quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Blogagem Coletiva - Minha Ideia é Meu Pincel - conto&poema

Hoje Acordei Monet


Caminhei
Por entre
Lírios
Íris
Glicínias
Lilases
Mel
Abelhas
Voando
Levando
Nas asas
Translúcidas
Perfumes
Cheiros
Aromas
Doce manhã
Preparei
Tela
Cavalete
Pincéis
Aquarela
Magnífica
Alvorada
Trazia
Pinceladas
Rápidas
Gotas
Tintas
Natureza
Pintou
Antes
De mim
A tela
Da vida
Que eu
Via ali
Magia
Amanhecia
Nos meus jardins
Em Giverny.....................................



Como a Tela de um Pintor (um pequeno conto)

Chegaram exaustas.
Atraídas pelo doce aroma das glicínias.
Sentaram-se um pouco a descansar.
- Olha filho, vês aqueles pontos lilases?
Pois chamam-se íris essas flores.
- Que lindas, mãe! Vou até lá.
- Não filho, espera. Vê bem por onde andas. Pode haver algum bicho a espreitar-te.
- Vamos mãe, não há nada que possa nos fazer mal aqui. É tudo tão lindo e perfumado!
Atraídas pelo perfume do mel que bailava no ar, abelhas dançarinas voavam, de flor em flor.
Era primavera e o ar estava impregnado de deliciosas fragrâncias.
Pássaros cantavam e o sol se espalhava, suave, a matizar de amarelo os canteiros lilases.
Cenário de sonhos. Era tudo tão colorido por pinceladas suaves, como a tela de um pintor.
Pinceladas de primavera que, graciosamente, a Natureza brincava de colorir.
A mãe, mais uma vez, respirou fundo. Olhou seu filhote orgulhosa e, juntos, alçaram voo, pela primeira vez, sobre os jardins de Giverny...

PS: Como eu tinha escrito 2 posts, um conto e um poema, resolvi publicá-los. Se não tiverem paciência nem tempo para ler os dois, leiam um só, à sua escolha, está certo? Beijinhos.



98 comentários:

orvalho do ceu disse...

OLá, Glorinha
Mais uma vez vamos elevar nossas almas com textos belíssimos...
Escolhi o da poesia...
Afinal,caminhar por entre lírios na alvorada... é perfurmar-se... é inspirar-se a pincelar a vida... é dar vida aos jardins da nossa existência.
Obrigada por existir e colorir a nossa vida... fazer-nos refletir sobre sentimentos... aquarelar nossos horizontes...
Mil bjs tão sentidos quanto a beleza dessa tela que, por ora,contemplamos... e damos VIDA.

Beth/Lilás disse...

Lindos, amiga, li tudo de uma tacada só!
Este voo sobre o jardim de Giverny de mãe e filho foi muito sensível de sua parte. amei!
beijocas cariocas

António Rosa disse...

Glorinha,

A sua participação é de enorme beleza, pois temos um poema e um conto. A íris é, de facto, uma flor muito especial, que se dá especialmente em climas mais frios, portanto, mais resistentes. Não é flor de estufa. Também tive a sorte de conhecer os jardins de Monet.

Vou procurar as outras participações.

Beijo

António

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Se tivesse mais um poema, lia tranquilamente! excelente.

Eu adoro esse estilo que vc faz, no primeiro poema.
é um jogo de palavras bonito e bem cadenciado.

Que bonito o conto, realmente qdo florescem as íris(es?), florem as glicínias. Tem um perfume tão bom!

deve ser lindo mesmo esses jardins... lugar dos sonhos.

bom dia

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

LI OS DOIS E ACHEI LINDOS!
PARABÉNS PELA BLOGAGEM COMO SEMPRE MARAVILHOSA!

Chica disse...

Lindo acordar Monet...Adorei tua participação !beijos,tudo de bom,chica

Eliane disse...

Como vou ler um só, não dá tem que ser tudo, Um completou o outro, seu Monet em algum lugar deve estar feliz hihihihi. Bom dia com muitos beijos e flores.

Tati Pastorello disse...

Ah Glorinha, que lindo! Li o poema e o conto, e na verdade, achei poesia no conto: "Pinceladas de primavera que, graciosamente, a Natureza brincava de colorir." Que coisa mais linda!!!
Desta vez não vou conseguir participar, mas ficarei de espectadora, acompanhando a beleza dos textos dos amigos. Um grande beijo.

Zélia Guardiano disse...

Lindíssimo, Glorinha!
Tudo, verdadeiro sonho: a tela, o poema e o conto.
Parabéns!
Forte abraço

Malu Machado disse...

Maravilhosa e intensa poesia e conto. Não há mais dúvidas: Pintura inspira palavras, palavras inspira a pintura. Almas gêmeas.

Beijos,

Astrid Annabelle disse...

Bom dia "titia" Glorinha!
Fiz a lição bonitinha...tudo dentro das regras...eita coisa que eu não gosto..regras...rsssss....com direito a janelinha pop e tudo o mais!!!
Seu post está lindo, doce como você!
Falamos das mesmas coisas de modos diferentes.
Pessoalmente eu conheci os Jardins de Giverny...nem precisa dizer que é lindo!!!
Um beijo gostoso de bom dia...depois eu volto.
Astrid Annabelle

Vicentina disse...

Os dois lindos... viajei neste conto...
Bjs

Lu Souza Brito disse...

Bom dia Glorinha!!!

Imagina se não iria ler os dois, oras bolas. Vejo que a sensibilidade e a beleza das flores deste lindo jardim deixou a todos extasiados.
O meu fugiu um pouco dessa regra, mas no final se redimiu.
Acho que estava um pouco melancólica ao fazer o post e nele depositei meus sentimentos, mas no final, a beleza da vida prevaleceu, rsrsrsr.

Beijokas
Lu

Isadora disse...

Oi Glorinha, bom dia. Li os dois o poema e o conto e gostei de ambos. Um lindo jardim, em um dia primaveril, todas as nuances que se apresentam nos fazem percorrer belos caminhos.
Um beijinho

Misturação - Ana Karla disse...

Glorinha, acabei de postar o meu e vim correndo me deliciar no seu.
O meu é somente para engrenar, pois confesso que pensei em tanta coisa, mas segui o coração em poucas.
Bom dia e sucesso na blogagem.
Xeros

Suziley disse...

Bela poesia e belo conto, sentimentos nascidos do olhar e do sentir da tela escolhida. Aderi a sua proposta da sua blogagem coletiva, Glorinha. Desejo-lhe um bom dia, beijos :)

Elaine disse...

Olá Glorinha, vc sempre com esses textos maravilhosos, não tenho esse dom, mas agradeço a oportunidade de fazer parte desse grupo e sempre poder melhorar.
Beijos e um lindo dia!

Socorro Melo disse...

Glorinha, bom dia!!!

Que delícia foi ler conto e poema. são tão lindos, e leves, e belos, que parece que, ao lê-los, vamos flutuar.
Sua idéia maravilhosa vai nos levar por uma viagem fantástica neste dia.

Um grande abraço
Socorro Melo

disse...

Chegou o dia, que bom!!!! Lindo seu post e o tema uma inspiração. Cores, perfume e tudo para despertar num dia lindo. Bjosss

Thayla disse...

Glorinha,
tanto o poema quanto o conto estão lindos. Eu gostei muito do conto, era como se eu estivesse no mesmo jardim que eles olhando tudo de longe.
O duro de comentar tarde aqui é que a gente fica sem ter o que dizer, pois todos já disseram tudo!rs
Bjos.

Nilce disse...

Imagina escolher um só Glorinha.
Encanta-se com a poema, viaja-se com o conto.
Senti o perfume, as cores, passeei entre as flores.
Amei!

Bjs no coração!

Nilce

Siala disse...

Que bela maneira de acordar...adorei tanto o poema como o conto! E obrigada rssssssss é que o que eu escrevi escrevi mesmo enquanto acontecia rsssss
Namasté!

Maria Izabel Viégas disse...

Minha linda scritora e poetisa,
Foi uma honra terminar um ciclo dentro da tua blogagem. Já te expliquei. E no meu post falo sobre...

Amigaaaaa, é por isto que acredito no teu sucesso como escritora!
Tens o dom, o talento de captar a realidade e o sonho e transformá-los com a beleza do foco do teu olhar.

Espero fazer o teu mapa, entenderás porque tanta energia transmutadora, tanta paixão! Uma virginiana com Vênus, a afrodite, deusa da beleza, tudo que nos dá prazer, no signo de escorpião!
Um ser que se relaciona apaixonadamente. nada pode ser morno! Tudo ou nada ou tudo!
Amorosamente leonina, meticulosamente no vir a ser virginiano.
precisa analisar todas as minúcias, todos os detalhes.
E expandi-los para todos( brilhando leoninamente) em raios dourados.
Mas, nunca sem apaixão, sem desvendar todos os mistérios e segredos.
Te devo... não me deixa ficar "corcunda" kkk

Lindíssimo post!
Lindíssima Glorinha, que tenho a felicidade de ter como amiga!
Beijos n'alma!

* Maria Edméia * disse...

*Glorinha, bom dia !!! *

*Menina, como você está ?! Tudo

bem ?!

Glorinha, li o poema e o conto

e gostei mais do primeiro ! Aprecio

versos constituídos por uma

palavra ou por poucas palavras !

*Monet é tudo de bom também;

né ?!

*Menina, tenhas uma LINDA

quinta-feira !

*Fiques com Deus.

*Um abraço.

António Rosa disse...

Glorinha,

Cá estou pela segunda vez hoje, pois a chefe tem que saber o que seus seguidores andam a fazer. :)))

Estou a adorar esta partilha que tem sido a bogagem das pinturas. E logo hoje, que na minha editora calhou ser um dia de distribuição e é uma correria, ao ponto de nem sequer ter tempo para responder no meu blogue, nem a emails recebidos. Vou deixar isso para amanhã.

Já vim várias vezes à sua lista de blogues para poder acompanhar quem está no movimento e deixar um comentário. Também tenho cumprido com o que prometi: a minha lista de blogues está a crescer.

Vou continuar com a tarefa.

Até amanhã

António

Violeta Nascimento disse...

Glorinha,
Esta é uma oportunidade que você me dá de conhecer espaços especialissimos e mesmo com participando humildemente me nego a ficar de fora pois aprendo muito com suas blogagens...
um beijo
violeta

Susana Vitorino disse...

Querida Glorinha, conheci seu blog através de António Rosa, esse SER MARAVILHOSO, que qual abelhinha transporta o pólen de flôr em flôr e nos fecunda a todos com conhecimento, amizades, imaginações, ligações... Enfim, uma delícia!

Adorei esta sua iniciativa e MUITO feliz por poder participar nela.

Adorei os seus textos, ambos - o conto e o poema.

E agora vou pousar noutros blogs, devagarinho, com o vagar dos bichos do Outono (aqui em Portugal).

Um grande bem haja*

LUZ e AMOR*

Susana Vitorino

Luma Rosa disse...

Perfeito, mamãe borboleta!! Pois é essa a sensação que temos ao darmos de cara com tantas flores - imagina ao vivo? - vontade de saber voar e poder delicadamente beijar e cheirar flor por flor!
Beijuzinho em tu, florzinha mais delicada do jardim! ;) Beijus,

Lianara **Lia** disse...

Glorinha, querida!

Linda postagem! Você sempre criativa e sem medo de demonstrar os sentimentos que carrega no coração!

Mais uma vez agradeço por poder participar dessa corrente criativa!

Abraços com carinho...
Lia
Blog Reticências...

Manuela Freitas disse...

Olá querida Glorinha,
Li tudo obviamente, podia lá deixar de ler, quando a tua escrita é cheia de surpresas!
No poema revelas a busca de procurar pôr na tela, a obra maior, fascinante e cheia de mistério, que os nossos olhos contemplam! Alguns que parecem eleitos quase que a tocam!!!
O conto cheio de leveza, acaba de uma forma sublime, é impossível não levitar quando o belo quase nos sufoca!
Excelente a tua ideia, pena que eu não ande muito inspirada, mas vamos ver se isto melhora!!!
Muitos beijinhos, amada amiga,
Manú

manuel marques disse...

A vida é como essa tela de Monet
; é o acordar que nos mata ...

Beijinho.

LILIANE disse...

Glorinha
muito gostoso ler o que você escreve.
tudo é suave, doce e aconchegante como a primavera.
O sol fica mais sol e as flores ainda mais flores.
Fica tudo mais rico nesta época.
Desculpa não ter arrumado as letrinhas, eu fiquei de arrumar ontém a noite e fiquei sem internet, só agora consegui arrumar.
beijo grande e muitas flores para você.

welze disse...

não saberia escolher qual ler, então, pelo sim e pelo não, li os dois. Saí ganhando. Duas maravilhas. beijos beijos beijos

pensandoemfamilia disse...

Oi Glorinha
Passei por aqui cedo, antes de ir trabalhar, e percebo que meu comentário não registrou. Mas ainda é tempo.
Adorei os dois pois vido de uma escritora como vc, só poderiam estar exceleste
Obrigada pela excelente idéia, viajei no meu pincel.
bjs

Macá disse...

Glorinha
E você achou que alguém iria fazer isso, ler um e perder toda beleza do outro? Nem pensar! Se você tivesse escrito mais, leríamos também. Temos sede de conhecer o
seu mundo poético.
Imagino que esteja muito feliz heim? Só tenho lido coisas maravilhosas por aqui, e olhe que nem devo estar na metade.
Você acertou mais uma vez. A imaginação, a sensibilidade estão a solta. Parabéns amiga.
beijos

Blue disse...

Oi Glorinha,
Sim, estive em seu Blog a partir de uma indicação da Malu Machado, e gostaria de participar mas somente com imagens de pinturas, desenhos e coisa do gênero pois minha escrita não é uma virtude nata como a de vocês...
Me conte como posso participar!
Beijos,
Blue

xunandinha disse...

GLORINHA ESTOU AQUI A COMENTAR TANTO O TEU CONTO COMO O POEMA, NÃO PODIA DEIXAR DE LER OS DOIS , JÁ POSTEI A BLOGAGEM ,MAS AGORA TENHO QUE IR DESCANSAR POIS CHEGUEI HOJE DA CLININICA,BEIJOCAS

Lúcia Soares disse...

Glorinha, demoro mas chego!
Lindos os 2, o poema e o conto. Fáceis de ler, singelos, delicados, amáveis.
Um encontro de almas com a natureza.
Hoje soltamos a inspiração.
Impossível ficar indiferentes a uma tela de Monet, em sua natureza particular e deslumbrante.
Pena que somos mortais, viu? Imagina poder tê-lo ainda entre nós, trocar ideias com ele, saber o que o moveu a escolher este ou aquele cenário...
Beijo!

Cucchiaio pieno disse...

Querida Glorinha
Que nível! Fiquei encantada com tua sensibilidade. Daria tudo para estar nesse jardim!
Amei os dois, mas o conto me tocou mais.
Bjo grande no teu coração
Léia

Glorinha L de Lion disse...

Rosélia, obrigada por suas belas palavras. Ser, sentir, viver, essas blogagens são isso para mim. Pura inspiração para minha vida. Obrigada, bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Beth, maninha! O Monet que existe em mim, agradece envaidecido. beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Amigo Antônio, muito me agradou sua vinda aqui, mais solto, mais leve. Sinto que algo de bom está a se passar consigo...ou me engano? Obrigada por sua linda participação. Beijos

Glorinha L de Lion disse...

Então tá Alê! Vamos juntos à Giverny! heheh...já pensou como ia ser legal? Obrigada, beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Eliane, agradecida de coração. bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Eliana, obrigada por seu incentivo e carinho. beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Chica, hj o despertar de todos nós foi mais bonito não foi? Obrigada amiga Chica! bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Que peninha Tati, mas deve ser por um bom motivo. Mas a blogagem fica mais triste sem vc minha amiga! Beijos e agradecida!

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Zélia, um elogio vindo de vc é um prêmio minha amiga poetisa!
Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Malu, que linda blogagem essa nossa, não foi? Fico feliz da vida por ver tanta coisa bonita. Obrigada, bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Malu, que linda blogagem essa nossa, não foi? Fico feliz da vida por ver tanta coisa bonita. Obrigada, bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Astrid, amoreco, um dia eu tb vou! Ah se vou! Nossa blogagem foi maravilhosa não foi? Eu amei. Sua participação foi linda. Obrigada e cá entre nós, tb odeio regras...talvez por isso, tenha sido a primeira a burlar as minhas próprias...hehe beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Vice, meu doce, obrigada, que bom que gostou! bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Lu, não vi o seu...vou agorinha mesmo lá, me perdoe querida...tanta gente pra visitar. Obrigada e me perdoe, beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Isa, querida, que beleza de blogagem não foi? Estou exultante de felicidade. Adoro quando dá tudo certo...e sempre dá, né? beijos

Glorinha L de Lion disse...

Xerosa, pois eu adorei o seu! Obrigada por participar comigo mais uma vez! beijo

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Susiley, beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Elaine, sou eu que agradeço. beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Oi Socorro, como disse o amigo Marcelo Dalla, essa blogagem vai render...vai ser muito bom. Obrigada beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Rê, que a inspiração nos alcance nas p´roximas tb! Obrigada beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Thayla, é sempre bom ler elogios. Cada um é único pra mim.Obrigada beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Nilce minha querida, vc tá fazendo falta viu? Obrigada amada, bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Namastê Siala, obrigada por participar. beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Maria Izabel, minha amada amiga: o que eu posso dizer pra vc? Nem sei...só que vou ficar triste por não te ler por um tempo...vc me encanta com teus textos cheios de sabedoria, ensinamentos e amor. Vou deixar que vc me dê meu presente quando achar por bem dá-lo. Embora eu esteja me coçando pra saber, pq vc vai soltando em doses homeopáticas uma coisinha aqui outra ali...fico curiosa...Mas um dia chega a hora do meu presente. Beijos amiga, faça seu tempo ser proveitoso e não nos deixe por muito tempo.

Glorinha L de Lion disse...

Edméia, obrigada por suas palavras de incentivo e apreço. Obrigada. beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Antônio, nunca te vi tão feliz e serelepe! Que bom, amigo! Estou feliz por, de alguma forma tb estar contribuindo para isso. Beijo grande.

Glorinha L de Lion disse...

Violeta, vc conhece aquele ditado que diz: cada um dá o que tem? Pois amiga, o que vc deu foi maravilhoso, pq deu, pq é seu e vc decidiu partilhar. Esse é o grande barato dessas blogagens: a partilha, e pra mim fica sempre um gosto de quero mais. Obrigada, sua participação foi linda sim e única! beijos

Glorinha L de Lion disse...

Susana, obrigada por tb participar dessa blogagem conosco. Tem sido um grande ganho para mim, tanto em afetos, amizades, como em criação e ideias. Agradecida por participar e partilhar. beijo grande.

Glorinha L de Lion disse...

Lumita, se eu sou a flor, vcs são o sol que iluminam a flor e a fazem crescer forte e viçosa. Obrigada amiga por participar comigo dessa nova brincadeira. beijos

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Lia. Minha criatividade cresce na mesma proporção do amor e amizade que recebo aqui no meu Café. beijos

Marli Borges disse...

Olá Glorinha!
Lindo poema e lindo conto. Gostei igualmente dos dois.
Parabéns, pela postagem.
Bjssssssss

Glorinha L de Lion disse...

Minha amada Manu, obrigada por teu comentário, teus elogios e carinho. O que seria de mim sem vcs que fazem a blogosfera fervilhar quando lanço minhas sementes? Graças à vocês, meus amigos, fica tudo mais bonito, cheio de amor a amizade.
Sou eu quem agradeço pela dádiva de ter feito tantos e bons amigos, como tu, aqui nesse mundo que parece virtual, mas é real. Beijos querida!

Glorinha L de Lion disse...

Pois é amigo Manuel, fiquemos então, nos sonhos...beijos

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Liliane! Então tá, vai lá e tira as letrinhas e não se preocupe, coloque a imagem da próxima vez. beijos

Glorinha L de Lion disse...

Minha queridona Welze, obrigada, grande beijo minha amiga amada!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Norma, que bom que todos viajamos nesse pincel que pinta letras...beijo grande

Glorinha L de Lion disse...

Macá, amiga, pois é, graças a vcs essa blogagem começou espetacular desse jeito...imagine o que vem por aí? Vai ser estupendo! Beijo grande querida!

Glorinha L de Lion disse...

Blue, peço que leia as explicações nos posts sobre a blogagem, tá? bj

Glorinha L de Lion disse...

Xunandinha, já fui lá saber de vc, tá? bjs

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada por sua participação Lúcia. beijos.

Glorinha L de Lion disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Glorinha L de Lion disse...

Leinha minha amada! Que bom que gostou!
Monet nem precisa de muito esforço para inspiração,é só olhar que ela vem...beijos e obrigada!

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada tb Marli, bjs

Deia disse...

Glorinha, e dá para fazer essa escolha de Sofia com os seus textos? É claro que li ambos!! Cada um com sua forma, mas sua assinatura intrínseca e cada um deles! Fiquei feliz por você ter reconhecido a pequena homenagem de abertura que lhe fiz lá no Rumo - segui à risca suas orientações e o resultado saiu brejeiro...
Um beijo, Deia

Glorinha L de Lion disse...

Ora Deia querida, sou eu quem agradeço sua linda participação e sua incrível sensibilidade. Vc tb, uma artesã das palavras! beijos.

marcelo dalla disse...

Querida!!!! Eu li os dois, encantei-me com os dois. "Dizem que a poesia está para a prosa assim como o amor está para a amizade. E quem há de negar que esta lhe é superior?"

Coisa mais linda essa iniciativa sua, outra blogagem coletiva que promete. Por enquanto vou acompanhando como expectador. Tá uma loucura boa por aqui. Muito trampo bacana. Tô feliz!!!

grande bjo na minha amiga escritora!!!

Alexandre Júlio disse...

Ói Glorinha,

Que doce que é o teu cantinho, agora até aqui vim encontrar as minhas eternas amigas:

"Atraídas pelo perfume do mel que bailava no ar, abelhas dançarinas voavam, de flor em flor."

Rega o bolo do teu café com o seu nectar e ficará prazeroso, demais, depois vem fazer um voo a meu lado com as águias por companheiras, e tocarás como nunca no algodão das nuvens, Huummmm .....!

Um beijinho com mel, nas alturas, Alex.

orvalho do ceu disse...

Olá, estimada Glorinha
Voltei para lhe falar um pouquinho mais...
Li,agora,a outra parte da sua colaboração:
"Era primavera e o ar estava impregnado de deliciosas fragrâncias".
Aqui em meu quarto... tudo limpinho... e exatamente assim como descreveu tão lindamente...
Hoje meu dia foi estafante... porém, logo pela manhã,aula de pintura... "falamos de vc"...
Pode ficar tranquila que muito bem... rsrsrs...
A professora teve interesse em ver os posts... vou passar-lhe tudo... falamos de Montet... foi um misto de real e virtual... Que interessante foi meu dia!!!
Porém só pude chegar aos colaboradores e amigos dessa sua iniciativa agora há cerca de 1h... já cometei todos os textos que estão na sua página inicial...
Me perdi de tanta formosura... encantada estou com sua iniciativa mais uma vez.
Muito obrigada por nos enobrecer a alam... a blogosfera precisa dessas iniciativas de Paz e Bem...
Tenha uma ótima noite e seja feliz e abençoada.
Muita serenidade... afinal estaremos desfutando da Primavera tão inspiradora nesta sua terceira.
Bjm

Mila Viegas disse...

Claro que li os dois né? rsrsrs... Lindos, inspiradores!

Postei um pouco atrasada, mas postei no prazo. Hoje fiquei enroladinha, mas não deixaria de participar de uma blogagem sua!

beijocas mil..
saudades!

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Imagina!!!!
Li os dois!!! Cansativo nada flor, eu fiquei é viajando neste lindo jardim que descreveu...pude até sentir o perfume...ai Glorinha, vc é demais flor, escreve muitoooo...
Beijinhos.

Flores e Luz.

Mylla Galvão disse...

Glorinha,
Estou com virose e por isso não postei quinta... mas até domingo estarei postando se assim Deus ajudar... E as dores não persistirem mais...

Adorei sua poesia e este é um belíssimo quadro de Monet!


bjo

Glorinha L de Lion disse...

Marecelo querido, já fui lá no seu blog...Tô sentindo um astral pra lá de bom vindo daí...Sucesso meu amigo! beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Amigo Alexandre, fiz como as abelhas e fui lá te ver...mas olhei de baixo que não sou muito de alturas...hehe beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Obrigada Rosélia pelas belas palavras. um lindo fim de semana pra vc tb! bjs

Glorinha L de Lion disse...

Mi, saudades de vc minha filhuxa! Já fui lá te ver. bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Moniquinha, minha deusa linda! Obrigada, já fui lá ler sobre as águas curativas. beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Mylla, tudo bem, foi por uma boa causa, melhoras tá? bj

ManDrag disse...

Amiga!

Li ambos os trabalhos. Gostei particularmente do conto (embora poeta, normalmente não gosto de poemas. rsrsrs). Parabéns! Admiro a tua força e tenacidade. Eu já não consigo desdobrar-me assim em criatividade. Mas sou feliz com o que vou conseguindo produzir, nas minhas limitações.

Acabei de escrever o meu texto para participar, mas como também postei agora, no Confessium, o resto da minha mini-reportagem sobre Teerão só amanhã irei publicar a minha participação na blogagem. Esta semana foi atribulada para mim.
Como já te disse anteriormente se o meu texto estiver fora das regras, por vir atrasado, ignora-o e segue adiante. Regras são regras e eu não gosto de ser a excepção. Amigos como sempre!

Quero também agradecer-te a tua presença e solidariedade no meu momento de dor e também retribuir-te com as minhas condolências para a tua amiga enlutada. As minhas orações estarão também com esses dois irmãos que partiram também.

Um forte abraço

Bombom disse...

Será que alguém, mesmo com pressa, será capaz de ler só um? Não acredito. Como uma tela de um bom pintor é capaz de inspirar uma quantidade tão diversificada de sensações, emoções, sentimentos...
Gostei muito dos dois, do Poema e do Conto, mas talvez mais do Conto por ser mais aprofundado.Parabéns! Bjs. Bombom
(Cheguei há pouco!)