quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

"Todo Menino É Um Rei"


Esse menino, de uns 8 anos, magrinho, que foi salvo ontem, depois de 8 dias debaixo dos escombros, se chama Kiki.
Uma das mais belas imagens que vi nos últimos tempos!
Apesar de toda a tristeza e desolação da cena, esse menino de quem eu falo, foi retirado por bombeiros americanos, e ao perceber que estava salvo, abriu seus bracinhos magros tal qual um Cristo-criança e o mais largo e contagiante sorriso de felicidade.
Ele era um Rei, derrotara a morte!
Todos os bombeiros aplaudiram, o homem que o segurou no colo o abraçou...todos, igualmente comovidos com sua força, sua alegria de criança, seus braços abertos como quem dizia: Estou aqui, sobrevivi! Sou um vencedor, um guerreiro!
Impossível não se comover com essa cena, foi talvez, entre todas as imagens tenebrosas que temos visto nesses últimos dias, a mais emocionante, pois pulsante de vida e de esperança.
Que alegria, paz e vida digna, sejam palavras sempre presentes para esse Menino-Rei que eu vi renascer da morte.
P.S.- Meu agradecimento ao amigo Manuel Marques por ter me dito onde achar a foto, que havia procurado e net e não tinha achado.



12 comentários:

Cibele disse...

Amiga que triste e emocionante ao mesmo tempos né!?
fiquei chocada e com muitas lágrimas nos olhos.

Obrigada pelo selo aos pouco coloco todos em dia.

Beijos

welze disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
manuel marques disse...

Vi a imagem ontem na tv ,é deveras comovente, mas ao mesmo tempo ,de uma alegria contagiante...

Beijos.

Manuela Freitas disse...

Eu por acaso vi esse menino, digo por acaso, porque não tenho visto muito a parte informativa sobre o Haiti, a comunicação social enoja-me! Como se pode estar com as câmaras de filmar e os locutores em cima de tudo? Só estorvam!...Entram nos sítios onde estão os feridos e perguntam «como estão»! Filmam mortes, crianças...é necessário? Eu considero que a dor dos que estão feridos e dos que choram os seus mortos, deve ser respeitada.
É muito cruel este mundo e eu hoje estou assim com uma «senhora neura» e nem sei por quê!...
Bjs no coração,
Manuela

Austeriana disse...

É sempre uma alegria indescritível podermos verificar que mais uma vida foi salva e dar conta da capacidade de resistência humana. São momentos inesquecíveis.
Entretanto, e infelizmente, também já existem políticos idiotas a tecer comentários (também eles idiotas) sobre a ajuda americana no Haiti. Do meu ponto de vista, em primeiro lugar,há que salvar e cuidar das pessoas e ainda bem que os EUA se mecheram. As N. Unidas ficaram a pensar... e, nestes casos, como muito bem refere a canção de Chico Buarque "...aja duas vezes antes de pensar".
Abraço.

Rachel disse...

Glorinha, a coisa de meia hora vi a imagem que você relatou e fiquei emocionada com a beleza da cena dentro de um quadro tão feio.
Chorei, por aqueles que estão lá por baixo e não voltam mais, mas também pelo garotinho que na sua inocência de criança não tem consciência daquilo que nos ensinou hoje!
Bjuss!!!

Cris França disse...

Glorinha,tenho chorado em frente a TV ao ver tudo o que esta acontecendo por lá.
Nem de penso a gente consegue simular, a dor, o medo, o desespero, as perdas, e as vidas, que ruiram junto neste terremoto.
Venho as notícias, me doem na alma.
Imagina um corpo embaixo dos escombros, a dias, sem comer, sem beber, fazendo o que precisa fazer nas calças, ferido, eu reço, aqui, eu peço, que os anjos que sustentam as vigas sobre essas pessoas, consigam chamar logo os bombeiros,ou se não for possível, que descansem em paz logo, é muito sofrimento Glorinha, muito sofrimento...perderam tudo, crianças solitarias sem seus pais, pais que perderam seus filhos, gente que perdeu o pouco que tinha, almas que vagueiam pelos escombros perdidas, me doe, doe muito, doe profundamente querida, que haja luz, que haja esperança, e principalmente que hajam mais corações fortes o suficiente para sobreviver a tudo isso e juntar os cacos depois. bjs

Fatima disse...

Falar o que depois deste comentário da Cris né!
Bjs.

Fê França disse...

Emocionante!
Devemos nos prender agora aos salvamentos e alegrias em vez de só pensar nas tragédias (que não fazem bem a ninguém). Grande guerreiro esse menino!
Beijos, Fernanda.

Beth/Lilás disse...

É mesmo meninas, quanta força este menino esquálido demonstra!
Somos verdadeiramente uns felizardos por estarmos longe dessas barbaridades.
bjs cariocas

cantinho she disse...

Oi minha querida!
Também achei sensacional e emocionante...esse é um dos verdadeiros heróis-sobreviventes!
Beijoooo

Jussara Gehrke disse...

Glorinha,

realmente esta imagem eu guardei bem porque foi de tamanha emoção ver aquela pessoinha tão feliz!

mas vi notícia de que Kiki e sua família estão sem comida, é desesperadora a situação de um país que já perdeu 150 mil pessoas e tem outras tantas mais doentes.

mas Kiki há de sobreviver a tudo isso e vir um dia contar sua história vitoriosa, estou aqui torcendo por ele e todas as crianças do Haiti.

bjs
Juju