quarta-feira, 31 de março de 2010

Reflexões de Páscoa...



Aproveito essa Semana Santa e a proximidade da Páscoa, comemorada por milhões de pessoas no Brasil e no mundo, para refletir sobre um assunto que Arnaldo Jabor, escritor e cinesta brilhante, levantou em sua última crônica no jornal O Globo de ontem...

O mal tem entrado em nossas vidas diariamente, e temos permitido isso...
Nada mais nos assusta ou nos choca...vemos notícias sobre crianças trucidadas, assassinatos, escândalos, deboches...e, como diz muito bem o Jabor: "dentro de pouco tempo teremos uma pele de rinoceronte em nossa alma, com o coração mais duro, ficaremos cínicos, mais passivos diante da crueldade. Há uma indução surda à insensibilidade..."
Refleti sobre isso e resovi escrever hoje sobre o bombardeio de notícias ruins, crueldades, catástrofes, falta de ética, de escrúpulos a que temos nos submetido ultimamente...
Já não nos indignamos com nada...Nada mais nos tira do sério...
Há quem defenda a Igreja Católica, mesmo diante das barbaridades que estão vindo à tona, da pedofilia infame, que tal qual a ponta de um iceberg, só estamos vendo uma pequena parte...o resto da imundície, deve estar submersa...A Igreja é uma instituição à beira da falência, e não é preciso ser muito estudioso ou historiador para saber quantas atrocidades foram cometidas em nome de deus, quantos escândalos, quantos crimes... desde a inquisição até a proteção ao nazismo, passando pelo Banco do Vaticano envolvido em escândalos berluschonianos...
E não me venham dizer que a Igreja é feita de homens e que homens são falhos...sim, são e por isso mesmo, quem opta pelo celibato ou por suas regras há que ser melhor que os outros homens, ter mais caráter e compaixão que todos os demais. Por isso abriram mão do conforto, dos bens terrenos, do sexo...ou será que essas regras algum dia foram respeitadas?
Claro que há alguns, como a freira Dorothy Stang que são exemplos de doação, amor ao próximo e compaixão...Há sim os que respeitam as regras da Igreja, mesmo sabendo que são ultrapassadas e sem fundamento...mas optaram por seguí-las...E não falo só da Igreja Católica, mas das Evangélicas e de todas as que roubam seus fiéis pobres, usurpando e tripudiando sobre sua ignorância e ingenuidade...Há excessões? Claro que há, mas hoje quero falar do lado podre, das usam o demo como desculpa para suas canalhices e depravações...
O mesmo digo de certos partidos políticos aqui de nosso país, que sempre bateram no peito se dizendo melhores, mais honestos e dignos que todos os outros e que agora, vemos chafurdando no próprio esterco, como numa visão do Inferno de Dante...Os que se diziam " os puros, os retos" são os mais abjetos, os que tem menos escrúpulos...
Eu respeito a fé. Respeito quem crê em Jesus, Alá, Buda...Mas essa fé cega, fanática, que não vê um palmo adiante do nariz e coloca panos quentes em tudo o que as instituições religiosas fazem, dando desculpas ridículas, como as que o Papa tem dado...por favor, chega a ser risível se não fosse trágico. Eu respeito a fé, a fé pura, a que não só prega, mas a que principalmente, pratica o que diz.
Se a Páscoa é a celebração de um tempo de renascimento, talvez fosse bom que todos nós refletíssemos sobre nossas escolhas.
Escolhas devem ser feitas mediante reflexão e reflexão diária...Pois  pecado maior que errar é insistir no erro, permanecer nele por falta de coragem para mudar, para transgredir, para reagir.
Sente como sua pele está ficando grossa? Sente como suas orelhas encolheram? E o chifre, nascendo bem no meio de nossa fuça, está sentindo seu despontar?
Repensemos a vida, antes que nos transformemos de corpo e alma, no rinoceronte de que falava o Jabor.

25 comentários:

Chica disse...

Parabéns pela linda reflexão com a qual concordo . Não podemos ver e passar a achar normais as barbaridades e o que temos visto, nos enoja. beijos,lindo renascimento pra ti,chica

Barbie Girl disse...

Menina, que reflexão fantástica!

Você citou vários coisas que concordo.
1º para mim igreja é uma instituição.
2º Existe os bons e os ruins.
3º Existe pessoas que usam a igreja ou o nome de Deus para fazer crueldades e sujeiras.

Por isso eu CREIO EM DEUS, creio na bondade, no amor, na fé, na soliedariedade, nos príncipios de uma família, nos filhos, nos meus pais e faço a minha parte.
Pode até ser que muitos não se choquem com as milhões de notícias ruins que nos cercam, mas eu me choco, dói meu coração e todas as noites antes de dormir, oro a Deus, peço proteção para mim, para minha família, meus amigos mas principalmente para eu ser uma pessoa melhor a cada dia e tentar colaborar por um mundo melhor...
é por aí!

beijos e fica com Jesus!!

Vivi disse...

Oi Amada!!!!!!!!!!
Concordo com vc viu!!!!
Tanta hipocrisia em nosso planeta tão vulnerável e indefeso!!!!
Não quero ser nunca um rinoceronte...
acredito em Deus mas não acredito em alguns homens...
tenho minha fé mas não gosto de ir na Igreja...é muito raro...e qdo vou prefiro entra sozinha...
Procuro fazer o bem sem me importar a quem...e muitas vezes o faço incognitamente!!!
Quem me conhece sabe q pode contar comigo até o fim...
com carinho
bjs

Glorinha L de Lion disse...

Chica, obrigada por ter gostado da minha reflexão, mas é que certas coisas me deixam literalmente doente...lindo renascer pra vc tb!
Bjs.

Cíntia...eu concordo com vc, e sou atéia, e já prometi a mim mesma não discutir ou falar no que não acredito com as pessoas...simplesmente faço meus posts colocando minha opinião, mas não polemizo mais...cada um acredita no que quer e pode...agradeço por seu comentário e concordo com vc, se procurarmos ser melhores a cada dia, o mundo será melhor tb!
Beijos e feliz páscoa!

Vivi, querida, eu não serei rinoceronte nunca! Não deixo, não quero que me usem, que me ceguem, que me anestesiem...cabe a cada um de nós não deixar que viremos rinocerontes...Grande beijo amiga!

Beth/Lilás disse...

Web-mana, estes feriados religiosos deveriam ser mais refletidos como você fez aqui e nos obriga ao mesmo.
Eu só espero que a renovação que é a metáfora da páscoa cristã, por sinal muito linda, sugestiva, e que mesmo não sendo religiosa sigo todos os dias, pois tenho feito justamente isso em minha vida - renovado-me.
E é isso que desejo para todos nós, renovação completa de valores e posturas, reflexão, menos consumo exacerbado (todo mundo só pensa em comprar os ovos agora).
Dar uma paradinha e refletir sobre estes aspectos que vc tão bem colocou, acho que em pleno século XXI esta deveria ser a postura de todos que desejam um planeta melhor.
um beijo pra você que tem renovado-se a cada manhã.

(Vou pra Petrô hoje, bjs, fui!)

café e chocolate disse...

Passando para deixar beijinhos .
Feliz Páscoa!Socorro.

manuel marques disse...

Nós temos a religião suficiente para nos odiarmos, mas não a que baste para nos amarmos uns aos outros .

Beijo.

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha querida, concordo com tudo oque você escreveu. Já te disse em outro comentário que "as vezes quem duvida ou faz perguntas é muito mais honesto do que eu" é uma música da Igreja católica. Estou na Igreja há muitos e muitos anos e já vi coisas que não gostaria de ter visto. Mas fazendo uma avaliação vi também muitas coisas bonitas. Aprendi com a Igreja através da Comunidades Eclesiais de Base a viver em comunidade, com os meus irmaõs de fé, dividindo e partilhando, pão, alegria, sofrimento.Vi desde a minha infância, padres que doam e doaram a sua própria vida a Igreja. Religiosos que estão além do discurso, vivem com os mais pobres, nas favelas com eles, comem o que eles comem e moram como eles moram. Há muita coisa bonita na Igreja onde vivo a minha fé. MAs de uma coisa tenho certeza, Deus está acima de qualquer Igreja, Papa, padre, instituição. E garanto a você que os fiéis estão vendo isso e não acreditam que a Igreja é única verdade. Quem deve sair da Igreja, são eles, os que erram e erraram, esses sim devem sair. Nós que professamos a nossa fé com alegria e sinceridade, de acordo com o Evangelho, não. Dorothy Stang é apenas uma das milhares que deram a vida em favor do povo, defendendo intransigentemente a Palavra de Deus. Que bom que vc levanta essas questões aqui e permite que a gente discuta tudo isso. Bjs amiga

Gina disse...

Existe um prazer mórbido das pessoas que desejam acompanhar o lado ruim de tudo e a mídia vive atrás disso. Dá a impressão que as coisas são piores do que de fato são. Ou que as pessoas de bem não existem.
Mas os fatos absurdos estão aí para todos verem, refletirem e condenarem, não simplesmente justificarem, defenderem, ou camuflarem.
Isso vale para qualquer credo.
Bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Beth, pelo menos eu tento me renovar a cada dia. Bjs.

Socorro, uma boa páscoa pra vc e sua família tb! Bjs.

Manuel, meu sábio amigo...disse tudo!
Bjs.

Giovanna, minha amiga querida, respeito demais sua forma bonita de ter fé...reconheço a verdadeira fé em vc e nessas pessoas que conhece e citou. São tantas, Madre Tereza, D. Zilda Arns, que apesar de não ser freira era religiosa...essas tem o meu respeito e admiração...pois antes de professarem qq religião são seres humanos e não rinocerontes...
Beijos minha querida, feliz páscoa1

Glorinha L de Lion disse...

Certíssima Gina! Concordo inteiramente! Bjs.

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha os minhas tias que moram aí no RJ fazem bacalhoada. Sempre achei que era um prato típico daí, herança dos portugueses. Acho que a feijoada fica para o domingo de páscoa, né? Bjs

Manuela Freitas disse...

Oi querida,
Nem é preciso dizer que estou a 100% contigo. Para já toda a farsa que é a Instituição Católica, depois realmente através da comunicação social levamos com notícias horrorosas, acontecem coisas incríveis a nível da sociedade, parece que tudo se passa, perde a racionalidade num instante...se a minha mãe fosse viva, dizia com certeza «estamos no fim do mundo»!?...
Todos nós temos coisas certas e erradas, «errar humano é», mas temos a noção do bem e do mal!...Eu presentemente tenho medo das pessoas...em qualquer rua podemos ser atacadas e nada ter feito por isso!
Fui ver o filme com a Sandra Bullock, a que ganhou o óscar de interpretação e no mesmo, ela que tira um rapaz da rua e dá-lhe atenção e amor, coisas que nunca teve, ainda pergunta «como posso ser melhor»?
Podemos sempre melhorar, mas amada amiga que nunca nos pese essa carcaça de rinoceronte!...
Beijinhos carinhosos,
Manú

marcelo dalla disse...

Queridíssima, que bela reflexão! Muito apropriada e bem redigida. Passei pra lhe desejar um bom feriado e dizer que estou em falta com vc, não me esqueci da mandala não, viu?
Um belo dia terás uma surpresa, pode esperar.
Grande bjo do amigo

Rozani disse...

Oi Glorinha!
Comentário fantástico! A igreja católica é uma vergonha a envangélica,eu não gosto nem de commentar.Nós somos palhaços nas mãos dos políticos. Estamos virando um bando de rinocerontes, mesmo.
Mudando de assunto...Adorei seu comentário no meu blog.lindo demais o que vc escreveu no dia do amarelo.
Que imagens lindas vc colocou.
Bjs,Rozani

victoria disse...

Se nuestra had@ madrina,antes de las 12 de la noche es la ultima votación para mi blog en contra de la crueldad de los animales,entra en el escondite de las golondrinas ,pasa por VOTAME QUE TE LLEVARÁ A LA revista premia.VUSCANOS "NOS NECESITAS " ES NUESTRO BLOG CLICLAS EN EL CUADRITO Y NOS HAS AYUDADO,,DE CORAZÓN vICTORIA

Astrid Annabelle disse...

Olá Glorinha!
Bonita e necessária reflexão!
Vamos crucificar os frutos do medo e celebrar a vida através do Amor!
Beijo grande
Astrid Annabelle

Eliana Pessoa disse...

ASSINO EM BAIXO A COISA TÁ FEIA! NO DIA QUE VÍ AQUELE PADRE VELHO PEDÓFILO FIQUEI PASMA ESTARRECIDA JÁ Ñ SE PODE CONFIAR NEM NUM PADRE VELHINHO!!!
COMO MANDAR AS CRIANÇAS PRO CATECISMO??!?!!!???
BJIM

Graça Pereira disse...

Glorinha, minha querida
Em todo o lado ...há bom e mau! Seria demasiado linear colocar todo o mal nas Instituições católicas...nem seria inteligente!
Como católica, digo-lhe: Muito coisa está errada? ESTÁ! Estamos fartos de o saber...mas a minha fé não assenta no senhor Bispo de tal, do cardeal de acolá, no padre Marcelo etc etc. A minha fé poisa e vive na figura de Cristo! E mais nada como dizia o outro!!!
Minha linda, sei que não cumpri a minha palavra e não bloguei "amarelo" na 2ª feira passada...mas não quero ver sua carinha triste, com esses olhos que falam de vida e então " os últimos são os primeiros"...Vá ao Zambeziana e pegue no selo especial que eu fiz SÓ PARA TI!!
Valeu ou não valeu???
Beijocas querida!
Graça

Graça Pereira disse...

Querida Glorinha
Já fiz aqui um comentário um pouco longo que...sumiu!! Tiro a primeira parte e digo-lhe outra vez a segunda : fiz um selo especila SÓ PARA TI so bre o dia do amarelo para compensar a minha flat. Não quero ver a sua carinha triste olhando para mim... Vá lá agora buscá-lo!!
Beijocas Graça

Verena disse...

Oi Glorinha.

Estou um pouco desaparecida por falta de tempo, só agora vi a blogagem coletiva, na proxima segunda vou participar também. \o\ /o/

Sobre o post de hoje, lá vamos nós para mais um ferido religioso, aonde como no natal todo mundo só se preocupa em comer... Ainda bem que tem essa parte pq imagina nós tendo que ir a igreja. XD

Sobre a falta de "ética" por assim se dizer na religião em geral, pra mim é uma amostra de como costumes antigos não conseguem conviver com o novo. Certas doutrinas não se encaixam mais na percepção que temos da vida e na necessidade que um ser humano tem.

Ao contrario do Papa, eu acredito que os casos de pedofilia tem aumentado sim pq é dificil você viver sozinha, sem familia, deve ser horrivel ser padre hoje em dia quando a sexualidade está com uma explosição tão grande... Sobre as Igrejas Evangélicas nem vou comentar pq toda vez que ligo a TV e cai em um canal desse tipo eu fico irritada com as barbaridades ditas.

Cris França disse...

Glorinha

Deus é amor
Se as pessoas simplificassem, não seria tão difícil amar ao proximo.
A gente quer ser muito profundo, muito entendido e acabar só mesmo por se abestalhar.
Que nessa páscoa a gente possa ser simples e amar sem muitos pontos de interrogação, pelo simples prazer de fazer o bem.
Porque muito se engana quem cre que a gente faz algo de bom pelos outros , a gente faz pela gente mesmo.

beijos pro cê, minha amiga querida!
Volto pra desejar boa páscoa viu!

Pérola disse...

Fantástica a sua postagem.
Parabéns.
beijokas.

Glorinha L de Lion disse...

É Giovanna, tem razão, na minha casa na Páscoa, faziam bacalhau à portuguesa....me lembrei! Bjs.

Manu, pensamos da mesma maneira...somos bem parecidas...apesar de um oceano a nos separar....que pena!
Gostaria de te encontrar....bjs.

Marcelo querido, grata surpresa! Estarei aguardando...bjs.

Rozani, obrigada pelo carinho! Bjs.

Astrid, Eliana e Graça, minhas queridas, eu tb acredito no amor, embora ele ande meio sumido nos dias atuais...mas ele há de vencer!
Bjs.

Graça, obrigada, já fui buscar meu lindo selo.

Verena, estava sumida mesmo...vc sabe que concordamos em tudo isso...e seremos questionadas até morrer....bjs.

Cris, acho que o amor salva, o amor constrói e o amor nos move...o resto é tudo muleta, tábua de salvação que o ser humano precisa para não enlouquecer...bjs.

Obrigada Pérola, bjs.

orvalho do ceu disse...

Oi, Glorinha, querida
Gostei da sua sinceridade, a gente tem que ter voz sempre...
Lendo seu post, recordei-me daquela jornalista que ponderou nunca fazer o que fazia Me. Teresa de Calcutá por nenhum dinheiro do mundo e ela, imediatamente, retrucou: EU TAMBÉM NÃO!
Valeu o seu direito de expressão!
Vc faz, em seus posts, umas ressalvas que, na hora, reflito se estou nelas e procuro acalmar-me... contando com o tempo para meu amadurecimento na questão abordada, com coragem, por vc. Parabéns!
Bjs no coração
Boa Páscoa!
Ele ressurge por nós!