sábado, 31 de julho de 2010

Meu Lugar de Escrever


A Luma do blog Luz de Luma fez um post ótimo sobre os "cantinhos dos escritores" e disse que tinha curiosidade em saber onde as pessoas escreviam...Inspirada por ela, resolvi mostrar meu lugar.
Esse é o lugar onde passo a maior do meu dia, entre o aspirador de pó, o fogão, a máquina de lavar roupas e o varal.
Dublê de dona de casa e escritora...fazer o que?
Mas é aqui, onde dedilho meu "piano" compondo minhas ideias, recebendo minhas inspirações da vida e da natureza à minha volta.
Escrevendo no blog, respondendo aos comentários, pesquisando...enfim, aqui é o meu lugar de criar!
É tudo bem bagunçado mesmo, pois eu sou uma virginiana, com ascendente em leão e lua em câncer (que, agora eu sei, graças à minha querida amiga Izabel Viegas). Virginianos são organizados, meticulosos e detestam bagunça. Pois eu, sou justo o contrário: bagunceira e desorganizada. Mas se não mexerem na minha bagunça, eu acho tudo e sei onde coloquei qualquer coisa que "guardei".
Tem papel pra todo lado. Livros, jornais, poemas já impressos, livros em andamento, enfim, um caos, mas nesse caos, sei onde está tudo. Eu me acho e me encontro comigo mesma nesse canto da casa.
E é essa a jabuticabeira que vejo da janela do escritório, que não dá jabuticabas, mas dá micos em profusão. Micos leão da cara dourada e saguis, aos montes. Ficam dali, me olhando e me chamando pra que eu coloque bananas para eles. E, haja bananas! São dúzias, toda semana!
Atrás da jabuticabeira, tem um morro e lá em cima, fica a Reserva Florestal, que é o fundo do meu quintal.
Essas são as outras duas janelas, de onde se pode ver meus limoeiros e um pouco da pitangueira. A foto está ruim, mas já dá pra sentir que vivo cercada de verde, não dá?
Daqui eu ouço os passarinhos cantando, os mais lindos sabiás laranjeira, canários, bicos de lacre, que já citei em outros posts. Agora mesmo, tem um canarinho da terra pousado na jabuticabeira e cantando como ele só...
Olhem ele aí, comendo a canjiquinha amarela que boto pra eles...E uma coisa curiosa do canário da terra: ele anda sempre com a mulherzinha dele, que é mais feinha, mais esverdeada. Só andam em par. Ele vem primeiro, depois chama a fêmea, e aí, com toda a segurança, ela vem comer também. Eles cantam lindamente, num canto dobrado.
Por isso, fico doente quando vejo passarinho ou qualquer outro animal silvestre preso em gaiolas. Não posso  ver que me dói demais o coração. Não sei como tem gente que sente prazer em tê-los em gaiolas, confinados num cubículo, sem poder voar.
A beleza desse lugar onde moro me dá o privilégio de vê-los assim, livres, no seu habitat.

E eis a trepadeira da área da piscina em toda a sua magnificência!
Ela está lotada de flores, beija flores e borboletas. Abelhinhas, daquelas pequenas, que não mordem e meus cachorros entram em casa cheios de florinhas vermelhas enfeitando seus pelos brancos e, de quebra, ainda vêm com umas abelhinhas grudadas no pelo deles, que eu tiro com todo o cuidado, para não matá-las.

Olhem lá o bundão da Cléo olhando pro cachorro do vizinho, lá no canto esquerdo!
Pois os três entram ali, xeretando o cachorro do lado, que eles detestam e saem dali debaixo, todos floridos e abelhudos...hehe. Eles me divertem!
É por isso que não tenho medo de bichos como a maioria das pessoas. Tem barata? Eu mato. Besouro? Tiro com uma caixa e solto lá fora...abelhas, também. Até aranha eu salvo! Cobras? Idem. Já contei aqui minhas estórias com cobras.
Só mato barata porque é nojento, anda no lixo e ratos, se for ratazana de esgoto, mas esses, que são raros por aqui, quem mata são os moços que trabalham no lugar onde moro.
Eu não mato nada. Porque sou eu a invasora. Se der pra pegar vivo e soltar em outro lugar ou lá fora, eu pego e solto.
Não sou de dar ataques com morcego, bichos voadores, desses que vem da mata...se eu fosse assim, era melhor morar em outro canto, num apartamento na cidade grande, porque aqui tem bichinhos demais.
E, nas noites de frio, com tudo apagado poder ver os vagalumes na escuridão da mata? É um prazer indescritível...Se bem que quase não tem mais...Quando vim morar aqui há mais de 20 anos, tinha muitos vagalumes na mata...Hoje em dia, só de vez em quando é que os vejo...Uma pena...
Me digam se não tenho que ter muita inspiração com toda essa paz e beleza em volta de mim?
Bem, agora que já contei tudo o que vejo da janela do meu lugar, com licença que preciso voltar a escrever.
Foi um prazer tê-los comigo nesse tour pelos meus domínios.
Aceitam agora um café com bolo?

29 comentários:

Lúcia Soares disse...

Que paraíso, Glorinha. Verdadeiramente inspirador.
Beijo e bons escritos, sempre!
(Adorei "o bundão" do cachorro na foto. Literalmente um bundão, rsrsr)

claudete disse...

Café com bolo , rs, aceito acabei de fazer um pé de moleque e deu vontade agora. Hum seu paraíso lembra muito o que vivo tem tudo isto que você descreveu , por sinal este lugar é lindo!Moro como você na zona rural , numa granja ( não tem galinhas) e amo viver aqui cercada pela natureza. Somos privilegiadas Glorinha! Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Oi querida Lúcia! Viu só? E são 3 bundões daquele tamanho! Na foto só tem uma...hehe Meu paraíso é mesmo aqui...e logo logo lerá meu livro...torça por mim! Beijos e bom fim de semana!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Claudete, isso realmente é um privilégio. Moro numa cidade grande, mas afastada de tudo...aliás, ultimamente, sem carro, bem mais afastada do que desejaria, mas, tem suas vantagens...obrigada pela visita...vai se servindo do café e coma um pedacinho do bolo...bejs.

HSLO disse...

Um bom lugar..com um pedaço de bolo, deve ficar melhor ainda...eu amo bolo...kk.

Gostei muito de conhecer o seu blog, parabéns pela organização.

Voltarei outras vezes por aqui.

abraços
de luz e paz


Hugo

Glorinha L de Lion disse...

Oi Hugo, prazer! Obrigada por ter vindo aqui no meu canto..e sirva-se de bolo e café à vontade. Luz e Paz pra vc tb! Um abraço.

Beth/Lilás disse...

Ô dona GRorinha, fica aí mostrando tudo e botando água na boca da gente, ainda por cima com esse papo de bolo e eu aqui só pensando naquele teu desta semana.
Isso aí é um paraíso mesmo.
E vou falar pra Cléo que vc tá dizendo que ela tem bundão, tadinha!
bjs cariocas

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

Glorinha adoro vir aqui ver como vc se da bem com seus cães enfim todos animais que te cercam e a natureza. Acho que vc mora no paraíso hehe adoro ver as fotos ler os textos!
Adorei ve o bundão da cléo!
Vim aqui parabenizar vc pela blogagem coletiva está bombando!!!
beijo

Mylla Galvão disse...

Adorei as fotos Glorinha!!!

Ah passei aqui para te convidar para 2 blogagens: Uma no Ideias - Dia dos Pais:
http://ideiasdemilene.blogspot.com

E a outra pelo aniversário do Memórias:
http://minhasmemoriasdeinfancia.blogspot.com


Quem sabe vc participa?


bjo

ROSANA VENTURA disse...

Passei pra beber um café fresquinho e comer bolo ( de fubá, pode ser?) e me achei na seguinte frase : DUBLE DE DONA DE CASA E ESCRITORA..."...pronto, esta aí, mesmo sem me conhecer, vc me descreveu!rsrs
E meu cantinho de escrever, acredite, é mais bagunçado que o teu!
bjossssss

Cris França disse...

Glorinha

creio que o lugar de escrever seja sua mente e seu coração , tão belos, o resto são apenas detalhes. bjs querida

cantinho she disse...

Queridaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que delícia de lugar que agrega critividade total, muito bom, amei! Aliás sempre que vejo fotinhos de sua casa eu me apaixono, é tudo muito lindo por aí, parabéns e sucesso sempre pra vc, beijo, beijo!

www.comtextosdavida.com disse...

Olá!
Você mostrou tudo isso para fazer inveja pra gente que mora na cidade grande e só olha para as paredes?
Adorei esse cantão maravilhoso. Assim qualquer um fica inspirada a escrever.Quero um também...
bjs Lais

Nilce disse...

Oi, Glorinha

A melhor coisa que existe é morar num lugar assim.
Acho que por isso ando sofrendo aqui, morando em ap. Acostumo em qualquer lugar, mas minha casa, lá na minha cidade, também tem uma verdadeira floresta de fundo, além do meu terreno ser enorme. Lá posso passear, brincar com meus cachorros, ver os pássaros e a Natureza mais de perto.
Aqui, é uma cidade bem pequena rodeada pela Mata Atlântica, mas não saio do ap., só olho de longe mesmo e aprecio os pássaros no pátio do prédio.
Adorei o seu "lugar de escrever". Bagunça organizada é comigo mesmo. Também gosto de ter tudo à mão. hehe
Adorei teu post. Fiquei mais saudosa ainda. Quero ir pra minha casa...

Bjs no coração!

Nilce

Blog da Fatima disse...

Meldeussss....que lugar lindo. Benzadeus!!! Tu não mora guria, tu sonha no reino encantado.
Bom saber um pouco mais de ti!!

Bjos no ♥

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

QUE CANTINHO LINDO!!!
Um verdadeiro cantinho da escritora!
Adorei essa parede de tijolinhos, o vidro com a bela vista das plantas...
A baguncinha é válida, sinal de que o lugar é muito utilizado, que se pesquisa, anota. Que se pega livro e abre, puxa uma revista, etc.
Se for muito arrumadinho, sinal que tá de enfeite.

Que lindo todo esse verde inspirador ao redor. E o passarinho, que gracinha. Deve ser tão gostoso ouvi-los cantar, não é? eu gosto muito. acordo com pássaros cantando e sinto que meu dia começa bem.
A trepadeira, linda, insipira uns textos mais picantes e lindos que nem ela...

Vagalume... aqui no Japão o povo faz festa qdo chega a hora deles aparecerem. É sério, durante o dia tem uma festa com danças...e a noite todo mundo sobe pra serra. E fica lá esperando eles aparecerem. é lindo mesmo, muita gente chega a chorar...

Então, o Gonzalez é espanhol, do avô. Minha avó era Giordano. Mas por causa do governo Vargas, qdo entrou no Brasil virou Jardim....
Ela ficou tão revoltada com isso que nem deixou o sobrenome passar para a descendência. Ela dizia "Eu não sou Jardim, io sono Giordano".

E pare de falar bobeira, vc é uma moça linda, por dentro e por fora.
Adoro vc, mia cara amica.

E eu, guloso, aceito café com BOLOS rs...
baci

Macá disse...

Glorinha
Vou ter que deixar o café pra amanhã porque já está muito tarde e se eu tomar agora não durmo. Se bem que seria bom, assim a gente ficava conversando rsrsrsrsrs
Você é mesmo muito privilegiada por morar num lugar maravilhoso como esse.
Haja inspiração!
E quero ler logo o seu livro tá?
beijos

Clau Finotti disse...

Oi Glorinha!
Realmente é uma vista inspiradora! Eu não posso mostrar ainda o meu canto de escrever porque ele simplesmente não existe ainda. Nessa nova casa ainda não "me encontrei". Mas acho que vou eleger a sala, na parte debaixo da casa, que é mais fresco e aconchegante. Qualquer dia mostro.

Beijos.

Clau Finotti

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Lindonaaaa claro que aceito! Um café com bolo vai bem a qualquer hora!
Querida, obrigada por compartilhar seu cantinho, adorei conhecer um pouco da onde vc mora! Que paraíso hein Glorinha? Ter todo esse verde, os pássaros, flores, borboletas que eu amooo de paixão, e os vagalumes à noite então!!! Acho tão lindo!!!!
Vc é abençoada flor!
Um grande beijo e um lindo domingo pra vc e sua família.

Flores e Luz.

Ana Maria Braga disse...

Adoro conhecer esses cantinhos particulares. O seu é maravilhoso. Adorei. Mas com a tua bagunça, resulta em tantos posts bacanas, Glorinha!!! Bom domingo e qualquer dia vou ai comer um pedaço de bolo contigo...rs. Bjs

Renatinha disse...

Lindo teu blog!!!

Astrid Annabelle disse...

Glorinha, lhe escrevi um comentário bonito e ao publicá-lo a conexão caiu...agora não sei se recebeu ou não...caso tenha sido enviado delete este,OK?
Eu lhe disse que achei maravilhoso o seu cantinho e que conheci bem o que é morar no meio do mato com todo o mundo selvagem participando do nosso dia-a-dia.
Sua jaboticabeira precisa de companhia para dar frutos viu?
Um macho e outra fêmea, plantados próximos. Eu sei disso pois no jardim da casa da minha mãe tivemos um pé que viveu anos sem dar frutos até que ensinaram o caminho das pedras para ela...aí a jabuticabeira frutificou demais.
Lindo post...lindas imagens...espero que meu outro comentário tenha chegado até você!
Beijos querida.
Astrid Annabelle

Luciana Håland disse...

Muito legal o seu cantinho, e a vista entäo, um privilégio.

Beijo

Glorinha L de Lion disse...

Oi Betita, vc conhece meu pedacinho de céu...e sabe bem do que falo...bjs

Eliana, pois é menina...tá vendo?
A blogagem tá muito boa mesmo...bjs.

Mylla, me perdoe ,mas já tá difícil dar conta da minha e mais meus escritos...infelizmente não tenho tempo pra mais nada, mas te agradeço a gentileza. bjs.

Rosana e She, obrigada queridas. bjs.

Oi Cris amore, vc é poeta até quando comenta, vc é um doce, obrigada amiga! bjs

Oi Laís, que isso ajuda bastante, ajuda mesmo...bjs.

Ai Nilce fiquei com peninha de vc...e pq não volta pro teu paraíso? Volta logo...se faz mal pra vc morar aí...bjs.

Oi Fátima. Não é mesmo? Sou privilegiada, sei disso...e sou grata à Vida por isso. bjs.

Ale, adoro teus coments...é verdade, canto de quem escreve arrumado demais é enfeite...hehe gostei dessa. Aí tem muito vagalume é? Que lindo...eu amo vagalume...pena que aqui estão acabando...
Tua avó tinha toda razão, que falta de respeito com as pessoas trocar o nome, abrasileirar...era um absurdo isso...Quanto à moça linda...já fui amigo...agora sou uma coroa mais ou menos enxuta...hehe, mas obrigada pela gentileza e cavalheirismo do elogio! Bjs amigo, bom domingo!

Glorinha L de Lion disse...

Ai Macá, nem me fala no meu livro...estou roendo todas as unhas, mas pelo jeito ainda demora um pouco....tenho que exercitar minha paciência...ficar zen...coisa que não sou...mas obrigada por estar torcendo por mim! beijão amiga!

Clau, vou ficar aguardando ein? Bjs.

Mônica linda! Pode vir, estou te esperando com um café quentinho...hehe bjs querida!

Ana Maria, vem sim, será um prazer! Obrigada pelas palavras de carinho. bjs.

Renatinha, obrigada, bjs.

Astrid, seu outro coment não veio...snif...cadê...esse blogger tá assim...quanto à jabuticabeira, não sabia disso não...a minha não dá nada, nem flor...que coisa, mas aqui custa tão caro um pé...mais de R$150,00...então a coitada vai ficar sem marido por enquanto...não dá pra casar ela agora não...hehe obrigada pelas dicas. Beijos meu anjo!

Obrigada Luciana! Beijos e bom domingo!

Mari disse...

Muito gostoso o seu cantinho e sua vista privilegiada :)

Aceito sim o café com bolo, sempre! rs

Beijos

Dani dutch disse...

Glorinha que vista maravilhosa que vc tem, ... adorei ver vc falar um pouco do seu cantinho, e compartilhar conosco também.
bjuss

Glorinha L de Lion disse...

Mari e Dani, compartilhar com os amigos, não é isso a amizade? Obrigada por terem gostado do meu cantinho. bjs.

Leci Irene disse...

Menina, isto aqui é um paraiso!!!!
Gostei deveras da tua organização! parece a minha!
Abraços