domingo, 1 de agosto de 2010

Dia do Orgasmo? Update SOS


Foto Bruno Abreu

Descobri que hoje é dia do orgasmo....
Precisa de um dia dedicado a isso?
Fiquei refletindo sobre o tema e pensei nas milhares de mulheres que ainda hoje não conhecem seu corpo e não sabem como ter prazer com seus parceiros, parceiras ou mesmo sozinhas.
Acho isso tão triste...Passar a vida toda, a única que temos, se encolhendo, se negando, por vergonha, imposições religiosas, problemas de ordem emocional ou psicológica.
Acho incrível que ainda hoje, em pleno século 21, depois da emancipação feminina, queimas de sutiãs em praça pública, ainda se precise falar nesse assunto como se fosse um tabu.
Que ainda existam, em nossa cultura ocidental, mulheres que não podem olhar seu sexo, saber como é, como poderiam chegar ao orgasmo, como fazer para que sintam prazer.
Não vou entrar nem tocar na questão religiosa, que acho que é o motivo principal de tanta castração (no sentido psicológico) feminina. Tanta culpa nos enfiam desde que nascemos, que algumas levam isso a sério e se travam na hora do amor. Existe até uma doença, de cunho psíquico, chamada vaginismo, em que a mulher é tão travada, tão trancada, que é quase como se sua vagina fosse fechada, lacrada. Dói tanto fazer amor, que elas param de fazer sexo com os parceiros.
Foto Carlos Tavares


Hoje, eu queria fazer um pedido às mulheres que me lêem, de todas as faixas etárias, que passam por esse tipo de problema: Procurem ajuda. Seja de um psicólogo, um médico, uma amiga. Às vezes, se abrir, contar, dividir com outra mulher suas dúvidas, suas dificuldades, ajuda muito.
Quem nunca olhou seu sexo num espelho, faça isso hoje. Vai achar feio, como eu acho, mas vai saber, conhecer cada parte do seu corpo. Se toque, sinta onde é mais gostoso se tocar. Diga ao seu parceiro onde é melhor, como gosta mais.
Foto Manuel Fernandes


Quem não tem problemas sexuais, quem é desencanada com seu sexo, não imagina como existem mulheres que não se realizam, que não se permitem ser felizes na cama. Que sequer sabem como funciona sua vagina, seu clitóris. Por incrível que pareça, pode ser sua amiga, sua mãe, sua vizinha do lado. Elas existem e são muitas.

Espero que esse meu post ajude pelo menos uma. Uma mulher que seja, a se descobrir e se permitir.
Se eu conseguir isso com minhas palavras e meu sincero desejo de que sejam felizes no sexo, sentirei ter cumprido mais uma missão com meu blog.
E que em breve, não precisemos mais de Dia Internacional da Mulher e, muito menos, Dia do Orgasmo.
Sejam felizes! Viva a Vida!

Update: Sem querer apaguei vários coments. Tinha um repetido e fui recusar, só que já tinha clicado em vários...acabei recusando tudo...buáaaaaa...alguém sabe como fazer pra recuperá-los?

24 comentários:

Kamyla disse...

Glorinha, parabéns pelo post!!!
E eu tb não existia um dia dedicado ao orgasmo,rsrsrsrsr.
Bjossssssssssssssssss

Macá disse...

Glorinha
Nem sabia que tinha esse dia. Bobeira não?
Bom, mas já que existe estou pensando em comemorar. Você também?
beijos

Mari disse...

É, pra mim tb é novidade esse dia.

Não tem nada melhor que fazer amor com alguém que nos respeite, nos conheça e queira nos dar prazer. A mulher precisa mesmo se conhecer pra isso. Ela tb deve ter o direito ao prazer como o homem.

O homem pode tudo,desde o início dos tempos, mas a mulher não. Essa desigualdade entre homem e mulher, que está sendo superada mt vagarosamente, ainda se reflete nos dias de hoje.

Estamos no século 21, ainda nos seus primórdios,acompanhando um momento de progresso tecnológico-científico, mas por outro lado a sociedade parece andar à passos de tartaruga para alcançar o seu próprio progresso.

Meru Sâmi disse...

Você tem razão, muitas mulheres têm uma atitude imatura nesse setor. Falam com desenvoltura sobre gravidez, parto, cólicas menstruais, etc., ou seja, tudo o que a reduz a uma mera reprodutora, pois quando se toca no assunto sexo, fecham-se como se sofressem uma invasão, no mínimo bisbilhoteira!
Eu tenho muita pena da Mulher. Ela, por receber tanta castração, oscila de um extremo ao outro e, poucas são as que conseguem um equilibrio saudável para si.
Parabens por abordar um assunto que, por incrível que pareça, é muito comum em pleno século 21.
Tomara que seu texto, realmente ajude, umazinha que seja!


Beijos...

alessandra disse...

Olá tudo bem venha dar uma espiadela no blog tem varias indicações de
Sorteios por lá
WWW.vivendoartes-aleartes.blogspot.com

Cris França disse...

ah querida, dia do orgasmo??? essa é boa.

veja , no dia das mães damos flores para mãe
dia dos pais, presente pros pais
dia doa namorados, para os namorados

todos para mim tem em si um gesto de amor e de carinho

mas dia do orgasmo???? ah fala sério.

como se a gente tivesse data para ter prazer...

prazer como vc colocou muito bem é uma conquista e a gente precisa de coragem para se dar algum nessa vida.

bjs querida

Bordados e Retalhos disse...

Glorinha acho maravilhoso que se fale sobre esse assunto. Imagina vc que eu tive menopausa precoce com 34 anos.Os problemas foram muitos mas vê se eu iria me trancar e acabar meu casamento por isso. Fui a luta e hoje faço reposição hormonal e me sinto melhor. Acho que nós mulheres merecemos conversar sobre isso e nos conhecer como (corpo e cabeça) para sermos felizes plenamente. Não vejo como se feliz pela metade. Bjs querida.

Tati Pastorello disse...

Oi Glorinha, concordo com você que é uma pena que seja necessário um dia dedicado a isso. Estas datas só acontecem quando algo não vai bem. Amar-se é algo tão bom. E quando você toca num assunto como esse... cadê os comentários? As pessoas tem vergonha até de falar no assunto? Fico pasma de ver... QUe esta realidade mude, que as pessoas sejam capazes de ver o sexo como algo natural, inerente à vida, uma troca de energia saudável e feliz. Que mais mulheres sejam capazes de conhecer seus corpos. E que os homens também sejam capazes de conhecerem-se, de conhecer suas parceiras, de entender que orgasmo é diferente de ejaculação, e possam usufruir melhor de suas relações! Um grande beijo.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Ehhh Glorinha!!!
Sempre arrasndo!!!! rs
Que post mais lindo! Concordo perfeitamente contigo flor, faço um trabalho aqui na minha cidade voltado para o sagrado feminino e tento sempre ajudar as mulheres nestas e outras questões. Graças aos céus muitas tem despertado para sua feminilidade, e que venham muitas mais.
Amei Glorinha, muito lindo mesmo.
Beijos no ♥ e uma semana cheinha de bênçãos para vc.

Flores e Luz.

Misturação - Ana Karla disse...

Também vi esse dia do orgasmo no blog de uma amiga.
Adorei a forma natural com que escrevestes e merece ser repassado.
Se me permites, repassarei pelo e-mail com os devidos créditos, claro.

Boa semana Glorinha.
Xeros

Deia disse...

Glorinha, fiquei pensando no seu post e na data. Hoje todo dia é dia de alguma coisa. Alguns desses dias são claramente datas inventadas para ajudar ao comércio (e que ajudem, a economia agradece!). Outros são "datas alertas". Procuram chamar nossa atenção para algo que é importante mas, pouca atenção lhe é dada. O que me leva aos seu post em si. Tão difícil ser mulher por inteiro, ainda nos dias de hoje! Machismo, tabu, religião - os motivos são variados, mas o resultado é um só: desconhecer o seu próprio corpo. Como funciona? O que me dá prazer? Espero mesmo que mulheres que precisem desse empurrão passem por aqui, leiam o seu texto, leiam os comentários e comecem essa mudança. Sejamos felizes! Um beijo, Deia.

Socorro Melo disse...

Olá, Glorinha!

É novidade também pra mim, o dia do orgasmo. E esse problema que você aborda, é interessantíssimo. Deve ser um tormento para as mulheres que o vivenciam. Seu aconselhamento foi excelente.Muito sensível da sua parte tocar neste assunto.

Beijos
Socorro Melo

Lianara **Lia** disse...

Bom dia, Glorinha!

Eu também não sabia que existia esse dia! Parece sem sentido, mas para muitas mulheres ainda é um tabu!

Parabéns pela abordagem do tema!

Beijos
Lia

Blog Reticências...

Beth/Lilás disse...

Maninha,
Eu deixei um comentário ontem de madruga, mas pelo jeito foi apagado por V.Sa.
Bem, eu disse que acho uma tremenda bobeira um dia desses e que o legal mesmo é se conhecer e conhecer seu parceiro, saber agradar um e o outro e uma boa dica para entender melhor sobre tudo isto é a peça "Monólogos da Vagina" que vi em Sampa há dois anos e amei, além de rir um bocado.
um grande beijo carioca

Françoise disse...

Ehhhh, gostei do assunto e da forma natural e saudável com que abordou. Acho que vou me dar um presente hoje, rs...., preciso comemorar, kkkkk.....
Gostei do post.

Como a Sra Beth (rs) asisti a peça "monólogos da vagina" e ri de montão, uma dilíciiiiiia!!!!!

Beijos amiga.

Glorinha L de Lion disse...

Nem eu Kamyla...cada uma! bjs.

Macá, eu comemorei, vc tb? hehe bjs.

Mari, tudo o que escreveu é a mais pura realidade. Em pleno séc XXI, é incrível né? bjs.

Oi Meru, se ajudar uma já fico feliz! bjs.

Cris, amiga, com certeza, é uma conquista que infelizmente muitas mulheres ainda não conquistaram. bjs.

Oi Giovanna querida! É verdade, como ser feliz sem um sexo bom e saudável? Não dá pra imaginar quem consiga isso...bjs.

Oi Tati, é incrível não é? Com tantas conquistas e a gente ainda precise falar sobre isso...como disse a Giovanna, não é possível ser feliz pela metade. bjs.

Mônica, só uma fada linda como vc pra fazer um trabalho desses conscientizando as mulheres. Parabéns, lindo trabalho! bjs.

Oi amiga xerosa, claro que pode! Obrigada pelo carinho. bjs.Já coloquei seu link pra próxima blogagem tá?

Oi Deia, ainda há muito machismo mesmo e o pior pq as mulheres aceitam ser objetos. São as mulheres que criam os machistas de amanhã que subjugarão outras mulheres. è triste, mas real. Tomara que eu tenha ajudado alguém. bjs.

Socorro e Lianara, obrigada pelo coment. bjs.

Betita, eu li e fiz a besteira de apagar um monte...ai que droga! A V. Sa. aqui tá com muita raiva de ter feito essa besteira. Eu não vi essa peça, mas deve ser bacana mesmo. Já ouvi falar muito dela. bjs.

Fran,querida, como disse eu não vi, mas deve ser engraçada mesmo. e esse assunto É natural, não é mesmo? Devia ser tratado com naturalidade pois faz parte da natureza humana. Pena que a maioria não pense assim. bjs.

Isadora disse...

Glorinha, esse blog tá doido mesmo! Ontem deixei um comentário mas pelo visto foi parar no Triângulo das Bermudas.
O seu post é ótimo, principalmente,por chamar atenção para um assunto que, infelizmente, nos dias de hoje aida é tabu. Se cada mulher conhecer um pouco mais o seu corpo e ou se procurar ajuda caso algo não esteja muito bem, com certeza seremos, mais felizes.
Post assim servem para que no caso de vergonha, possam bucar orientação médica.
Um beijinho e boa semana

Manuela Freitas disse...

Olá querida amiga:
Dia do orgasmo por cá não existe!?...Os dias de, são sempre para todos os dias, não é?
Concordo em absoluto com tudo o que dizes...posso acrescentar que limpem da cabeça tudo que está fora do esquema, manifestem e compartilhem o que sentem e depois calma, a melho maneira é o...r...g...a...s...m...o!...
Beijinhos,
Manú

manuel marques disse...

Para as que sofrem apenas digo,façam amor ,não se preocupem com o orgasmo mas sim com o processo...

Beijo.

Glorinha L de Lion disse...

Isadora, dessa vez não foi o blog, ele não tem culpa: fui eu! Vc não sabe como faço pra resgatar os coments que eu recusei não? fiz por engano...apaguei um monte...que pena...bjs.

Também acho Manu, todod dia é dia disso, não precisa ter data pra essas coisas.Mais uma bobagem, mas se servir pra ajudar alguém já é bom...bjs.

Manuel, mas e se o "processo" não terminar em gozo? Coitadas...se ainda fosse sexo tântrico...mas não conheço ninguém que o faça...beijos.

Dani dutch disse...

OI Glorinha,
muitas mulheres deveriam ler este post, pois até por educação muito conservadora por parte da familia, elas se privam de muita coisa, e como vc menciou, procurar ajuda médica, psicologia, enfim, .. bjuss

Isadora disse...

KKK, Glorinha acho que não tem como resgatar depois que você recusa. A única alternativa de consegui-los e se você os recebe também por email.
Não tem problema, eu volto mesmo - rs.
Um beijo

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Oi Glorinha. Vixe, eu tb já apaguei comentário sem querer. Infelizmente creio que não há como recuperar. Só não ficam perdidos caso vc também receba os comentários via e-mail.
No meu caso, não se preocupe. Se vc leu, tá bom.
E vamos que vamos!
bjs

Glorinha L de Lion disse...

Oi Dani, tomara que leiam...tomara! Bjs.

Ai Isadorinha, fiquei triste, tinha uns comentários tão lindos...snifff...bjs.

Não Ale, my darling, não recebo por e mail...nem sei como faz essa joça... ai eu amei o comentário falando da fofura da sua sobrinha...fiquei encantada...ela querendo pegar o ônibus toda íntima, maior amiga, me chamando de Glorinha e tudo...que fofa...diz pra ela que quando ela vier pro Brasil, vou pedir aos miquinhos pra virem aqui e ela vem passear no Glorinha"s Monkeys, tá? Vem passar o dia com eles...manda um beijo pra ela e diz que os miquinhos tb mandaram! Coisa linda! Beijão amigo!