quinta-feira, 29 de abril de 2010

Mandalas...



Hoje vou pegar carona no blog do querido Marcelo Dalla...
Ele hoje fez um post lindo sobre as mandalas...ele entende do assunto, eu não, mas tive uma intuição quando fiz um comentário para ele e me deu vontade de explorar esse tema aqui. Espero que o Marcelo não fique chateado comigo por pegar essa caroninha básica no tema....
Eu sempre adorei mandalas...acho lindo...e desde pequena gosto de desenhar, sem saber que eram mandalas...e, ainda hoje, rabisco algumas... aí comecei a pensar que quase tudo o que a gente olha tem uma mandala...e até o que não se vê...

O cerne de uma árvore, suas várias camadas, onde cada uma tem uma idade e a partir disso se pode dizer a idade de uma árvore..se tem mil anos ou dez mil...

Nós, os seres humanos...não somos uma mandala ambulante? Sangue, ossos, músculos, gordura, camadas de pele...uma sobreposta à outra...uma mandala...
Uma pele de onça...não é formada por pequenas mandalas?
Nossa impressão digital...é uma mandala...flocos de neve, flores...
Comecei a pensar nisso e é realmente fantástico...Uma vez li em algum lugar que o centro de uma mandala representa o divino.
Um girassol é uma mandala...uma rosa é uma mandala...o Sol é uma mandala...a Terra...

Enfim, se começamos a pensar, as mínimas coisas possuem ou são uma mandala.
Eu nem sei porque resolvi falar sobre isso..deve ser minha porção esotérica, debaixo de minhas várias camadas, que nem eu mesma sei que existe...

Mas achei tão bonito começar a ver mandalas por aí em tudo o que existe....

Acho que cheguei a uma conclusão: a vida nada mais é do que uma mandala....círculos e círculos, camadas sobre camadas...um após o outro....fases boas, fases ruins, um dia felizes, noutros tristes....mas no meio disso tudo, nosso âmago, nosso cerne está lá, íntegro, talvez divino, talvez humano, mas intacto...pois o que somos lá no fundo, permanece imutável e é ele quem nos faz ser quem somos....pequenos deuses ou demônios sem qualquer noção do poder que temos.

43 comentários:

Manuela Freitas disse...

Olá Querida Glorinha,
Já troquei impressões com o Marcelo, eu nem sabia o que eram mandalas! Cientificamente parece que são fractais.
De facto é muito bonito e tudo aquilo que dizes, tens realmente em ti algo de exoterismo!...
Muitos beijinhos,
Manú

Mari disse...

Oi, Glorinha! Vim aqui pelo blog da Beth- mãe gaia.

Grande idéia essa de postar sobre as cores. Sou nova na blogosfera mas peço licença pra participar.

De mandalas tb não entendo, sei que como artigos de decoração me parecem bem bonitas...

Já estou te seguindo! Bjs

Cucchiaio pieno disse...

Querida Glorinha
Amo mandalas, também adoro pinta-las - tenho muitas.

Também irei começar a observar as mandalas que me cercam, adorei a idéia! Ja' tenho mania de ver as tonanidades de cores em tudo!

Mil beijos
Léia

Astrid Annabelle disse...

Glorinha:
Porque tudo faz parte da Geometria Sagrada....
Lindo post.
Beijo
Astrid Annabelle

marcelo dalla disse...

Uau!!!! Que maravilhoso querida! Não imagina como fiquei feliz ao ver que inspirei em vc essas reflexões, vc criou um post maravilhoso.

Pois pode pergar quantas caronas quiser, eu tb faço isso de vez em quando... rsrsrsrs

E chegamos a esta conclusão: O UNIVERSO é uma grande mandala!!!!!!!!!!

bjos do amigo

manuel marques disse...

Os monges budistas fazem mandalas de sal colorido que é um trabalho espectacular.


Beijo.

Glorinha L de Lion disse...

Oi Manu, pois não é querida, que ainda acabo esotérica? Sei lá de onde tiro essas coisas...
Bjs

Glorinha L de Lion disse...

Oi Mari, seja muito benvinda!
Amiga da minha web mana é minha tb!
Claro que pode participar..vai lá nos tags sobre blogagem colorida que vc vai ver como é....pena que só faltam 3...snif...
Mas vem outra por aí...e olha, fui lá no seu blog, mas a porcaria do lugar pra comentar não abre de jeito nenhum...às vezes a net torra a paciência...
Beijinhos, vou tentar de novo...

Glorinha L de Lion disse...

Leinha, minha amada querida idolatrada, salve, salve!
Que bom te ver aqui, linda!
Viu como até nisso temos sintonia...até hoje quando falo ao telefone, fico rabiscando mandalinhas...mania que tenho desde criança...
Beijos amore mio!

Glorinha L de Lion disse...

Astrid querida, dessa parte já não sei...visto que...vc sabe... mas que somos um pouco duses, isso somos...eu acho...rsrs...sei lá...sou um ponto de interrogação ambulante...tenha paciência com essa pobre criatura descrente...
Beijos amada!

Glorinha L de Lion disse...

Uhu!!!! Marcelo!!!! Que bom que gostou...modestamente confesso que adorei falar sobre isso rsrsrs...e com o seu aval é pra sair dando pinotes de alegria! obrigada amigo!
beijos.

Glorinha L de Lion disse...

É mesmo Manuel meu amigo e depois eles desmancham tudo para mostrar como a vida é mutável...coisas de monges budistas e sua infinita paciência e sabedoria...
Beijão

Mila Viegas disse...

Estamos em sintonia! Mandala é algo que gosto muito e sempre as estou estudando, desenhando, pintando (sozinha ou com a família).

beijocas

Lu Souza disse...

Nossa Glorinha, não é que é mesmo? rsrs. Ficou tão lindo sua reflexão sobre as mandalas e a vida!
Olha que achei no site Mundo das Mandalas:

Mandala é círculo mágico;
Mandala é ponte para dimensões superiores;
Mandala é caminho a percorrer;
Mandala nos revela nosso Eu;
Mandala nos leva ao nosso centro;
Mandala nos leva a nossa Essência;
Mandala nos leva a Fonte Divina;
Mandala é energia e movimento;
Mandala é totalidade, integração e harmonia;
Mandala é o começo, o percorrer, o fim e o começo;
Mandala é morte e renascimento!

Super beijo!

Glorinha L de Lion disse...

Mila, que legal isso...sintonia pura! e a blogagem vai bombar ein miguxa?

Lu..viu, fez efeito não fez? Lindo o que vc achou...tem tudo a ver com o que escrevi hoje...complementou o post.
Super beijo pra vc tb!

cantinho she disse...

Lindonaaaaaaaaaaaaaa amei o seu post! Menina nunca tinha reparado isso? Que loucura vc tem toda razão, tudo tem mandala, e qto ao Marcelo eu amo os posts dele, tô indo lá agora mesmo!
Beijoooooooooooooooooooo!

Tati Pastorello disse...

Glorinha querida, quantas palavras... que felicidade você me deu! Ainda não tinha vindo por que hoje o dia está uma loucura, mas quero te agradecer tanto carinho. Não li sua postagem da mandala ainda e volto mais tarde para fazê-lo com calma. Queria apenas agradecer. Às vezes, sem imaginar, fazemos uma pessoa feliz (ou triste). Beijos e mais uma vez obrigada.

Glorinha L de Lion disse...

É She...é uma loucura mesmo...podia até entrar na próxima blogagem coletiva...olhos de ver....é só começar que não para mais...muito legal...ai como amo a vida!
Beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Eu te dei felicidade? Você foi quem me deu...eu amei tudo o que li...tudo!!!! Menina te descobri ontem...via sempre seus coments e jurava que já tinho ido no seu blog...será que fui??// Sei lá ando tão doida...faço comida e blogo, passo aspirador na casa e blogo mais um cadinho...estou assim sem nenhum ajudante dos serviços domésticos e quero passar o dia na internet...pois minha vida é escrever.. é disso que gosto....detesto serviços domésticos....porque além de asma tenho mil problemas na coluna ah e, não gosto mesmo....hoje ainda vou fazer pão...agora dei pra isso...coisas de glorinha...rsrs
Beijos minha linda!

Tati Pastorello disse...

Agora eu que voltei com calma e também não me arrependo! Que barato pensar na vida como mandalas. Ah, vou pensar mais e mais e também quero escrever sobre isso algum dia. Nunca tinha pensado desta forma, mas fez muito sentido. Somos camadas sobre camadas. Na época da escolinha de médiuns a gente aprendia algo assim sobre nossos corpos, espírito, perispírito, corpo etéreo, carnal, mental... Uma porção de camadas, uma analogia com a cebola... Lembrei disso agora (tinha me esquecido)
Tudo isso nos faz divinos! Beijos.

Dani Etoile disse...

Adorei o post e suas conexões! Vc é mesmo fantástica! Amei seu comentário no meu blog, morri de rir!
beijo,
Dani

Lianara **Lia** disse...

Oi Glorinha!!

Lindo Post!

Como diria Raul Seixas... "é o início, o fim e o meio"!

Perfeito para definir a mandala não acha?

Beijos

Lia♥

Blog Reticências...

Mila Viegas disse...

Eu acho que vai bombar mesmo.. rsrsrs!!!

Kamyla disse...

Obrigada por dividir conosco seus pensamentos exotéricos!!!!!
Achei a cara da minha mãe...ela ama mandalas...tem uma grande na parede da nossa sala, ou melhor, da sala dela...ai que saudade!!!!!
Bjossssssssssss

Glorinha L de Lion disse...

Dani, que que foi aquele teu post menina do céu? Tanta coisa maravilhosa...que lugar é esse?
Eu é que me divirto sempre te visitando..dou boas risadas...beijos.

Glorinha L de Lion disse...

Meu marido tb é médium, casado com uma total atéia...que de quando em vez, dá umas escorregadas pelo esotérico...adoro....signos, mandalas e que tais...se acredito? Não sei...só sei que nada sei...mas adoro furungar essas coisas...
Beijo.

Glorinha L de Lion disse...

Oi Lianara, já tentei entrar no seu blog e não consegui..dizia que era só pra convidados...vou tentar ir lá de novo... agora com o nome do blog talvez fique mais fácil...E é verdade a frase do Raul ....somos isso mesmo...uma metamorfose ambulante...beijos

Milinha, tá todo mundo animadíssimo, inclusive euzinha!Bjs

Glorinha L de Lion disse...

Kamyla...lembrei sua mãe? que bom...descobri isso hoje e achei lgal escrever sobre o assunto...que bom que gostou.
Beijos.

Junia Ansaloni disse...

Glorinha querida, vai me perdoando pela falta de tempo...Mas a minha reforma ta acabando...hahahaha, adorei o post !!! Bjim e òtimo final de semana !!!

Espaço Clarear disse...

Querida Glorinha você realmente estava muito inspirada, seu post esta fantático. A associação que você fez das mandalas com aspectos simples da vida é interessantíssima, nunca havia reparado, e agora tudo me chama a atenção, fico vendo Mandala em tudo... e não é que faz sentido.
Beijos, Clarice.

Françoise disse...

Glorinha mocinha,
Você é muito espertinha,
Me faz refletir na vida
Tirando minhas feridas.
Sou grata a você
pela blogagem coletiva
pois é ela que me faz viva!
Aprendi a olhar
a amar
a observar o pequeno
e o simples da vida.
Veja você,
me fazer pensar em mandalas,
eu que estava tão desacreditada??
Obrigada amiga,
por me mostrar a beleza da vida!

Bjocas,
Fran

Eliane disse...

OI bom dia Glorinha, sempre vi as mandalas acho, bonito mas nuca parei pra pensar direito nelas, até agora. Como vc mesma me disse blog é cultura Aprendi mais uma novidade na minha vida. Um beijo e bom fim de semana.

Glorinha L de Lion disse...

Junia, reforma é fogo...parece que não acaba nunca, mas no fim compensa ver tudo novinho ...mas, volta logo, viu? Bjs

Glorinha L de Lion disse...

Oi Clarice, obrigada pelos elogios...assim fico mais metida do que já me acham...rsrssrs....adorei fazer esse post....foi uma constatação depois de ler o Marcelo Dalla e pensar...pensar é sempre bom!
Bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Françoise, vc me emocionou com esse poema...menina, vc tb tem veia de poeta...fico tão feliz por estar despertando isso nas pessoas...todo mundo tem esse olhar, basta acordá-lo.
Obrigada amiga, sou grata por ter te conhecido, pessoinha maravilhosa!
Bjs

Glorinha L de Lion disse...

Eliane, que isso, menina..não ensino nada aqui não...vcs é que me ensinam todos os dias a força da amizade e do afeto... obrigada,
bjs.

efeitoseconceitos disse...

Glorinha querida!
Obrigada pelo carinho e pelas palavras...Sabe, adorei aquilo que escreveu: "todos somos bipolares, em maior ou menor grau".É a mais pura verdade! Se a vida é cíclica nós também somos, né?!
Quanto às mandalas, assim como você, eu sempre gostei demais delas. Já tive uma, bem grande, na sala de estar. Acho que eu só não tinha reparado ainda como elas estão em todas as coisas como você nos mostrou aqui .
Beijos mil
Yoyo

Vivi disse...

Oiiiiiiiiiiiiiii
Uau!!!!!!! muito lindo seu post!!!!sabe maninha...depois que o li..fico vendo mandalas por todo lugar!!! rsrs
desculpe vir aqui tão depois q vc postou..mas esses dias quem tava down um pouquinho era eu...mas td bem... nuvem passageira ..rsrs..e já mandei pra pqp rsrsr
e vamos em frente...e vendo mandalas né minha linda!
ótimooooooooo final de semana para vcs
com muito carinho
bjs

Glorinha L de Lion disse...

Oi Yoyo, é isso menina, bola pra frente! Somos todos mesmo bipolares...e com a idade vai piorando...eu agora ando assim...dias bons, dias ruins...e vamos vivendo e aprendendo umas com as outras...Bjs.

Glorinha L de Lion disse...

Vivi...minha maninha...nem é bom falar, mas essa semana estou bem, felizinha, embora tudo continue na mesma...sou assim agora, bipolar ...de repente vem a nuvem negra em cima da cabeça e haja raios e trovões....mas é assim, vc com esse astral maravilhoso saber se sair bem das situações....
Beijos amore!

Ciene disse...

Oi Glorinha

Muito interessante este olhar sobre as mandalas, nunca tinha notado como elas estão em tooooodos os lugares (tb tenho mania de ficar rabiscando mandalas...e nem sabia disso, kkk)...aí fiquei pensando sobre o último trecho do teu post sobre o nosso âmago imutável...como psicanalista em formação discordei um pouco disso...mas acho que é um ótimo tema pra um post, rsss
Vou amadurecer a idéia e ver no que dá.

Um fim de semana maravilhoso pra você

beijinho no core

Beth/Lilás disse...

Web-mana,
Que coisa esta conexão que tenho que ter contigo, mesmo estando onde estou neste momento, mas fica difícil não vir a este teu pedacinho virtual.
Olha, achei o máximo esse negócio de ver mandalas pela aí!
Eu vou, inclusive, tentar fotografar algumas que eu visualizar amanhã, quem sabe faço um post do post do post do post. hehhe
A-do-rei!
beijinhos da serra

Blog do Beagle disse...

LIndas mandalas. Delicia de texto. Elza