quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Hachiko - Sobre Cães e "Ratos"

Hachiko - A Dog's Story de Lasse Hallström


Não pude resistir a essa estória!
Hachiko era um cão da raça Akita que pertencia a um professor que morava no bairro de Shibuya em Tóquio.
Todos os dias ele acompanhava o dono até a estação de trem, quando ele ía para o trabalho. E, todos os dias às 15 hs, lá estava ele, esperando a volta do dono, para irem juntos pra casa.
Fez isso durante anos, até que um dia, seu dono morreu de um infarte fulminante no trabalho, e nunca mais voltou.
E sabem o que Hachiko fez? Por 10 anos, até morrer, foi todos os dias à estação esperar pelo dono...
Ficou famoso na região e até virou notícia de um jornal local.
Sua lealdade o fez virar estátua em frente à estação de trem de Shibuya. E, até hoje, é comum as pessoas marcarem encontro em frente à sua estátua.
Agora, essa linda estória foi refilmada e adaptada para uma pequena cidade americana e o dono do Hachiko é o cinquentão mais charmoso do cinema, Richard "gato" Gere.
Linda estória provando que quanto mais eu conheço os homens, mais amo os animais.
Quem for ver, leve uma caixa de lenços de papel!

Mais uma vez os bichos nos dando lições de amor e lealdade, sem limites.
Enquanto isso, li nos jornais que os neo fascistas na Itália, estão ganhando força.
Seus partidos e a guarda nacional, legalizada pelo Berlusconi, ganham o maior apoio político dos últimos 60 anos!
Vi jovens andando pelas ruas de Roma com aqueles uniformes horrendos da época da guerra!
Jovens que pregam o ódio aos imigrantes, ciganos, homossexuais e sabe-se lá a mais quem...
Em pleno 2009 isso ainda existe sobre a Terra...depois de tantas mortes, tantas guerras, esse racismo ainde resiste e se sustenta. É, os ratos ainda se movem debaixo das ruínas seculares...
Não me perguntem como, nem porque...não consigo entender como o ser humano é capaz de sentir tanto ódio sem sentido.
Um Viva aos Hachiko e a todos os animais, que apesar de sua aparente "irracionalidade", nos dão, todos os dias, demonstrações de que os irracionais, somos nós.



5 comentários:

Bordados e Retalhos disse...

Oi Glorinha, obrigada pela visitinha.O meu pequeno já está bem melhor. Que boa dica essa do seu post hoje heim. Amei! Domingo estarei aí na sua terra. Bjs

Daniele Larri disse...

Oi Gloria!
Adorei o seu blog! Vou te seguir (adoro um café com bolo....rsrsr)
O meu blog é de ponto russo, dá uma passadinha lá para conhecer!
Te espero!
bjs
Daniele

Silvana disse...

Oi Glória glorisosa!

menina, a hora que vi o nome do seu blog vim correndo! Adoro café com bolo...nhami-nhami.... hehehehe

Seu blog é fofo e essa história é linda!

fim de semana vou postar uma história de fazer qqr um chorar!

Apareça lá pra conhecer!

Beijooooooooo

welze disse...

é uma pena o fato do bicho homem ainda não ter aprendido a viver. Deveria aprender com os bichos, com os cães por exemplo.

Marilac disse...

Oiii Glória,
Cheguei aqui por acaso e me encantei com seu blog!Agora virei sempre !Sou fã do Richard Gere e adorei a dica do filme, eu já conhecia a historia do Hachiko mas não sabia que ia virar filme !!!
Bjs
Marilac