobre alguém se compactuo com o que pensa ou se sinto sintonia. Jamais direi que gosto de alguma coisa se não gostar, pode estar certa disto. Não espero nada em troca do que escrevo, dos elogios que faço, a não ser, amizades verdadeiras e desinteressadas. Se pareci te dar alguma aula, sinto muito, não foi minha intenção, um abraço,

Misturação - Ana Karla disse...

Glorinha, como disse, estou chocada e sem chão.

Energias a Welze.

Vou passar em Rosélia pra ver a resenha.

Xeros!

Glorinha L de Lion disse...

Rosélia, espero que perdoe meu destempero, mas hj estou muito triste e chateada...espero que fique bem da pressão alta, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Pois é xerosa, triste demais...que coisa horrível tudo isso...beijos, obrigada pelas notícias que me mandou,

R. R. Barcellos disse...

- A Regina (tofora todentro) disse-me que a Renata foi para um "blog" mais alto. Que ela fique bem lá. Abraços.

Somnia Carvalho disse...

Oi Glorissima! 45 anos? nossa, me deu muita tristeza por ela, pela familia e todo mundo que a conhecia...

e falar do tempo no ultimo post? e sim a vida e cheia de segredos dos quais nao fazemos ideia, mas talvez tenhamos condicao de pressentir de outras formas...

nao conheco sua amiga, mas estou sim pensando muito positivamente para ela! beijos

orvalho do ceu disse...

Olá,minha flor
Não quis dizer nada do que pareceu a vc, muito pelo contrário, só quis lhe dar a honra devida...
Como sei como vc é, fico lisongeada pelo fato de me tecer um comentário porque sei QUE É SINCERO... como tudo o que faz...
Quando estamos mal e tristes ficamos assim... não tenho o que desculpar-lhe... não fez absolutamente nada de errado, querida. Acredite!!!
Estou melhorando e vou ficar boa se Deus quiser!!!
Quero vê-la sempre bem como das vezes em que nos vimos pessoalmente.
Também lhe peço desculpas públicas se teci alguma palavra que NÂO quis... como é bom falar olhando nos olhos!!! Fica tudo tão mais fácil!!!
Seja muito feliz porque "a maré tá pra Glorinha"... Curta mesmo!!! Fez por merecer...
São fases!!!
Um bj da amiga que lhe quer bem, agora que nos conhecemos e vi o seu valor real.

Rô... disse...

oi Glorinha,

fui ler a última postagem
da Renata e fiquei
impressionada,
acho mesmo que a gente sente...

estou nessa união de orações,
e com deus tudo podemos...

beijinhos querida

Nilce disse...

Oi Glorinha

Não conhecia a Renata, mas depois de ler o post do Ricardo fiquei muito triste.
Uma pessoa tão nova, cheia de vida e chorei com o último post dela. Incrível.
Quanto à Welze, vamos juntar nossas energias boas para que tudo corra bem. Tenho fé e acredito que dará.
Agora o teu livro minha linda, sou suspeita para falar. Estive no blog da Rosélia e adorei o jeito como ela compilou tudo.
Você sabe muito bem os sentimentos que me afloraram quando o li, e Esquina do Tempo nº 50 é tudo o que eu precisa para aceitar muitas coisas, principalmente a descoberta de que não sou diferente.
Obrigada sempre.

E o outro, quando sai? rs

Bjs no coração!

Nilce

Glorinha L de Lion disse...

Oi Rodolfo, espero que sim, que outros blogueiros e escrevinhadores a recebam com carinho...isto é uma licença poética, assim como meus deuses da escrita para que tudo não pareça simples e sórdido demais...Viver, ah viver...é um sopro...beijos poeta,

Glorinha L de Lion disse...

OI Borboletinha, pois é, estamos todos sem chão, estarrecidos diante da crueza da vida. Obrigada por estar torcendo pela recuperação da queridona. Quanto mais gente, melhor, beijos queridíssima,

Glorinha L de Lion disse...

Então, tudo certo Rosélia, ficamos assim, nos perdoamos mutuamente pelo que não fizemos...rsrs Assim é bem melhor. Melhoras querida! Beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Rô, agradeço em nome da minha queridona, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Nilcinha, pois é, triste demais...mas agora vamos pensar na Welze que precisa de muita luz e boas energias. E obrigada por seu carinho e apoio ao meu livro, te agradeço muito o empenho em me ajudar, beijo grande,

Paula Pacheco disse...

Menina, que coisa não...coisas da vida...que moça nova, que Deus a tenha, e vou correndo ver a Welze, nossa queridonaaaa, e seu livro de vento e poupa hein flor...fico feliz,
bjão
paula

Maria de Fátima disse...

Olá querida Glorinha, lamento imenso a morte da Renata.Desejo as melhoras para a Welze.Vou lá ler o post da Rosélia.Beijocas.

Glorinha L de Lion disse...

Oi Paulinha, obrigada pelo apoio minha querida...é a vida, né? beijos,

Glorinha L de Lion disse...

OI Fatinha, obrigada pelo carinho, beijão,