quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Insuportável


Ando assim, insuportável.
Quero tudo pra ontem.
Quero mais.
Quero muito.
Nem eu estou me aguentando.
Nessa espécie de TPM às avessas.
TPM tardia, visto que não há P nem M.
Apenas T...

Porque ando nesse mau humor?
Nessa vontade de coisa nenhuma?
E no entanto, de tudo?
Vontade de que o tempo ande rápido.
Mas também devagar.
Vontade que respostas sejam dadas.
Medo de quais serão elas.

Uma preguiça indizível.
Uma falta de vontade.
Uma vontade de sumir.
E ao mesmo tempo
Uma sofreguidão
Uma ânsia
Uma enormidade
De sentires.

Estou assim, insuportável.
Queria, por uns dias
Apenas não ser.

10 comentários:

Beth/Lilás disse...

Nestes momentos o melhor negócio é buscar a força da natureza, ou seja, pegar sol, abrir as palmas das mãos, deixar os raios entrarem por ali, energizar o corpo com a energia vital que só a natureza pode nos dar.
E pegar exemplos de paciência, diligência, coragem, luta e fé que aqueles 33 homens soterrados há quase 70 dias viveram.
Vamos à luta!
beijinhos cariocas e amassos apertados.

Bordados e Retalhos disse...

Querida, as vezes me sinto assim, talvez em menor proporção mas de qualquer forma, me sinto angustiada e tensa. E isso faz sofrer....ai que coisa ruim, né? Mas vai passar, tenho certeza que vai. Bjs

manuel marques disse...

Isso passa.

Beijo.

Misturação - Ana Karla disse...

As vezes a gente fica assim, querendo mesmo desaparecer de nós mesmas.
Não querendo buscar conforto nas desgraças dos outros, long de mim, mas parando para ver o movimento do mundo, percebemos nossos problemas.

Glorinha saudades daqui.

Xeros

urban.go disse...

Vejo muito de mim em ti! Que engraçado ...
Tem paciência, se fores como eu, por estes dias ficas a saber o porquê desse mal estar, ou então pura e simplesmente ele desaparece tão rápido como chegou.
Toma um sorriso amigo :)

Cantinho da Cê disse...

Boa noite Glorinha,

Acho que a vida é feita de fases e essas fases passam...tudo passa...

Beijos,

Mais Equilibrio disse...

Olá Glorinha

Eu sempre digo quando estou assim, que não escurece mais depois de meia noite.
Então, repito pra mim mesma:
amanhã é outro dia!
E assim vou vivendo, um dia após o outro!

Bjs e coragem!
Eliana

Leila Brasil disse...

Ia falar alguma coisa razoavelmente boa , dar uma força , ou contar para você o que faço quando estou assim. Tem horas que ficamos assim.
Mas , eu fiquei olhando a fotinha do post e achei engraçadinha , comecei a rir . As crianças me fazem rir, me fazem bem e até suas pequenas maldades, teimosias e macaquices.

Vai passar Glória esse momento. Confia em dias melhores
Abraços

Vicentina disse...

Ah! querida todos temos dias assim com calma tudo se normalisa.
Bjs

Manuela Freitas disse...

OLá querida Glorinha,
Este computador anda a tirar-me o juízo, anda com vontade própria, só faz o que lhe apetece!...
Esta tua postagem fez-me lembrar uma canção de um cantor português muito conhecido, de nome José Mário Branco:

Cá dentro inquietação, inquietação
É só inquietação, inquietação ..

Beijinhos, Manú