quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Pobre Haiti...

Amigos, há tempos planejava escrever algo sobre o Haiti, sobre a miséria que me chocou ao ver um programa na Tv, sobre as forças de Paz Brasileiras que estão lá há seis anos, devolvendo um pouco de amor próprio a um povo tão sofrido, ao país mais pobre das Américas...Pobre no sentido mais miserável, bárbaro e cruel da pobreza...
Miséria absoluta...Onde as mães, não tendo comida para dar aos seus filhos, fazem o "té", biscoito de barro, com água, óleo e sal, quando o tem...
Eu vi, e chorei muito...os bebes, mal caminhando sobre as perninhas, com suas imensas barrigas, recheadas de vermes, narizinho escorrendo catarro, comendo aquele biscoito de lama, de terra!
Brincando nuas, no meio de valas negras, com ratos e bichos mortos...e elas ali, com sua pureza de crianças, no meio da podridão de dejetos...com suas bundinhas sentadas no esgoto!
Eu, confesso, nunca havia visto uma coisa igual...minhas lágrimas correm agora, pelo pobre Haiti, devastado por um terremoto que destruiu o pouco que restava de humanidade naquele país...
E, mais triste ainda fiquei ao saber da morte da médica Zilda Arns, um verdadeiro anjo na Terra, a mentora da Pastoral da Criança, que tantas vidas tem salvo aqui, no Brasil, tentando, imagino com que dificuldades, salvar mais crianças da miséria e da fome no Haiti...Justamente ela, estava lá, nesse momento...e junto com ela, morreram alguns brasileiros da Força de Paz...


Um país devastado, cujas florestas praticamente não existem mais, espoliado por sucessivas guerras, ditadores, opressão...O Exército Brasileiro, a Força de Paz da ONU, devolveu um pouco de serenidade ao país, acabando com a luta entre as facções opositoras, dando um pouco de dignidade às pessoas, distribuindo comida, água, ensinando capoeira e futebol às crianças, fazendo um trabalho de resgate da auto estima a um povo sem nada. Não resolvia os gigantescos problemas, mas minimizava, dava um pouco que fosse, de esperança...
Agora, vem esse terremoto que arrasou o que restava, o pouco que tinham...começar de onde?
Há alguma maneira de um país já tão castigado, renascer das, literalmente, cinzas e lama?
E ainda há gente que tem fé... Fé em que?
Depois de ter visto aqueles bebês comendo terra, no colo de mães desesperadas por não ter o que dar de comer à sua meia dúzias de filhos...minha esperança caiu por terra...
Esperança? Essa palavra não existe no dicionário de lá...
Haiti... se há inferno, o inferno é lá.



9 comentários:

Austeriana disse...

Devastador... E os haitianos têm sido reiteradamente massacrados...
Parece que a ajuda está já a chegar. Esperemos que não tarde...
Abraço.

Cibele disse...

Que tristeza aquele povo né? e as vezes eu reclamo, ai que maravilha é a nossa vida não é?

beijos

jmariakennedy disse...

querem saber o q acho? se os seres humanos desse planeta não se apiedam desses países miseráveis Deus resolveu aliviar o sofrimento de uns tantos q já estavam no limite de tanto sofrimento. Reconstruir o que? Continuar na miséria e na ignorância, gerando mais e mais crianças num lugar tão esquecido? Pobre de quem sobreviveu pq esses não teem nenhuma esperança de dias melhores...

Beth/Lilás disse...

Pois é, amiga,
parece que Deus esqueceu daquele povo, daquele país, definitivamente.
Também fiquei chocada com a morte da dra.Zilda Arns e com as cenas tristes que vi ainda há pouco num site sobre o trágico acontecimento.
Glorinha, você como eu, podemos até não acreditar neste Deus em que todos creem, mas temos uma coisa especial que é a compaixão, acho isso muito mais importante do que crer se existe ou não um deus, sabia!
beijos cariocas

Manuela Freitas disse...

Glorinha,
Aquilo que escreves, dessa forma tão realista é deveras chocante, parece que miséria puxa miséria!...Foi uma tragédia impressionante, nem há palavras!...Uma tragédia que vai continuar...
Bjs,
Manuela

cantinho she disse...

...realmente é tudo muito triste...

Paula Pacheco disse...

Glorinha lendo este post quase choro, que arrepio, muita pobreza...e parece que desgraça acontece sobre desgraça neste país...quequeéisooooo??? Oh Deus, ilumina esta país. Ontem vi os soldados do Brasil fazendo o lado social cortando cabelo etc...jogando bola com todos eles, muito comovente, será que um dia isso tudo muda? Espero que não demore...
bjs
Paula

Cucchiaio pieno disse...

Amiga, estava completamente fora de orbita e so' soube hoje do terremoto! Fiquei chocada. O que esta' acontecendo com nosso planeta?!

Um forte abraço
Léia

Silvana disse...

Que tristeza não?

É quase inacreditável que aquele povo não tenha sossego!!

tem sempre uma desgraça rondando aquele país...

Preciso fazer uma posatgem sobre o Haiti...