domingo, 31 de janeiro de 2010

Amigos Que Salvam


O Café com Bolo tem salvo a minha vida!
Digo isso a mim mesma todos os dias...
Alguns poderão me achar idiota ou piegas, outros que sou exibida por mostrar particularidades, contar coisas pessoais e me expor tanto...
Quando escrevo sei que milhares de pessoas mundo afora me lerão, mas, quando conto sobre a minha vida, é como se estivesse tomando um café com amigos, com aqueles bem íntimos, que sabem de tudo sobre a gente...
Por isso, posso dizer com sinceridade: vocês, meus amigos, tem feito minha vida ser mais leve, ficar menos difícil carregar as pedras que tenho carregado, pedras pesadas, que só alguns mais íntimos tem conhecimento ou sensibilidade para sentir o momento que venho atravessando...
Minha vida não tem sido fácil desde o ano passado...e não mergulhei numa depressão, graças a esse blog e ao imenso afeto que tenho recebido, através de comentários ou emails ao longo desses quase 8 meses em que comecei a escrever aqui...
Ontem, por exemplo, foi um dia de extremo sofrimento e dor, passei o dia chorando, e só parei quando fiz o post sobre minha casa e falei de tudo o que ela representa na minha vida.
Isso me deu ânimo, como um sopro de esperança, de vida...compartilhar minha casa com vocês, foi compartilhar também um pouco de esperança de que tudo pode melhorar...
Poucos irão acreditar que estou passando por momentos dificílimos, pois a maioria não desconfia que atrás dessa mulher de fibra, corajosa e bem humorada, que sei, modestamente, que sou, se encontra alguém que tem passado por maus bocados nesse último ano...
Meu amigo Manuel Marques, pessoa de extrema sensibilidade, me escreveu: "Faça-me o favor de ser feliz"...parece que adivinhou o momento e me fez esse pedido...o pedido de um amigo que sente no outro sua fragilidade...
E, todos vocês, que me mandaram comentários carinhosos, elogiosos...que bem que me fizeram e me fazem! Talvez, nem imaginem quanto!
A Léia, minha querida "italianinha", que me telefonou, embora infelizmente, não tenha escutado na hora em que me ligou, só ouvi depois, seu recado na secretária eletrônica...me ligou porque sabe do momento que atravesso...
Então, me desculpem meus amigos, meus companheiros de jornada, mas hoje não responderei a ninguém, amanhã, prometo, irei em todos os blogs, escrever um comentário...
Hoje, só quero dizer a todos, que vocês tem me salvo, tem me dado força e coragem...pois a coragem que sempre tive diante das batalhas da vida, tem me faltado ultimamente...estou cansada, extremamente cansada...e para piorar, minha hérnia de disco na lombar está atacada, então, não posso ficar muito tempo sentada em frente ao computador.
Sei que fases ruins, todos nós temos...todos atravessamos problemas, sejam financeiros, emocionais...e, sempre, por mais que achemos que não, essa fase passará...
Como digo sempre, somos feitos para a felicidade. Felicidade que todos vocês me dão, a cada dia, a cada comentário carinhoso...
Deixo aqui, minha frase de esperança, pra que não pensem que desisti da luta...
Um grande beijo a todos...e até amanhã!
"O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos"



25 comentários:

manuel marques disse...

Eternamente Amigoooooos...



Eu,Manuel Marques, prometo lembrar-me de você, mandar recados na alegria e na tristeza...
Na saúde e na doença até que
OS SISTEMAS DA NET
nos separem !!!
Prometo ainda ,sempre que possa passar por aqui e beber um cafézinho.

Beijos.

Gina disse...

Glorinha,
Estou com um bolo de abóbora assando. Você "passa" um cafezinho pra gente...rs?
Seja o que for que esteja atravessando, esperança é a palavra-chave. Vai passar. Enquanto isso, estou aqui pra te dizer que não deixe essa nuvem cinzenta pairar sobre a sua cabeça muito tempo, tá?
Força!

cantinho she disse...

Queridaaaaaaa! Respeito o seu momento e a sua dor, seja de qual natureza for, mas quero te falar uma coisa...
ISSO TAMBÉM PASSA, ACREDITE!
Beijoooooo e fique com Deus!

Cris França disse...

Tem gente nessa vida que caleja, sofre e fica com a casaca dura.
Mas tem gente que troca a pele, pela sensibilidade, e descobre que não são nossas cascas grossas que nos tornam fortes, mas a fineza de certas peles, que de tão finas que são expõe logo de cara o coração.
Assim, graças a Deus tenho amigos neste mundo bloguístico que são gente finíssima.
Como você querida.
Um abraço bem abertado!

Manuela Freitas disse...

Olá Glorinha,
Este teu post, deixo-me surpreendida, sempre te imaginei por aquilo que escreves, uma pessoa sem problemas. Evidentemente que nestas circunstâncias só temos conhecimento daquilo que as pessoas dizem e é assim que construimos uma imagem de alguém, quantas vezes tão fora da realidade!...
Pelo que dizes estás a atravessar problemas e graves, não sou «cusca» mas terei que te dizer que logo pensei «o quê»!!!! Evidentemente que este modo de contacto é sempre contido e assim deve ser, mas digo-te fiquei triste por ti.
Como tu dizes, problemas todos têm, quem escapa a isso!...O que eu gostaria de coração é que resolvesses os teus e que olhásses a vida com o teu sorriso lindo.
Que mais posso dizer? Que gosto de ti, não sei porquê mas gostei logo, pela tua maneira de pensar, e gostava realmente de ser tua amiga, porque tu és uma pessoa fantástica, que sabe o que quer e por onde deve ir. Não te deixes abater minha amiga do coração.
Um forte abraço e muitos beijinhos,
Manuela

Vice disse...

Querida Glorinha, sabe que este mundo é um mundo de incertesas, sofrimentos e amarguras, mas tem tbm as partes boas e estas somos nós que encarregamos de criar.
Não podemos mesmo desistir de ser felizes, de sermos fortes.
Pela sua casa maravilhosa, pela sua familia maravilhosa por vc que tbm é maravilhosa como disse seu amigo, "faça o favor de ser feliz",
e se depender de nós as amigas virtuais vc será muito feliz porque não vamos te abandonar NUNCA amiga.
E seja o que for vai passar, tenha esperança.
Bjs e Bom final de domingo

Misturação - Ana Karla Tenório disse...

Sei que faço parte desse seu ciclo blogal, sem falar que temos algo em comum: uma hérnia de disco. rs
Tirando isso, esse mundo aqui é especial e uma das coisas que mais me enche de alegria é o carinho e atenção dos que me visitam e você , absolutamente é muito especial.
Um xero grande cheio de progressos.

Suzanna disse...

Bem, vim aki tomar um cafézinho e trouxe bolo, laranja com cobertura de chocolate, gostas?se não podemos trcar...escolha.
Então vamos lá, café bolo e CORAGEM!!!
Coragem, seja lá para o que for usar, quero que tenhas muito, porque não cai uma folha se quer "Que Deus não permita"
Mais café?bolo?
Bjokas
Su

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha vc que ofereu o ombro tantas vezes me perdoe se alguma vez não conseguir perceber a sua fagilidade somente a mulher forte e linda que vc é. Se precisar pode me escrever. Bjs
Giovanna

Graça Pereira disse...

Querida Glorinha
Sei que ás vezes, os problemas (saúde e não só) se abatem sobre a nossa cabeça...mas é preciso recomeçar sempre, como quem levanta as asas pra um novo vôo...Recomeçar, por respeito connosco próprias! Há noites longas...tantas! Mas recomeçar sempre.
De multiplas mortes, as flores constroem a existência para se oferecerem a quem as visita
Purificamo-nos na espera e cingimo-nos de sonhos e de coragem para recomeçar JÁ!
Minha Querida...meu coração para tu chorares e florir de novo!!
Um beijo carinhoso
Graça

calma que estou com pressa disse...

ai Glorinha o teu bog já tem 8 meses - aonde estavamos que não nos descbrimos antes- eu lendo teu post me identifiquei, me emocionei, e eu acho que é bom desabafar - quem está aqui é porque viu algo em ti- e amigos são para ouvir tb- e as nossas fases de tristezas , desesperança da vida - devem servir para nos acordar para depois da tempestade, eu acho que tu tem que sofrer tudo, chorar tudo e como tu mesma disse -fase - e fase passa - a nossa vida muda- como diz uma texto da martha Medeiros - o que mais que ela quer?- é um texto maravilhoso- pq tem gente que pensa -mas ela tem tudo porque tem depressão (eu já ouvi muito isto) e amiga eu cai no fundo do poço da depressão - e quando comecei o blog tb foi prá isto - total falta de motivação lá fora, amigos falsos que rodeavam e eu me tranquei e aqui fiquei- e passou - as vezes fico triste - mas aquela depressão acabou - pois tenho vcs - leio mulheres e homens que sofrem, que choram, que estão felizes, que tem familias...e a gente se sente menos sozinha não é mesmo
aproveita este teu tempo para refletir e retirar as ervas daninhas
e estaremos aqui
bjs

Thaís leão disse...

Oi,Mãe!
Não gosto de te ver assim. Essa semana também foi de matar pra mim. Mas vai passar. Já passamos por coisas piores e vamos superar tudo isso, vc vai ver.
Te amo.
Bjs

jmariakennedy disse...

Glorinha, vc nos comove e nos deixa frustados pq não temos chance de ajudar, não podemos afagar sua mão, só podemos dizer: olha querida, estamos todos aqui, seus amigos viu?
bjsss.......judy

welze disse...

oi flor querida. sei que deveria dizer pra você que tudo passa, mas não vou. o que vou falar é que se está passando por momentos difíceis, eles devem ser de uma grandeza infinita, pois sei que não seria qualquer coisa que abateria tanto uma mulher como você. então o que direi pode soar como cutucar a ferida, mas o propósito não é esse. juro que não. Pare, pense, reflita sobre cada pedacinho do problema, cada minúcia dele. Tem que ter uma explicação. as vezes olhamos do lado errado por isso não achamos explicação. e se não entendemos, fica difícil sabermos contornar. a saída deve estar do outro lado, e se não achar uma saída, me chama, juntas, arranharemos paredes, quebraremos pedras, cavaremos túneis, até vermos a luz do sol,brilhando pra vc. pois é assim que desejo que sejam todos os seus dias. Me chama, me chama que vou. Com relação à sua casa, me passou duas impressões. uma que é uma casa grande, linda, de muito bom gosto. como você mesma diz, parece de revista, outra sensação que tive é que é feita de pequenos cantinhos, e que em cada cantinho, se sente muito bem, muito feliz, bem pertinho dos que queremos por perto. Sem nem precisar falar alto para ser ouvida. Linda demais da conta. Fique em paz.

Fatima disse...

Oh minha querida,
como eu entendo vc!
Tb já fui "salva" muitas vezes pelo meu blog.
Deixo uma música para vc que sempre escuto nos momentos difíceis:

A Cigarra

Composição: Leon Gieco

Tantas vezes me mataram
Tanta vezes eu morri
Mas agora estou aqui
Ressuscitando

Agradeço ao meu destino
E a essa mão com um punhal
Porque me matou tão mal
E eu segui cantando

Cantando ao sol
Como uma cigarra
Depois de um ano embaixo da terra
Igual a um sobrevivente
Regressando da guerra

Tantas vezes me afastaram
Tantas reapareci
E por tudo que vivi
vivi chorando

Mas depois de tanto pranto
Eu aos poucos percebi
Que o meu sonho não tem dono
E segui cantando

Cantando ao sol
Como uma cigarra
Depois de um ano embaixo da terra
Igual a um sobrevivente
Regressando da guerra

Tantas vezes te mataram
Tantas ressuscitarás
Tantas noites passarás
Desesperando

Mas na hora do naufrágio
Na hora da escuridão
Alguém te resgatará
Para ir cantando

Cantando ao sol
Como uma cigarra
Depois de um ano embaixo da terra
Igual a um sobrevivente
Regressando da guerra

Bjs.

Beth/Lilás disse...

Glorinha querida!

Espero que sua noite esteja linda e iluminada por esta lua enorme que vi quando sai do nosso encontro ainda há pouco.
Tenha esperança em dias melhores e conte conosco para quando estiver downzinha.
um super abraço carinhoso e carioca

Violeta Nascimento disse...

Gloria querida,
certamente todos nós temos problemas e mais certo ainda é que fomos feitos para sermos felizes e exatamente por isso sei que seja qual for o seu problema vai ser resolvido e daqui a algum tempo o sol voltará a brilhar no seu sorriso..Fique em paz e saiba que você também,com este blog tem salvo muitas pessoas que infrentam problemas.
beijos
violeta.

Luma Rosa disse...

Glorinha, não podemos imaginar como as pessoas se sentem atrás do ecrã se elas não nos conta e apesar deste 'obstáculo', deste não olhar 'olho no olho', lemos nas entrelinhas e sei, que mesmo sendo essa fortaleça, tem a sensibilidade como uma esponjinha de sobrecarregar suas bases. O blogue te faz desligar daquilo que vem consumindo suas energias e te lembra do doce que pode ser o cotidiano, tanto seu quanto das pessoas que rodam à volta do seu blogue, como planetóides! Somos energia pura e você, faz favor! Tire esse peso dos ombros para que a sua dor lombar seja enviada para as cucuias! Aproveite e respire todo esse ar que agora vem da floresta! Ah, sabe porque está tão sensível também? A Lua Cheia deste mês será a maior de todo o ano de 2010 - http://migre.me/i9FT
Então, só estou querendo te desligar de seus assuntos pessoais :=))) Boa semana! Beijus,

Lucia Cintra disse...

Sabe que eu me sinto da mesmissima maneira? Tem dias que sao dificeis e as amigas blogueiras passando no meu cantinho e me deixando recadinhos, me fazem sentir mil vezes melhor.

Esse carinho eh bom demais! E eu sempre gostei de escrever. Sempre tive agendas desde os 13 anos de idade e delas, passei pro blog. Eh uma otima terapia mesmo, alem do bonus de conhecer pessoas fantasticas como voce!

bjos

Cucchiaio pieno disse...

Querida Glorinha
Chorei ao ler teu post. Você é pura emoção e isto te faz uma grande mulher. O acaso nao existe e é por isso que teve a idéia de criar o "Café com bolo" e cativou tantos amigos.
És muito especial para mim e tenho certeza que iras superar cada dificuldade.

Um abraço bem apertado e até mais tarde.
Léia

Claudia Bins (Cacau) disse...

Oi Querida,

A vida é mesmo assim, feita de momentos bons e ruins. Mas para quem tem amigos verdadeiros, esse deixa sua marca no mundo, e leva o amor no coração como maior recompensa. Levanta, menina, sacode a poeira, e dá a volta por cima. ;-)
Deus dá o frio conforme o cobertor... (tá bom, sei que vc não acredita em Deus, mas pense então no destino, ou na energia que nos move!)

beijo enorme,

Cacau

Austeriana disse...

Glorinha,
Tudo passa e poucas são as coisas sem remédio. Por outro lado, o tempo faz sarar muita coisa: seja o que for que tenha acontecido, há que dar tempo ao tempo.

Um abraço solidário e força!

Dan disse...

Oi Glorinha,

Também tenho passado por dificuldades extremas e também como você tenho um blog para me aliviar, mas o mais importante é sempre continuar nunca desistir.
Não se sinta nem idiota nem piegas, temos e precisamos de agarrar a alguma coisa e nós sentir livres para criar. A criatividade nós salva sempre. Pessoas normais tem momentos de tristezas e alegrias, sofrem e estabelecem uma relação com o mundo. Sempre em frente, sempre continuando.

Abraços e beijos.

Mila Viegas disse...

Fique bem, Glorinha!

Realmente o blog ajuda muito em muitas situações que enfrentamos no dia-a-dia. É impressionante! Se não são os comentários dos amigos são seus posts inspiradores ou engraçados, enfim... o universo blogueiro (obviamente com blogueiros de boa fé) acaba sendo importante na nossa vida, pois criamos um vínculo com o mundo inteiro e compartilhamos um pouquinho de nós através de imagens e palavras.

Beijocas

Amara e Rozani Pereira disse...

Oi Glorinha!
Nossa, fiquei muito preocupada com o que vc disse.Se vc quiser falar ou puder falar o que está acontecendo vc sabe meu e-mail.É só mandar um e-mail que eu te dou meu telefone que agente conversa.Ah, mais eu acho que vc tem meu telefone. Se ñ tiver é só mandar um e-mail.Espero que vc melhore e ñ se deixe abater.Porque estamos aqui todos os dias esperando vc escrever coisas maravilhosas!
Bjs