domingo, 23 de janeiro de 2011

Blogagem Coletiva - 3 Anos Cantinho She - Uma Estória de Amor


O Amor - É Uma Estória

Existe coisa
Mais piegas?
Mais clichê?
Mais óbvia?
E, no entanto
Menos óbvia
Menos piegas
Menos clichê
Do que o Amor?
Existe coisa mais 
Absurda
E sem propósito
Do que olhar 
Alguém
E achar
Que ele 
É nossa vida
Nosso destino
Nossa razão 
De viver?

A cabeça 
Vive na lua
Enquanto os pés
Pisam estrelas
E até nas coisas 
Mais banais
Se acha graça
Encanto
Beleza
O mundo
Parece 
De pernas
Pro ar
E o ar
De pernas 
Abertas
Pro mundo
Não me perguntem 
Porque
Não me perguntem 
Como
Mas fazemos 
Loucuras
Asneiras
Bobagens
Por ele
E ele nos deixa
Sem dormir
Sem comer
Com sede
Com fome
Só dele
Do Amor
Esse tresloucado
Sentimento
Vira tudo
Ao contrário
Entontece
Entorpece
E ainda 
O chamam
De puro
Doce
É nada
É um vício
Que alucina
Arrasa
Mistura
Descombina
Deixa
Doido
Tira tudo
Do lugar
Vira
E desvira
Nossa alma 
Do avesso
E sem ele 
Somos
Morcegos
Cegos
Deixando-nos 
Guiar
Por um radar 
Invisível
Por um cheiro
Por um gosto
Que nem 
Sabemos
Ou queremos
Explicar
Podemos viver
Re-viver
Amar
Re-amar
Remar
Contra as marés
Por ele
E só por ele
Viver
Não importa
Se por muito
Ou pouco
Tempo
Quem nunca 
Sentiu
Esse torpor
Esse lampejo
Essa grande
Onda
Esse "barato"
Alucinógeno
Rasgando 
O peito
Arranhando
A pele
Dando um nó
Na garganta
Que atire
A primeira
Flor...

Este post faz parte da blogagem em comemoração ao 3º Aniversário do blog Cantinho She, da amiga Sheila Mendonça. Parabéns She! Muito Amor pra todos nós!

53 comentários:

Marli Borges disse...

Lindo poema Glorinha! Essa face do amor é simplesmente encantadora!
Bjssssss

Teresinha Ferreira disse...

Olá Glorinha,
Realmente o amor nos deixa sem reflexos. Ficamos bobos. No mundo da lua, mas...É tão bom amar...Sentir um friozinho diferente de tantos desejos e emoções para estar com a nossa cara metada (pelo menos é isso que pensamos nos momentos de turbulências no nosso coração)...Ah!!! O amor!!!
Tudo de bom
Bjs mil

Tati Pastorello disse...

Para variar amei seu poema. Delícia e dor nos sentirmos assim. Você conseguiu traduzir em palavras as contradições deste sentimento de amor-paixão que não dá para passar a vida sem conhecer.
Adorei! Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

É Marli, pena que com essa face vem a outra junto...hehe a menos bonita, a menos prazerosa, a mais feia mesmo...bjs,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Teresinha, é muito boa essa fase de mundo da lua, né? pena que não dure a vida toda...beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Tati, tá sumidona ein? Pois é...amar é bom demais...pena que essa fase da paixão dure pouco...beijos,

orvalho do ceu disse...

Oi, querida Glorinha
"E até nas coisas
Mais banais
Se acha graça"...


Que bom vc estar participando da Coletiva da She!!!
Essa frase acima do seu post é por demais importante para mim para definir AMOR... Creio ser possível em qualquer idade...
O AMOR JAMAIS ACABARÁ!!!
Bjm e ótimo Domingo com paz e AMOR!!!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Rosélia, pois é, a gente fica meio bobo quando ama, quando a paixão vem e toma conta da gente...pena que esse sentimento, com o tempo passe, não é mesmo? e dá lugar ao amor maduro, firme, mas sem as borboletas nos estômago...essas só se sente quando se descobre o amor...beijos,

Cris França disse...

amar faz parte de viver, imagine a vida sem amor?

seria como ver o mar e nunca mergulhar...

as vezes, o mar pode te machucar, mas ele tbém tem belezas infinitas a ser descoberta, e a grandeza de ser diferente com cada um de nós.

bjs querida

Cantinho She disse...

Queridonaaaaaaaaaaaa! Obaaaaaaaaa simplesmente amei! Menina está tudo aí que sentimos e vivenciamos no AMOR, que delícia, que mistura gostosa, pra variar amei o seu jeitinho de brincar com as palavras e emoções! Show! Bela participação! Obrigada por estar comigo nessa festa!
Beio, beijo! ;)
She

William Garibaldi disse...

Não existe nada semelhante ao Amor mesmo Glorinha!... mais piegas e menos piegas.. mais bobo e mais importante! Amei!

Também estou participando desta Blogagem Coletiva! Parabéns pra She!

Ah e te convido pra responder o desfio dos 7, sentir de responder este é o link: http://versosdefogo.blogspot.com/2011/01/desafio-do-7-7777-telektonon.html

Beijos Poeta!

Lindo Domingo de Amor e Poesia pra você!

Nilce disse...

Mais um lindo poema Glorinha.

Ah, tresloucado amor, loucura de muitos, cheio de sensações e emoções desencontradas, mas sempre deliciosas de sentir.

Bom domingo linda.

Bjs no coração!

Nilce

Lúcia Soares disse...

Glorinha, muito bem dito e escrito!
O amor é paradoxal, pode nos elvar ao céu ou ao inferno. Pode ser calmo ou turbulento. Pode ser eterno ou efêmero.
E em busca dessas contradições todas é que o mundo se move...
Beijo!

lolipop disse...

Muito querida Glorinha,
Sentimento louco e sem explicação, que como diz no seu poema vira tudo de pernas para o ar. Como canta o Caetano, "Ninguém sabe onde colocar o desejo"...
Uma embriaguez que não permite o desvio do olhar, move montanhas com a mesma facilidade com que cria desertos. "A cada par que a aurora enlaça,
Como é pungente o entardecer!
O fumo vem, a chama passa..."..como dizia Manuel Bandeira...
Mas quem pode viver sem ele?
Amiga querida, amo o estilo único de que fluem seus poemas...quem sabe podiam dar um outro livro?
Ternuras
Muitas
Sempre

manuel marques disse...

Tão fácil quanto isso,onde mete a mão,(escrever) arrasa...Excelenteeeeeeeeeeeee.

Beijo.

Irene Moreira disse...

Glorinha
Cada vez que venho ler uma participação sua fico anestesiada com seus poemas, com sua forma de colocar as palavras e me sinto a dançar num compasso único e sublime.

Lindo amiga, lindo!!!

Como é bom esses encontros de amor e agora em comemoração aos 3 anos da amiga She. Parabéns

Beijos e um lindlo domingo

Astrid Annabelle disse...

Glorinha querida!
Mais um lindo poema...!
Eu não li...fiquei "ouvindo" você com a sua voz carioquíssima...hehehe
Mais uma vez parabéns!
Um beijo gostoso e amoroso!
Astrid Annabelle

Glorinha L de Lion disse...

Oi querida Cris...não dá nem pra imaginar a vida sem amor...seria tão sem graça! beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada She, por poder comemorar com vc esse niver! PARABÉNS, MUITAS FELICIDADES PRA VC E TEU BLOG! bEIJOS,

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada William, amar é ser meio bobo mesmo, né? todos já fomos alguma vez na vida...vou lá ver sim, obrigada pelo convite, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Nilcinha! Pois é amiga, cois tresloucada esse tal de amor...que dói e deixa a gente feliz ao mesmo tempo...hehe beijos, bom domingo tb pra vc!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Lúcia, com certeza, o amor, a paixão são os sentimentos que movem o mundo. Até os corações mais duros e mesquinhos são capazes do amor, esse sentimento universal e tão humano...beijos, obrigada,

Glorinha L de Lion disse...

Amada Loli...quando a chama passa, aí sim, vem o amor de verdade, aquele que sobrevive ao cotidiano, à rotina...esse sim, é o verdadeiro amor. Obrigada querida, por teus elogios. Tu me fazes sempre feliz quando passas por aqui...beijo enorme,

Glorinha L de Lion disse...

Amigo Manuel, sempre tão gentil comigo, obrigada, de coração, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Irene, obrigada, fico lisonjeada com seus elogios...Obrigada mesmo, mas o amor é um motivo e tanto pra nos inspirar, não é? beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Astrid querida! hehe gostou do meu carioquês, né? Meus esses não me deixam enganar ninguém não é? obrigada amiga...ando encafifada com o tal de Serpentário...ainda bem que meu signo não mudou...hehe beijos,

Graça Pereira disse...

Glorinha Querida
Fiquei entontecida, revirada, virada, com as voltas e revoltas deste poema e no fim...rendida!!
Achei este AMOR delicioso!
Parabens ao blog da sua amiga que não conheço mas vou la dar um saltinho.
Beijão e uma boa semana.
Graça

Bombom disse...

Como sempre, um belo Poema ao Amor. Magnífica participação no desafio da She. E já agora, embarco na sugestão da Lollipop e fico à espera "do Livro"! Bjs. Bombom

Kelly disse...

Literalmente o amor nos faz sentir borboletas na barriga, como isso é bom...beijos

Lívia Azzi disse...

Poema doce e encantador que relata a complexidade dessa coisa doida que nos faz pisar nas nuvens e tira-nos o chão, o amor...

Um beijo e boa semana!

Yoyo Pizy disse...

Adoro seus poemas, querida. Todos eles!
Pois é, voltei faz um tempinho.Passei por aqui duas vezes e deixei recadinhos.Não sei o que aconteceu, então.
Estive fora, mas sempre que dava, passava para uma espiadinha. Sei até que você passou o reveillon de preto,rs.
bjokas

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Amor...a gente não entende nada dele, mas é bom demais hehehe

que poema lindo, queria saber fazer música, pra tranformar em melodia...
bom dia

Lu Souza Brito disse...

Glorinha,

Maravilhosooooooo seu poema sobre o Amor. Descreveu todos as coisas controversas que passamos, sentimos e fazemos quando o amor toma conta do nosso ser!
Ai ai (suspiros).

beijoos

Glorinha L de Lion disse...

Amiga Graça, a cada vez que vens aqui, sinto-me agraciada, feliz mesmo com tão ilustre visita. Acho-te amiga, uma escritora maravilhosa e muito me honra que gostes do que escrevo, grande beijo,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Bomobom amada, pois então fica à espera, porque não serão dois, serão três...o de poesias, já já sai...que assim seja! beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Kelly, é bom demais, mesmo! beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Livia, complexo, paradoxal, único...tudo isso e muito mais, não dá pra descrever o amor, não é mesmo? Que bom que gostou, beijos, boa semana pra vc tb!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Yoyo, vi seus recados mas não sabia que estava de volta ao blog! Ou não me lembrava...me perdoe, mas que bom que está de volta. Fico feliz! Obrigada querida, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Ah taí, Alê, gostei da ideia: Japinha e Gorduchinha, que tal o nome da nossa "dupla de dois"? hehehe Ia ser um sucesso...hehehe beijão amigo,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Lu querida, amar é tudo de bom não é? ô coisa boa de sentir...pena que esse entusiasmo juvenil passe com o tempo...a solução? Viver apaixonada por coisas e pela vida! beijos, boa semana!

Yasmine Lemos disse...

Viramos tolos, meio bobos.Completamente. Sua poesia é um retrato da nossa face quando o amor nos invade.
show de bola
beijo Glorinha e uma otima semana

welze disse...

coisa mais louca o amor. esse louco sem o qual eu não vivo, esse louco para o qual eu vivo. esse louco sentimento que me une a tantos outros amores da minha vida. amo você, simples assim, beijos

Roy Frenkiel disse...

Oi, Glorinha, adoro sua poesia!

Ja abrimos a nova casa:

www.sumairracional.wordpress.com


Aguardo sua visita!

bjx

RF

Glorinha L de Lion disse...

Oi Yasmine, é verdade. O amor nos transtorna de uma maneira mágica, bjs

Glorinha L de Lion disse...

Oi queridona, o amor é lindo, né? Tb te amo minha amiga, beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Roy, fico feliz que goste do que escrevo. Vou lá visitar seu novo espaço, beijos,

Socorro Melo disse...

Glorinha,

Uma delícia de poema! Sorvi cada verso, cada palavra, com grande emoção. Viajei!

Beijos
Socorro Melo

Paula Pacheco disse...

Amiga, que lindo este poema, e que fotos fofinhas, parabens pr aesta blogagem,
bjs
Paula

Cucchiaio pieno disse...

Oi querida
Muito lindo e curioso! O amor é realmente tudo isso!
Bjo grande no teu enorme coração
Léia

Glorinha L de Lion disse...

Oi Socorro, obrigada! Viajamos juntas nessa estória do amor...beijos,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Paulinha querida! Aproveita bem suas férias...fico feliz que tenha gostado, beijo grande,

Glorinha L de Lion disse...

Oi amore mio! Vc ainda está na fase das borboletas na barriga né, Leinha? Ai como isso é bom! Dá saudade de sentir isso, mas depois de 35 anos junto, só umas mariposinhas, de vez em quando...huahua...beijos,

Zilda Santiago disse...

Um belo e gostoso poetar!!!Muito apropriado para a coletiva da She.Bjs no coração e sigo-a então.