quarta-feira, 3 de março de 2010

Glorinha No País Das Maravilhas...

Era uma vez um lindo reino encantado que tinha o nome de País das Maravilhas...
Esse país tinha um rei: o Rei da Cocada Preta...Tudo o que foi feito antes do Rei da Cocada reinar era uma porcaria...só o Rei da Cocada Preta sabia governar, só o Rei sabia falar com o povo, e, cá entre nós, o Rei, coitado, falava muitas bobagens, mas, como o povo entendia seu linguajar, o Rei se achou mais Rei do que outros Reis antes dele...e, como o povo o aplaudia entusiasticamente, o rei passou a achar que podia tudo e que seu reinado foi o mais maravilhoso que o País das Maravilhas já havia tido, em suma, o Rei ficou com o rei na barriga...


.
No País das Maravilhas, o Rei da Cocada Preta se apropriou de várias ideias do Rei anterior, e, as usou como se suas fossem...o Rei era aclamado onde quer que fosse, o que aliás, ele nem precisava, pois se olhava todos os dias durante horas no espelho do palácio e se aclamava e se elogiava a si próprio...Beijava sua imagem refletida inúmeras vezes e pensava: Nunca na estória do País das Maravilhas houve um rei como eu!
Nesse País maravilhoso, ele resolveu pegar uma ideia de seu antecessor e dar bolsas aos seus súditos...tinha bolsas para todos os gostos: bolsas amarelas, de couro de cabra, bolsas de plástico, bolsa Hermès, bolsas de feira, bolsa Prada, azuis, vermelhas...bolsa disso e bolsa daquilo, era só pedir uma e já se saía feliz e contente, balançando uma bolsa, uma bolsinha ou um bolsão...



Do Rei da Cocada Preta ninguém poderia dizer que não fosse um monarca fidel, isto é, fiel, aos seus princípios e aos seus amigos. Fossem eles ditadores, assassinos, torturadores, ele os defendia com unhas e dentes...olhos fechados, boca fechada e nariz tapado, que de bobo ele não tinha nada, e assim fazia para não sentir o mau cheiro dos ambientes que frequentava...

Um dia, um de seus ministros teve uma ideia: dar também sapatos ao povo, mas sapatos combinando com as bolsas, assim, todos poderiam andar bem vestidos...Os ministros aprovaram, exceto uma, que assustada levantou a voz: Sapatos fazendo par com as bolsas? Não, só bolsas já bastam...nosso povo não precisa de sapatos...coitado do nosso povo...isso é muita maldade! Fazê-los andar com os dedos apertados dentro de sapatos, ficar com os pés cheios de bolhas...isso é muito sacrifício para nosso povo já tão sofrido...Bolsas são suficientes para sua auto estima e para que continuem a amar nosso Rei tão magnânimo...
Mas, para sua tristeza e do Rei da Cocada Preta, seu voto foi vencido pela maioria... Agora o País das Maravilhas tinha um povo realmente fashion: sapatos e bolsas combinando para o bem estar geral de todos do reino.

E assim, todos foram felizes para sempre...e o Rei da Cocada Preta reinou para toda a eternidade...


Moral da estória:

“Política é a arte de fazer aos outros o que não queremos que nos façam” – Emile Bergerat

“ A coisa mais útil sobre um princípio é que ele pode ser sacrificado pela conveniência” – Somerset Maughan

“ O diabo pode citar as escrituras quando lhe convém” - Shakespeare





Conto de autoria de Glorinha L. de Lion, condessa descalça, falida, sem bolsa e sem cargo e, infelizmente, uma voz dissonante no reino do Rei da Cocada Preta. ( Com a colaboração da Ministra Eu Falei Primeiro e da primeira página dos jornais de hoje ).








18 comentários:

welze disse...

além de não ser uma voz dissonante, nunca está só. Se ouvir bem, ouvirá um denso coral lhe acompanhando. Mas, políticas à parte, de uns dias para cá, estou lhe sentindo longe,descrente, meio que sem querer falar com ninguém. Bem tristinha mesmo. Espero estar enganada. Beijo grande querida.

manuel marques disse...

O meu programa é simples: quero governar .

Beijos.

Mila Viegas disse...

Hahahahahaha... Glorinha, AdoR-E-I... kkkkkk! Fantástico!
beijocas

Glorinha L de Lion disse...

Welze minha querida, está enganada...ando mais caladinha e não fazendo muitas visitas pq a internet aqui em casa está uma bomba...e eu fico 20 minutos aqui e ela cai...hoje, por ex, fiquei quase o dia todo sem...
Ainda bem que minha voz não é a única!
Beijos.

Manuel...queres governar? Vem pra cá que meu voto é seu!
Bjs

Mila, gostou? E vc, já ganhou sua bolsa Prada?rsrsrs...bjs

Manuela Freitas disse...

Parabéns Glorinha pelo teu excelente conto no País das Maravilhas, que me parece também um reino de palhaçada. És uma mulher de luta!?...
Estás melhor querida?
Beijinhos,
Manuela

Fatima disse...

Ótimo texto condessa!
Bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Manu, pois é, mas nesse caso,os palhaços somos nós...bjinhos.

Fátima, a Condessa agradece carinhosamente...bjos

angela disse...

sabe que este rei até apareceu aqui na minha terra no dia de ontem,para uma inauguração, honrarias foram feitas,uma saia justa e tanto, pois a fiel escudeira cá estava e nosso governador tambem. pude acompanhar de pertinho, o marido teve que estar lá por força do trabalho. bjs

priscilavelho disse...

A produtora AEON AUDIOVISUAL de Porto Alegre-RS/Brasil, está lançando através do blog da cia. o episódio piloto do "Republiqueta", uma produção independente feita diretamente para internet com download gratuito.

"Republiqueta" é um curta-metragem de animação protagonizado pelo Presidente da República.

Sinopse: Acuado por denúncias de corrupção e vendo sua popularidade despencar, Lula inicia uma busca para descobrir, afinal de contas, quem o traía, desenterrando os segredos mais escusos do seu próprio governo.

Assista no link abaixo:
http://blog.aeonav.com


No YOUTUBE em duas partes:

http://www.youtube.com/watch?v=MC1Ik9eslbI

http://www.youtube.com/watch?v=YqCRETGGbEU

Thanks!

Igreja Vida Plena disse...

fantástico!!!! É a minha 1ª vez aqui. Achei por acaso... e que achado!!! Seu blog é ótimo e concordo com tudo nesse post. Vt tinha que ter uma coluna numa revista, menina!!! Mas revista de grande circulação, tipo Veja, Época... vc tem talento!
Deus abençoe sua vida ricamente.

Bjks, Andréa.

Igreja Vida Plena disse...

fantástico!!!! É a minha 1ª vez aqui. Achei por acaso... e que achado!!! Seu blog é ótimo e concordo com tudo nesse post. Vt tinha que ter uma coluna numa revista, menina!!! Mas revista de grande circulação, tipo Veja, Época... vc tem talento!
Deus abençoe sua vida ricamente.

Bjks, Andréa.

Luci Cardinelli disse...

Queridona, não sei se riu ou se choro.... Ótimo texto!!!!! assino embaixo!!

beijão e ótimo dia!

ah tem promoção no Vida! tou te esperando!

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha estou por aqui. Está tudo do mesmo jeito, apesar do filho estar estagiando e se saindo muito bem lá na Rádio. Obrigada amiga, bjs

Glorinha L de Lion disse...

Angela, saia justíssima ein amiga...rsrsrs...bjinhos

Priscila seu recado está dado, mas acho que vc esqueceu de comentar sobre meu post...volte e me diga o que acha...bjs e muito prazer.

Andréa, que prazer em ter vc por aqui! Gosto imensamente de ver outros pontos de vista e colocações, desde que pertinentes...e as suas são! Gostei muito de seus argumentos e de sua gentileza em mostrá-los. Vou lá conhecer seu trabalho. Bjos.

Glorinha L de Lion disse...

Luci, é realmente a gente fica sem saber se ri ou chora, se vai embora do páis das maravilhas ou se fica pra catar os cacos...sei lá...vamos ver o que vem por aí...

Giovanna, bom por um lado e tudo na mesma de outro...bem, espero que vc esteja bem...qq coisa, estarei aqui.
Beijos.

Paula Pacheco disse...

HAHAHAHHAHA Glorinha só vc mesmo, adorei o "No Pais das Maravilhas" muito bom, e óóóó´que quadro bacana e colorido, gostei, onde vc consegue tantas imagens bonitas?
bjocas
Paula

Beth/Lilás disse...

Amiga, li ontem este teu conto e rolei de rir sozinha na casa de minha mãe, mas só hoje pude vir comentar com calma.
Cara, vc disse tudo e de uma forma tão bem humorada, tão inteligente.
Ah, sou sua fãzoca, vc sabe, né!
bjs cariocas

Glorinha L de Lion disse...

Paulinha, as imagens procuro no google ou em sites de imagens free...é só digitar no google que aparecem vários sites...
E Beth, somos fãs uma da outra, além de web manas...iso não é um must?
Beijinhos.