domingo, 16 de agosto de 2009

Príncipes e Sapos...

Hoje vou citar mais uma vez, o grande Fernando Pessoa, pois no seu Poema em Linha Reta, ele diz tudo o que sinto hoje:

"Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos tem sido campeões em tudo.
E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil..."

..."Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo..."

..."Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe - todos eles príncipes - na vida..."

..."Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que contasse, não uma violência, mas uma covardia!"

..."Arre, estou farto de semideus!
Onde é que há gente no mundo?"

Muitas vezes, tenho ouvido calada a "superioridade" dos outros: como seus filhos são os mais lindos, seus netos os mais inteligentes, seus livros os melhores, suas viagens as mais interessantes, os hotéis e restaurantes que foram, os mais estrelados....
Se nos pressentem entendidos em algum assunto, na mesma hora discordam, ora, isso é assunto menor...os meus é que são bons, inteligentes, muito mais interessantes. O que fazemos é sempre inferior, desimportante...
Se discordamos de algum ponto de vista, agressivamente, tentam impor suas ideias, afinal, só as suas realmente importam. Não ouvem nem o que a gente fala ou nos interrompem a toda hora...sempre num tom de voz mais alto, que é o tom de quem é "superior". Ouvir o que outro tem a dizer, pra que, se já sabe tudo?
Seus genes são perfeitos, seus ancestrais, os mais sábios, seus descendentes, os primeiros, os melhores, os campeões da vida...

Alguém de sua família fez alguma coisa imprópria, ou errada? Há sempre uma desculpa...pois agora é assim ou todo mundo faz, o que é que tem?
Esses "príncipes e princesas" muitas vezes moram num castelo de faz de conta, muitas vezes dormem com o inimigo e não conseguem ver um palmo adiante do próprio nariz o quanto sua imagem de "felicidade" é falsa...ou então vêem, mas não interessa "saber", afinal, sua vida não é maravilhosa, formada de seres perfeitos?
Só sei que estou cansada....só vejo sapos se fazendo de príncipes querendo me transformar em sapo também....
Errada, só eu...quase todo mundo que conheço está sempre com a razão.
Mas me recuso a ser uma coisa ou outra: levo porrada sim, já levei muitas vezes e a vida continua me dando muitas, mas também sou princesa, às vezes.
Muitas vezes me sinto ridícula, mas muitas vezes sei ser elegante...muitas vezes fui arrogante, mas aprendi a pedir desculpas...Não sou perfeita e estou muito longe de ser, mas quem é perfeito nessa vida?
Cansei.... quero simplesmente ver nos outros, a mesma humanidade que aceito em mim....

2 comentários:

erica.mattos disse...

É isso aí amiga, acho que foi a nossa educação que nos fez assim,ouvimos e as vezes não vale a pena retrucar, mas penso o seguinte: deixa os outros se sentirem e acharem que são os perfeitinhos, coitados...É simplesmente uma questão de afirmação e nós não precisamos disso, porque somos o que somos, e nos aceitamos, assim.Simples assim! pessoas normais com altos e baixos, com amor e com raiva, com um dia sim um dia não, afinal somos humanas, já pensou que monotonia se fossemos sempre do mesmo jeito, a nossa vida seria um marasmo.
Estas pessoas que ficam se achando, eles queriam a ter a nossa vida, Tá! Nós estamos com tudo, nunca jogamos a toalha, estamos sempre procurando dar uma virada, porque a gente só quer continuar vivendo e para mulheres como nós "pau pra toda obra" e que não estamos aqui a passeio e temos que enfrentar a cada dia um novo desafio, somos capaz de virar o jogo,dar a volta por cima inventar e se reinventar e mostrar para nós mesmas, para e porque estamos aqui, e tenho certeza que marcamos nossa presença e deixaremos nosso legado.
beijos

Thaís leão disse...

Mãe, a gente sempre fala disso,né?
É engraçado o jeito das pessoas.Algumas nos surpreendem com coisas boas e outras com atitudes mesquinhas, inveja e desdém.
O q a gente tem q fazer é viver nossa vida, seguir fazendo o que achamos certo e de vez em quando relevar essas atitudes.
Quanto mais eu conheço os humanos mais eu amo meus cachorrinhos!
hauhauhauhauhauhuhauh!
Mas o bom e o que conforta são os verdadeiros amigos, que nos apóiam e estão sempre prontos pra nos animar e colocar pra cima.
O resto é resto!
Força na "paruca"!
bjs, te amo!